Conecte-se agora

Acre é convidado pela Anvisa para discutir dificuldades para autorizar a vacina russa

Publicado

em

Nesta terça-feira, 6, está prevista uma reunião convocada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com os governadores de 11 estados do país que já manifestaram interesse ou até mesmo, como é o caso do Acre, já assinaram contrato com fabricante da vacina russa Sputnik V.

A Anvisa quer esclarecer as dificuldades em obter informações e convencer os estados a tentar mudar a situação para que a vacina seja autorizada.

Na semana passada se divulgou inclusive que a vacina estava autorizada, o que não é verdade. O que ocorreu foi a certificação do laboratório no Brasil para produzir a vacina. A Sputnik V continua sem autorização no Brasil.

Além do Acre, foram convidados para a reunião representantes dos estados da Bahia, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Pernambuco, Pará, Sergipe e Rondônia.

No último dia 22 de março, o governador Gladson Cameli assinou o contrato de aquisição de 700 mil doses da Sputnik V. Como o governo não contava com a demora para a liberação, a chegada das vacinas foi anunciada para a segunda metade deste mês de abril em lote único. Caso não haja avanço entre a Anvisa e a fabricante da vacina, é possível que aconteça atraso na entrega do imunizante. O governo deve gastar R$ 40 milhões de reais na aquisição das vacinas.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas