Conecte-se agora

“Estou tranquilo”, diz prefeito de Epitaciolândia sobre vacina antecipada a policiais

Publicado

em

Desde quando assumiu o cargo, em janeiro deste ano, o prefeito do município acreano de Epitaciolândia, Sérgio Lopes, do PSDB, que é delegado de Polícia Civil, esteve no centro de duas polêmicas relacionadas à crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19 no estado.

Primeiro, ele foi o único dos 22 prefeitos acreanos a se opor à decisão do governo estadual de decretar o fechamento do comércio e das atividades consideradas essenciais nos fins de semana, chegando a ir à Justiça para fazer valer o seu posicionamento contrário ao chamado lockdown.

Vencido pelo governo no Tribunal de Justiça do Acre, Sérgio Lopes não demorou a tomar outra decisão que causou repercussão na imprensa estadual e provocou a manifestação do Ministério Público. Ele resolveu vacinar os policiais civis atuantes na delegacia do município fora do Plano Nacional de Imunização (PNI).

Notificado pelo órgão fiscalizador a se explicar, o prefeito foi obrigado a se ater ao cronograma oficial de imunização depois de o MP ajuizar Ação Civil Pública com pedido de tutela antecipada, o que foi atendido pela juíza Joelma Ribeiro Nogueira, da comarca de Epitaciolândia.

Ao ac24horas, o prefeito disse estar tranquilo com relação à decisão que tomou por considerar que o pleito era justo e que o fato gerou uma repercussão positiva, uma vez que culminou com a resolução do Ministério da Saúde de inserir os agentes de segurança pública no grupo prioritário para receber a vacina.

“Eu tenho acompanhado a ação que o MP propôs e estamos tranquilos quanto à decisão que tomamos, sem querer afrontar ninguém, mas entendemos que a ação perdeu o objeto, pois os operadores de segurança pública já estão sendo imunizados e essa era a questão que nós queríamos levantar”, disse.

O Ministério Público acionou o Judiciário por meio de Ação Civil Pública imediatamente após tomar conhecimento de que, no último dia 23 de março, o prefeito Sérgio Lopes havia autorizado a vacinação de policiais civis e militares, invertendo a ordem de preferência fixada pelos Planos Nacional e Estadual de Vacinação.

De acordo com o Ministério da Saúde, os agentes de segurança pública ocupavam, até então, a 21ª posição no grupo de prioridades. Mesmo assim, o prefeito Sérgio Lopes atendeu a um pedido formulado pela Associação de Delegados de Polícia Civil do Acre (Adepol) e deu início à imunização.

No entanto, a decisão da Justiça de Epitaciolândia não vai impedir que os policiais que já foram vacinados recebam a segunda dose no prazo previsto. A magistrada atendeu ao pedido do município para que os agentes de segurança que receberam a segunda dose fossem contemplados com a última aplicação.

Vacinação das Forças de Segurança

Nesta quarta-feira, 7, foi iniciada a vacinação de mais de 2,2 mil profissionais da segurança pública com idade a partir de 40 anos, o que representa 37,8% do efetivo das forças estaduais. Ao todo, o Ministério da Saúde disponibilizou 4.520 doses para esta etapa da campanha .

A priorização dos operadores de segurança sempre foi defendida pelo governador Gladson Cameli. O chefe do Poder Executivo fez questão de acompanhar o primeiro dia de vacinação. Na oportunidade, ele dialogou, agradeceu e levou uma mensagem de esperança aos profissionais.

“Todo meu respeito a estes verdadeiros guerreiros, que arriscam suas vidas para que outras sejam salvas. Nada mais justo que priorizar a vacinação dos nossos profissionais da segurança e dizer que contamos com cada um deles para superarmos essa situação de uma vez por todas”, ressaltou.

A imunização alcançará servidores da Polícia Militar (PMAC), Polícia Civil (PCAC), Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Corpo de Bombeiros (CBMAC), Instituto Socioeducativo (ISE), Departamento de Trânsito do Acre (Detran), Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas