Conecte-se agora

Índia libera exportação de vacinas para o Brasil, diz secretário indiano

Publicado

em

O governo da Índia liberou as exportações comerciais de vacinas contra a covid-19, com a previsão de enviar amanhã as primeiras remessas para o Brasil e Marrocos. A informação foi dada hoje pelo secretário das Relações Exteriores do país, Harsh Vardhan Shringla, à agência de notícias Reuters.

O Brasil espera o envio de 2 milhões de doses da vacina AstraZeneca/Oxford encomendadas pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). Elas foram fabricadas pelo laboratório indiano Serum e eram aguardadas para o último fim de semana, mas uma resolução do governo local barrou a remessa devido ao início da campanha de vacinação no país.

Segundo informações da GloboNews, o consulado da Índia confirmou que o avião com os imunizantes embarca amanhã, com previsão de chegada no sábado (23). O UOL procurou o consulado e aguarda resposta.

Segundo o secretário, o fornecimento comercial da vacina começará a partir de amanhã, de acordo com o compromisso do primeiro-ministro, Narendra Modi, de que as capacidades de produção da Índia sejam utilizadas por toda a humanidade para combater a pandemia.

“Seguindo essa visão, respondemos positivamente aos pedidos de fornecimento de vacinas manufaturadas indianas de países de todo o mundo, começando pelos nossos vizinhos”, disse Vardhan Shringla, referindo-se aos suprimentos gratuitos.
“O fornecimento das quantidades comercialmente contratadas também começará a partir de amanhã, começando pelo Brasil e Marrocos, seguidos pela África do Sul e Arábia Saudita”, acrescentou.

Brasil ficou fora de lista inicial

O governo indiano suspendeu a exportação de doses até iniciar seu próprio programa de imunização no último fim de semana. No início desta semana, a Índia enviou suprimentos gratuitos para países vizinhos, incluindo Butão, Maldivas, Bangladesh e Nepal.

A medida causou apreensão no Brasil, uma vez que o Ministério da Saúde esperava que as 2 milhões de doses fossem incorporadas ao início da vacinação no Brasil. Um avião chegou a ser preparado para buscar o lote na última sexta-feira (15), mas o governo indiano barrou a liberação.

No domingo (17), a Anvisa aprovou a vacina de Oxford para uso emergencial. Assim, a aplicação deste lote já está liberada ao chegar ao Brasil, dependendo apenas de trâmites na Fiocruz e da distribuição do Ministério da Saúde para ser aplicado. Com o atraso, a Fiocruz afirmou na terça-feira que espera a previsão de entrega das primeiras doses foi mudada de fevereiro para março.

Até o momento, o Brasil iniciou seu Plano Nacional de Imunização (PNI) com a aplicação de doses da CoronaVac, outra vacina liberada pela Anvisa. A primeira vacinada foi a enfermeira Monica Calazans, em São Paulo.

*Com informações da agência Reuters.

Anúncios

Destaque 6

Com quatro viagens, Bocalom receberá R$ 15 mil em diárias

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

Os dados do Portal da Transparência da prefeitura de Rio Branco mostram que o prefeito Tião Bocalom (Progressistas) receberá R$ 15 mil de diárias, em virtude das quatro viagens à Brasília feitas nos últimos 30 dias. Atualmente, o prefeito recebe de salário R$ 17 mil com os descontos fica em torno de R$ 13 mil.

Nas redes, o prefeito vem sendo questionado pela população e pelos vereadores da Câmara de Rio Branco por se ausentar constantemente da cidade em razão das suas idas à Brasília (DF).

Na primeira viagem, no início de fevereiro, que ocorreu entre o dia 02 até o dia 10, Bocalom recebeu R$ 6.8 mil apenas em diárias. Essa viagem ocorreu em meio aos transbordamentos dos igarapés São Francisco e Dias Martins, que deixaram diversas famílias desabrigadas na capital.

Na segunda, que ocorreu entre os dias 07 e 12 de fevereiro, o prefeito recebeu mais R$ 4.4 mil em diárias. Segundo o prefeito, a ida à Brasília se tratou de buscar recursos junto à bancada federal.

Na terceira viagem, na vinda do presidente Jair Bolsonaro ao Acre, Bocalom foi à Brasília na segunda e voltou na quarta no avião presidencial. Nessa ocasião, o prefeito recebeu R$ 1, 6 mil de diárias.

A quarta viagem ocorreu nesta terça-feira (3) e o prefeito retornará no sábado (06). Por essa viagem, o prefeito receberá mais R$ 2,4 mil em diárias. Segundo a assessoria do prefeito, a viagem será para reunião com o Ministério do Desenvolvimento Regional para o projeto de construção popular aos desabrigados das enchentes.

O líder do MDB na Câmara, o vereador Emerson Jarude (MDB) usou as redes sociais para criticar as constantes idas do prefeito à Brasília (DF) e cobrou mais responsabilidade do gestor com o erário público.

“Não me recordo o último prefeito de Rio Branco que tenha recebido tanta diária em tão pouco tempo. Os gastos públicos devem ser uma preocupação de todos os políticos, ainda mais em situação de calamidade. Temos outras prioridades. Não faz sentido pedir dinheiro ao Governo Federal, mas é ao mesmo tempo não fazermos a nossa parte utilizando bem cada centavo”, afirmou.

Continuar lendo

Destaque 6

WhatsApp libera chamadas de voz e vídeo pelo computador

Publicado

em

O WhatsApp liberou nesta quinta-feira (4) chamadas de voz e vídeo pelo computador, por meio dos aplicativos para Windows e Mac.

A ferramenta, no entanto, não funciona no WhatsApp Web, que é aberto pelo navegador do computador. É preciso baixar o aplicativo para o computador.

WhatsApp vai limitar recursos para quem não aceitar nova política de privacidade
Além disso, só é possível fazer ligações individuais – o recurso de chamadas em grupo de até 8 pessoas ainda não está liberado.

A janela das chamadas de vídeo funciona nos modos paisagem e retrato, pode ser redimensionada, e está configurada para ficar sempre em primeiro plano em relação às outras janelas.

A liberação das chamadas no computador será feita de forma gradual, então é possível que a opção não apareça imediatamente para todas as pessoas. O WhatsApp, porém, está liberando a atualização no mundo todo.

Como fazer ligações pelo WhatsApp?
Baixe o aplicativo do WhatsApp para Windows ou Mac;
Faça o login com o seu WhatsApp. No Android, toque no ícone de três pontinhos localizado na parte de cia da tela e aperte em “WhatsApp Web”. No iPhone, clique no ícone da engrenagem (Ajustes) que fica na parte de baixo e toque em “WhatsApp Web/Computador”.
Em seguida escaneie o QR Code;
Abra uma conversa e ao lado da foto e do nome do seu contato, clique no ícone de ligação por voz ou vídeo.

Continuar lendo

Destaque 6

Próximas etapas de vacinação permite acelerar imunização no Acre

Publicado

em

O Acre recebeu até essa quarta-feira, 3, total de 79.360 doses de vacinas de vacinas contra os efeitos da infecção pelo novo coronavírus. A informação foi dada pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

A vacinação foi iniciada em 19 de janeiro de 2021, e, das 79.360 mil doses de vacinas recebidas, 49.180 foram distribuídas na primeira fase, enquanto que na segunda foram 30.180. A diferença se dá por haver um intervalo de 90 dias entre as duas doses do imunizante da Fiocruz, permitindo ao Ministério da Saúde o envio da segunda rodada em momento posterior.

Até agora, já foram contemplados 82% dos trabalhadores da Saúde, 100% dos idosos acima de 75 anos de idade, e 33% dos idosos de 70 a 74 anos de idade. Os idosos acima de 60 institucionalizados foram 100% atendidos.

Os indígenas foram comtemplados com 100% das primeira e segunda doses, porém a cobertura vacinal está em torno de 30%. Os deficientes institucionalizados também foram 100% atendidos.

Segundo a chefe do Setor de Imunização, Renata Quiles, as primeiras remessas estavam sendo distribuídas de forma mais lenta devido à individualidade e característica de cada grupo: “Agora temos mais possibilidade de dar celeridade ao processo, pois o público é mais dinâmico e permite distribuir as vacinas para as unidades. Lógico que cada município que vai referenciar quais são as unidades a realizar o procedimento”.

Os próximos públicos são os idosos não acamados, domiciliados, os que podem se deslocar até as unidades de saúde ou drive-thru e os trabalhadores da Saúde.

Continuar lendo

Destaque 6

Secretários do Acre terão que cortar despesas de viagens e combustível

Publicado

em

A pandemia da Covid-19 impactou diretamente nas finanças do estado devido ao gastos para o tratamento dos pacientes infectados pela pandemia. Tanto que no mês passado, o governador Gladson Cameli afirmou que o estado só teria recursos para mais três meses de combate à doença.

Como alternativas a escassez de recursos é pedir ajuda ao governo federal e economizar onde é possível. Gladson decretou nesta quinta-feira, 4, que todos os secretários devem apertar o cinto e economizar.

Através de um decreto publicado no Diário Oficial, o governador determina, entre outras medidas, que reduza pela metade as despesas com viagem nacional e internacional (diárias e passagens) para servidores. A gestão deve reduzir em 30% as despesas com o uso de telefonia fixa energia elétrica, com combustível, locação de veículos e gastos com contratos de prestação de serviços.

Fica fora do decreto apenas os órgãos e entidades pertencentes ou vinculados à Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública – SEJUSP, no caso das viaturas e da Secretaria de Estado de Saúde – SESACRE, no caso das ambulâncias.

Para que a economia realmente aconteça, Gladson suspende gastos do poder público com aumento do quantitativo de veículos locados, celebração de novos contratos e alterações contratuais que impliquem no acréscimo de despesa, aquisição de veículos, aquisição de móveis, equipamentos e outros materiais permanentes, exceto àqueles destinados à instalação e à manutenção de serviços essenciais e inadiáveis, aquisição de materiais de consumo, excetuando-se aqueles destinados ao desenvolvimento das atividades essenciais das unidades e locação de imóveis, salvo para substituição dos contratos vigentes, desde que comprovada vantagem ao governo.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas