Conecte-se agora

Evangélicos realizam marcha neste domingo para mostrar força e pressionar governo

Publicado

em

Acontece neste domingo, 11, em várias cidades do país e do mundo, a Marcha da Família Cristã pela Liberdade. Rio Branco é uma das capitais do país onde está programada a realização do evento.

De acordo com a organização da capital acreana o objetivo é a defesa dos direitos cristãos, inclusive a liberdade de culto, sem defesa de partidos políticos ou ataques às instituições.

No Acre, a atividade presencial nos templos religiosos se tornou uma polêmica. Atualmente, o decreto do governo estabelece que as igrejas só devem ter atividades com fiéis nos dias de semana, até às 22 horas. Na última sexta-feira, 9, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, chegou a publicar um decreto autorizando a abertura das igrejas aos finais de semana, mas tornou sem efeito sua decisão após recomendação conjunta do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e do Ministério Público Federal (MPF).

Mesmo negando qualquer conotação política, um claro objetivo do ato é realizar um grande ato no Acre para mostrar a força da população evangélica no estado e a insatisfação com a proibição dos cultos presenciais nos finais de semana.

O trajeto da marcha, que por conta da pandemia e para evitar aglomeração os participantes, será percorrida de bicicletas, moto ou carro, está marcado para ter início às 16 horas do estacionamento do estádio Arena Acreana até a rotatória da AABB na Avenida Ceará.

A coordenação divulgou algumas recomendações para quem vai participar do ato:

Uso obrigatório de máscara cobrindo nariz e boca total;

As pessoas não devem sair de dentro dos seus veículos;

É importante o uso das bandeiras do Brasil e do Acre;

Todos devem estar com roupas verde e amarelo;

O trajeto será até o trevo da AABB, onde todos devem dispersar, automaticamente;

Não vamos fechar o trânsito, devendo usarmos apenas uma pista;

A marcha não possui vinculação partidária e não fará menção ou apologia intervencionista e nem apoiará desrespeito às instituições;

O dispositivo será formado pelo carro de som oficial do evento, seguido pelos motoqueiros e ciclistas, e em seguida pelos veículos.

Cotidiano

Ufac abre 380 vagas para Enem e Sisu

Publicado

em

A Ufac publicou edital que regulamenta o preenchimento de 380 vagas em cursos de graduação no campus-sede da universidade, para ingresso no segundo semestre letivo de 2022, via 2ª edição do sistema Enem/Sisu.

A seleção é realizada mediante os resultados obtidos pelos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021. As inscrições devem ser feitas no site do Sisu, de 28 de junho a 1 de julho. As vagas são para os cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Filosofia, Jornalismo, Letras/Espanhol, Medicina, Nutrição e Saúde Coletiva.

As modalidades de inscrição no certame incluem vagas de ampla concorrência e de políticas inclusivas e afirmativas. É vedado ao candidato inscrição em mais de uma modalidade de concorrência para o mesmo curso e turno.

Candidatos que tenham cursado o ensino médio integralmente em escolas regulares e presenciais, públicas ou particulares, de municípios do Estado do Acre e dos municípios de Guajará e Boca do Acre (AM) e Nova Califórnia, Extrema e Vista Alegre do Abunã (RO) têm direito ao argumento de inclusão regional, que consiste num bônus de 15% sobre a nota final do Enem, o qual poderá ser revisto a qualquer tempo pela comissão de organização dos processos seletivos do Sisu na Ufac.

Continuar lendo

Cotidiano

MP recomenda que delegados não realizem diligências invasivas em investigações no Acre

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) resolveu publicar portaria onde recomenda que o Delegado-Geral de Polícia Civil, o Comandante-Geral da Polícia Militar e os Corregedores-Gerais da Polícia Civil e Militar do Acre promovam divulgação imediata à todas as delegacias para que não haja diligências invasivas em sede de instrumentos de investigação. A portaria foi publicada em edição do diário eletrônico desta quinta-feira, 23.

O procurador-geral, Danilo Lovisaro, determinou ainda que toda investigação deflagrada em face de autoridades estaduais detentoras de foro por prerrogativa de função demandam o acompanhamento pelo Ministério Público.

Caso as autoridades não sigam a recomendação, poderão responder por crime de abuso de autoridade.

Continuar lendo

Cotidiano

Visitante é presa com entorpecentes em banheiro do presídio de Sena Madureira

Publicado

em

Durante procedimento de revista realizada nesta quarta-feira, 22, policiais penais da Unidade Penitenciária Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, encontraram 59 macarrões, 16 tabletes, três barras e três trouxinhas, de uma substância aparentando ser maconha, pesando um total de 313 gramas. Além disso, também encontraram um pacote de 49 gramas aparentando ser cocaína e uma trouxinha de 23 gramas aparentando ser pasta base de cocaína. Os ilícitos foram encontrados no banheiro utilizado pelos visitantes.

De acordo com o diretor da unidade, Francisco de Assis, parte do material foi encontrado no vaso sanitário e outra parte no encanamento do banheiro. Todo o material foi encaminhado à delegacia do município.

Com informações da assessoria do IAPEN.

Continuar lendo

Cotidiano

Mãe de bebê morto vai a secretaria de comissionado que a acusou de politizar o caso

Publicado

em

Joelma Dantas, mãe do pequeno Théo Dantas, vítima da síndrome respiratória, divulgou nas redes sociais nesta quinta-feira, 23, que esteve na SEDUR – Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Regional e constatou que o comissionado Diego Lins não estava em seu horário de expediente.

Dantas disse que, segundo o portal da transparência, Lins recebe R$ 7 mil reais, porém, atua como servidor fantasma. A mãe garantiu que assinou um requerimento cobrando explicações das autoridades competentes. “Fiz requerimento baseado na lei de acesso à Informação. Todos tem que bater ponto, quero saber a justificativa das viagens e qual cargo ele exerce”, declarou.

Joelma alertou que, baseado na lei, o governo tem o prazo de 20 dias para emitir informações. “Se existe cessão dele a outro órgão, tem que ser publicada na edição do Diário Oficial”, ressaltou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!