Conecte-se agora

Cruzeiro do Sul decreta Situação de Emergência por conta de enchente

Publicado

em

Por causa da enchente do Rio Juruá e seus afluentes, que já atingiu mais de 5 mil famílias, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, decretou nesta segunda-feira, 15, Situação de Emergência. Além da cidade, com famílias desabrigadas na em cerca de nove bairros, outras três comunidades da Vale do Juruá também estão com pontos alagados, bem como as Vilas Santa Rosa, Lagoinha e Liberdade.

Nesta segunda, o Rio Juruá está com 13, 72 metros e a previsão meteorológica é de alto fluxo chuva para os próximos dias, o que deve manter ou agravar a situação dos locais atingidos pela alagação.

As medidas previstas no Decreto têm validade de 60 dias e poderão ser reavaliadas. A medida leva ainda em consideração a situação de vulnerabilidade econômica e social de várias famílias atingidas, e o fato da enchente romper a normalidade do município, sendo necessário o empenho e cooperação conjunta de todas as secretarias municipais com o suporte estrutural.

Segundo Zequinha Lima, com o decreto, a Defesa Civil Municipal fica responsável pela coordenação, planejamento e elaboração das ações , em cooperação com as demais secretarias municipais.

“Estamos preparados desde o início do ano, quando tivemos a primeira enchente. Temos o plano de contingência, e estamos monitorando e acompanhando constantemente todas as famílias que precisam da nossa ajuda nesse momento”, explicou o prefeito.

Crise Sanitária

Além da enchente, Cruzeiro do Sul enfrenta uma grande crise sanitária ocasionada pela pandemia do Covid-19, com aumento no número de casos e mortes. De quinta feira até sábado, 9 pessoas morreram com Covid-19 no município .

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas