Conecte-se agora

Moradores do Miritizal, em Cruzeiro do Sul, interditam Ponte da União por falta de energia

Publicado

em

No final da tarde desta quarta-feira, 7, moradores do bairro Miritizal, em Cruzeiro do Sul, fecharam durante cerca de 1 hora a Ponte da União em protesto pela falta de energia na localidade. Grandes filas de veículos se formaram dos dois lados da travessia.

A Energisa cortou o fornecimento por causa da alegação do Rio Juruá, que no repiquete chegou a alcançar 13,80 metros, durante a Semana Santa, alcançando cerca de 6 mil casas do Miritizal e outros bairros.

A Polícia Militar esteve no local e os moradores decidiram pela liberação da Ponte da União e a ida até a sede da Energisa nesta quinta-feira, 8, em busca de solução para o problema.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Tenente Lima, disse ao ac24horas que a Energisa religaria a energia quando o Rio Juruá chegasse a 13,60 metros. Mas nesta quarta, o manancial está com 13,51metros e os moradores seguem sem luz em casa.

Esta é a 3° vez que moradores do Miritizal fecharam a ponte pelo mesmo motivo.

Em nota ao ac24horas, a Energisa informou que desligamento da rede elétrica é uma medida de segurança para a população.

Leia a nota:

A Energisa Acre está comprometida em restabelecer com segurança o fornecimento de energia nas áreas alagadas das cidades atingidas pela enchente em Cruzeiro do Sul. O desligamento da rede elétrica é uma medida de segurança para a população e necessária para evitar acidentes elétricos, inclusive, com risco de morte. As equipes de emergência estão a postos para as religações assim que o nível dos rios alcance patamares seguros. Em Cruzeiro do Sul a distribuidora trabalha em parceria com a Defesa Civil, Bombeiros e prefeituras, e monitora a situação 24 horas por dia.

Energisa Acre 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas