Conecte-se agora

Mailza Gomes pede que Banco do Brasil reveja fechamento de agências no Acre

Publicado

em

A parlamentar também encaminhou ofício solicitando informações sobre o plano de reestruturação do Banco e a distribuição dos recursos do Pronaf no estado

A senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC) se reuniu virtualmente, no Senado Federal, na manhã desta terça-feira, 09, com executivos do Banco do Brasil (BB) para saber informações oficiais do plano de reestruturação do banco no Acre. A parlamentar também encaminhou ofício solicitando como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) está fazendo a distribuição dos recursos no estado do Acre.

“O meu pedido é que o Banco do Brasil reveja o fechamento das agências no Acre. Sei que a pandemia acelerou o modelo digital da instituição, porém precisamos ter um olhar diferenciado para o nosso estado. Nem todos têm acesso à plataforma digital e as famílias precisam das agências mais próximas para resolver suas questões. Além disso, as outras agências funcionam de forma muito precária. Nos municípios de difícil acesso, por exemplo, como Santa Rosa, Jordão, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, as pessoas que utilizam o banco, recebem o Bolsa Família, aposentadoria e outros benefícios, me relataram uma grande dificuldade para irem até à agência. Às vezes viajam cinco horas de barco para sacar seus benefícios, chegam lá não tem internet, não tem gerente. Então, essas melhorias nas agências são necessárias e urgentes”, enfatizou a senadora.

A parlamentar também encaminhou ofício solicitando informações sobre o plano de reestruturação do Banco e a distribuição dos recursos do Pronaf no estado

Agricultura Familiar e Pronaf

A senadora destacou também que a população está muito preocupada com as mudanças. “Vocês sabem que no interior, a Agricultura Familiar é muito presente na vida das pessoas, é o meio de sustento de muitos, e essa área depende muito de créditos. Por exemplo, o Pronaf, um programa para ajudar o agricultor, eles estão reclamando muito, porque a liberação desse crédito precisa de um gerente e nesses casos os postos de atendimento ficam sem gerente, não é? Essa é a maior reclamação que recebi”, informou a senadora.

A executiva da área de Relações Institucionais do Banco do Brasil, responsável pelo atendimento de Parlamentares, Stella Matos, que conduziu a reunião, agradeceu a senadora por trazer as queixas do estado e disse que irá levantar as informações. Também disse que vai conversar com o diretor de Agronegócio, Wagner Chiarello, e pedir um relatório de como está o Pronaf no Acre para encaminhar ao gabinete da parlamentar.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas