Conecte-se agora

Idosos e cuidadores do Lar Vicentinos fazem novos exames

Publicado

em

Durante reunião do Comitê de Eventos Adversos da Vacina de Covid-19 do Acre, o grupo comentou os casos de contaminação por Covid-19 em 25 pessoas do Lar Vicentinos, em Rio Branco, entre idosos e cuidadores. O Estado diz já ter feito avaliação dessas notificações e descartam que a contaminação tenha se dado pela vacina, uma vez que o vírus utilizado no imunizante é inativado.

O Estado inclusive atesta que a vacina não tem capacidade de provocar a doença. “Avaliamos os casos notificados suspeitos de Covid-19. O que podemos levantar é que existe a necessidade de realizar novos exames confirmatórios. O período em que eles manifestaram a suspeita foi pequeno para relacionar com a vacinação”, garante o Comitê.

O médico Osvaldo Leal diz que há acompanhamento nesses casos, assim como o que ocorrem em outras vacinas aplicadas normalmente no calendário. “A vacina no organismo sadio leva em média de 10 a 14 dias para reagir. O que observamos é que o período dessas notificações foi de 8 dias. Não havia tempo de a vacina fazer o efeito”, explicam.

O grupo ressalta a importância d a população continuar usando máscara, evitar aglomeração e fazer higiene correta das mãos, uma vez que a vacina é apenas uma das formas de prevenção e a mais necessária.

“Temos 25 pessoas, entre idosos e cuidadores no abrigo que estão sendo testadas novamente para confirmar se é Covid-19. Haverá também novas testagens em outras pessoas”, relata o Comitê.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas