Conecte-se agora

Contratação de médicos cubanos traz “prejuízo”, diz vereador

Publicado

em

O vereador Rutênio Sá (Progressistas) em sessão online desta terça-feira, 30, fez duras críticas ao governo Jair Bolsonaro (sem partido) pelo envio de médicos cubanos a Rio Branco pelo Programa Mais Médicos.

Em sua fala, o vereador afirmou que não tem nada contra os médicos estrangeiros, porém, ressaltou que ficou decepcionado com o governo federal pelo envio de médicos de outros países em detrimento dos médicos brasileiros.

Ele exibiu o vídeo da recepção do prefeito Tião Bocalom (Progressistas) aos médicos cubanos ocorrido na última semana, na sede da prefeitura. Os 15 médicos enviados pelo governo federal irão atuar nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) da capital.

“Me estranha muito essa situação. Sei que não é culpa da prefeitura, já que o Ministério da Saúde que enviou, no entanto, a prefeitura poderia fazer um requerimento ao Ministério da Saúde para a gente seguir a Lei e dar prioridade aos profissionais brasileiros dos Mais Médicos. Hoje, estamos priorizando os cubanos ao invés dos brasileiros. Estamos vendo um descumprimento de promessa de campanha em 2018, em relação ao Programa Mais Médicos. Nada contra os cubanos, mas a Lei diz que a prioridade é os médicos brasileiros. Me estranha muito, nós temos que conviver na atenção básica com os médicos estrangeiros em detrimento [prejuízo ou dano] aos nossos irmãos aqui. Fica uma situação muito chata”, afirmou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas