Conecte-se agora

MPAC inicia oitivas dos envolvidos em vacinação da Policlínica da PM

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) deu início, nesta semana, às oitivas referentes ao caso de aplicação da vacina contra a Covid-19 em estagiários de psicologia da Policlínica da Polícia Militar.

As oitivas são conduzidas pela 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Patrimônio Público, Fiscalização das Fundações e Entidades de Interesse Social, que convocou os gestores da Saúde e demais envolvidos no caso.

Depois de receber reclamações de que pessoas não pertencentes ao público prioritário teriam se vacinado, a promotora de Justiça Myrna Mendoza abriu procedimento, com a finalidade de averiguar em que se circunstâncias se deu a aplicação das doses.

Segundo ela, o objetivo das oitivas é apurar os fatos, para responsabilizar os autorizadores da administração da vacina nos estagiários da unidade de saúde.

A promotora também emitiu recomendação às autoridades de Saúde para que eles não recebam a segunda dose do imunizante.

Agência de Notícias do MPAC

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas