Conecte-se agora

Empresário não é bandido!

Publicado

em

Os empresários do transporte coletivo não são marginais. São cidadãos que um dia sonharam em construir suas empresas. Servem a comunidade, mas almejam lucro dentro das regras do jogo de uma economia livre. Não trabalham a fundo perdido, muito menos são instituições filantrópicas.

Em países atrasados como o nosso, criou-se uma cultura nefasta de que empresários e pecuaristas são a encarnação do demônio. Lucram com as necessidades e a desgraça alheia.

Para os maus já existe a lei. A Lava Jato e outras operações diárias do MP, PF e Justiça demonstram. Portanto, se há excessos, há exceções nesse enredo.

A ideia de que empresário é um “cara do mau” é alimentada por políticos populistas, que usam a classe trabalhadora para chegar ao poder

Não se pode nivelar pelo critério baixo da maldade a classe empresarial. Muito pelo contrário, a maioria é responsável pelo Brasil que trabalha, que gera emprego, renda, produz, que impulsiona a economia.

O Estado subsiste dos recursos gerados pelo setor privado; dinheiro drenado para União, estados e municípios através de pesados impostos. Arcam com uma carga tributária draconiana. O custo de uma folha de pagamentos é absurdo.

A pandemia trouxe prejuízos para todos, o transporte público foi um dos mais afetados. A prefeitura, concessionária do serviço, deve, dentro da lei, agir para garantir o direito dos usuários, que geralmente são os mais pobres.

A Câmara Municipal está correta em exigir as amarras legais para que os recursos cheguem aos funcionários das empresas. Tudo é uma questão de entendimento. Na verdade, quem está no prejuízo é o povo.

“Vivemos em plena cultura da aparência: o contrato de casamento importa mais que o amor, o funeral mais que o morto, as roupas mais do que o corpo e a missa mais do que Deus”. (Eduardo Galeano)

. Dê nomes aos bois, deputado Neném Almeida!

. Quem são os seus colegas da base que não fazem a defesa do governo que deveriam obrigatoriamente fazer?

. Fica parecendo ilação…

. Um prefeito que acaba de ser eleito entregar uma secretaria municipal de porteiras fechada é um erro político grave.

. É incompetência política!

. O governo já está esgotando a cota de suas reformas administrativas…

. A Segurança Pública melhorou, mas ninguém costuma falar nada.

. Minoru Kinpara e Socorro Neri, duas lideranças políticas que estarão na arena política de 2022.

. Dia seguinte à eleição do 1º turno, o governador Gladson Cameli fez uma visita de cortesia ao Minoru.

. Ficou impressionado com a visão política da esposa de Kinpara, a Degmar.

. Não é só ele!

. Fosse a prefeita Socorro Neri empurraria a bucha para o prefeito eleito Tião Bocalom que parece ter solução para tudo.

. Esse clima frio no mês de dezembro no Acre é muito estranho; deveria ser úmido e abafado, morno, sufocante.

. Tem algo estranho acontecendo no clima!

. As grandes alagações começam assim, com essa temperatura fora do “normal”; o Davi Friale deve saber.

. O tesouro estadual transfere mensalmente R$ 50,5 milhões para o pagamento de aposentados e pensionistas.

. A prefeitura deveria explicar detalhadamente o porquê de transferir os R $2,4 milhões para as empresas de ônibus.

. Não é ilegal, mas precisa ser mais bem explicado.

. Bom dia!

Anúncios

Coluna do Astério

PP abre porteira para secretários disputarem eleição!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Deputados precisam se ver na foto!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Moro X Bolsonaro

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Líder do governo quer secretários candidatos pelo PP!

Publicado

em

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas