Conecte-se agora

Chegada do presidente Bolsonaro ao Acre tem forte aparato policial

Publicado

em

A visita do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) ao Acre nesta quarta-feira, 24, mobilizou centenas de policiais e homens do Exército Brasileiro no Aeroporto Internacional de Rio Branco, onde pousará junto com o governador Gladson Cameli, os senadores Márcio Bittar e Sérgio Petecão, o prefeito Tião Bocalom, e demais integrante da comitiva presidencial.

Para o aeroporto, foram muito grupos da Polícia Federal, Polícia Militar, Batalhão de Trânsito, apoio aéreo e ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para fazer a escolta do presidente. O cronograma inicial da visita ao estado prevê um sobrevoo nas áreas mais atingidas pela enchente de rios e igarapés no Acre e uma coletiva de imprensa no próprio aeroporto.

Bolsonaro deve chegar e da própria pista do aeroporto embarcar num helicóptero para sobrevoar as áreas atingidas ao lado de Cameli. Na volta, a coletiva deve ser realizada próximo ao portão de embarque do aeroporto, onde toda a estrutura já está montada. Depois, deve seguir para outro estado.

No local, também há muitas pessoas que pretendem recepcionar o presidente. A expectativa é pelo o quê será anunciado de benefícios ao Acre em meio à crise de alagação, Covid-19, dengue e crise migratória.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas