Conecte-se agora

Movimento Negro do Acre pede criação de auxílio emergencial do Estado e mais vacinas

Publicado

em

Representantes do Movimento Negro Unificado (MNU) do Acre participaram nesta quinta-feira, 18, de um ato que ocorreu simultaneamente em vários estados brasileiros em prol do retorno do Auxílio Emergencial no valor de R$ 600 até o fim da pandemia. O manifesto também pede uma distribuição rápida de vacinas gratuitas contra Covid-19 para a população.

Em Rio Branco, o ato foi realizado em frente à Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Além do Acre, o protesto ocorreu em todos os 26 estados e no Distrito Federal, assegurando seguir as normas de distanciamento social, utilização de máscaras e distribuição de álcool em gel.
.
Segundo Maria Santiago, que faz parte da coordenação do movimento, “as maiores dificuldades que estamos vivendo é por que estamos sob a coordenação de um governo negacionista, que não se preocupa com as reais dificuldades que o povo vem enfrentando nessa pandemia e quem mais sofre é a população negra, que pelas desigualdades historicamente produzidas está largada nas periferias das cidades”.

O movimento protocolou um documento à presidência da ALEAC, à Constituição de Constituição e Justiça (CCJ) e à Comissão de Direitos Humanos, solicitando a criação de um auxílio emergencial estadual.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas