Conecte-se agora

Liminar garante reconstituição da morte de Maicline que será realizada nesta quinta

Publicado

em

Uma decisão liminar do desembargador Pedro Ranzi, do Tribunal de Justiça do Acre, causou mais uma reviravolta no caso da reconstituição do acidente que provocou a morte de Maicline Borges em janeiro de 2019 e que pode resultar na acusação de homicídio doloso contra o médico Eduardo Veloso e o empresário Otávio Costa.

O magistrado decidiu aceitar o Mandado de Segurança, com pedido liminar, para que a reconstituição seja realizada nesta quinta-feira, 4. O juiz Alesson José Santos Braz havia atendido a um pedido da defesa de Eduardo e adiado a reconstituição por conta da possibilidade de provocar aglomeração às margens do Rio Acre, onde será feita a perícia, em razão da pandemia da Covid-19.

O desembargador ao manter a reconstituição nesta quinta alega a demora, já que deveria ter sido realizada em março do ano passado, colocando em risco a responsabilização criminal.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas