Conecte-se agora

MP é contra decisão de Bocalom de manter igrejas abertas nos finais de semana

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) deve anunciar se vai tomar alguma medida contra a decisão do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, que assinou um decreto autorizando o funcionamento das igrejas nos finais de semana.

Apesar da prerrogativa dada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o MPAC é contra a decisão e mantém a opinião contrária à flexibilização que permite atividades presenciais nos templos religiosos.

Em fevereiro, o MPAC, junto com o Ministério Público Federal (MPF), fez uma recomendação pedindo a suspensão do decreto que autoriza as igrejas a receberem fieis, mesmo na fase vermelha da pandemia.

O MPAC deve se pronunciar nas próximas horas se irá tomar e qual será a medida adotada para reverter a decisão do prefeito de Rio Branco.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas