Conecte-se agora

Justiça proíbe realização de cavalgada durante a pandemia na cidade de Acrelândia

Publicado

em

Foto: Divulgação

A 1ª Cavalgada Amigos do Negrelli, que estava marcada para ocorrer no dia 17 de outubro de 2020 na cidade de Acrelândia, foi proibida pelo Juízo da Vara Cível da Comarca do município, que concedeu liminar determinando que o promotor de eventos se abstivesse de realizar Cavalgada em via pública, sem o consentimento das autoridades competentes. A proibição foi um pedido do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC).

O órgão tomou conhecimento da organização do um evento festivo particular que previa reunir ao menos 500 pessoas pelas ruas. A prefeitura informou ao MPAC que não tinha sido informado quanto à realização da festividade. A Justiça alertou ser inoportuna a realização desse evento em meio à crise sanitária mundial causada pela pandemia do novo coronavírus.

“Além de descumprir determinação dos decretos estadual e municipal, que proíbe aglomeração de pessoas, a realização de tal atividade configuraria risco de disseminação e contágio do vírus, uma vez que este pretendia reunir cerca de 500 pessoas, e poderia desencadear nova onda de contaminação em massa no município, atingindo assim o bem jurídico da coletividade”, diz o órgão.

O juiz de Direito Romário Divino Faria, deferiu a antecipação de tutela para que o requerido se abstivesse de realizar a 1ª Cavalgada Amigos do Negrelli, sob pena de multa no valor de R$ 30.000,00 (trinta mil reais), e ainda determinou que o município de Acrelândia adotasse providências cabíveis para impedir a realização do evento, sob pena de responder por omissão ante a realização do mesmo, devendo, caso houvesse a festividade, o município também arcar com a penalidade de R$ 30.000,00 (trinta mil reais), além do valor atinente ao responsável particular do evento.

Cotidiano

Homem é condenado a 15 anos de prisão após matar irmão a facadas na casa da mãe

Publicado

em

O júri popular da 2ª Vara do Tribunal do Júri, em Rio Branco, condenou o auxiliar de motorista, Ronicleudo da Silva Neri, a 15 anos de prisão pela morte do próprio irmão, Ivaneldo da Silva Tavares, de 33 anos, em novembro de 2020.

A condenação em regime fechado por homicídio duplamente qualificado ocorreu sete meses após o crime. Na decisão, o juiz Alesson Braz negou direito de Neri responder em liberdade.

Relembre o caso

Tavares foi morto com uma facada no tórax enquanto discutia com o irmão na casa da mãe, no bairro Ayrton Senna, região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.

A informação é que o suspeito estava na casa da mãe lavando roupa quando o irmão chegou e eles tiveram uma discussão. Em seguida, Neri teria pego uma faca, do tipo peixeira, e desferido o golpe que atingiu o tórax da vítima.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e ainda chegou a fazer os primeiros atendimentos, mas a vítima não resistiu ao ferimento e morreu antes de ser levada ao Pronto-Socorro.

Continuar lendo

Cotidiano

Novo posto da PRF em Xapuri deve ter inauguração anunciada em breve

Publicado

em

As obras de reforma e ampliação da Unidade Operacional (UOP 02) de Fiscalização de Xapuri, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão em fase de conclusão, segundo a assessoria da força de segurança e a inauguração deverá ser anunciada em breve.

Localizada no entroncamento da BR-317 com a AC-485 (Estrada da Borracha), na entrada para Xapuri, a unidade deixou de funcionar permanentemente há mais de três anos, no governo do ex-presidente Michel Temer, por falta de contingente.

O posto policial não chegou a ser desativado, mas o policiamento permanente naquele ponto estratégico da rodovia federal foi deixando paulatinamente de existir, apesar de equipes terem sido mantidas na rodovia, segundo a PRF.

“A obra está em fase de conclusão. Divulgaremos com antecedência a inauguração. Durante todo o período de obras, mantivemos equipes na BR-317”, disse a Assessoria de Comunicação da PRF em resposta a email enviado pelo ac24horas”.

A presença intermitente de patrulheiros no Posto do Entroncamento resultou no aumento da sensação de insegurança na região, principalmente em razão da proximidade com a área de fronteira e a constância das ocorrências envolvendo o tráfico de drogas e assaltos em propriedades rurais.

As obras começaram em setembro do ano passado. Naquela ocasião, a instituição disse que objetivo era tornar o prédio mais funcional para melhor atender à sociedade, proporcionar um local moderno e ergonômico para o labor dos servidores e reforçar o ponto de referência da PRF na região de fronteira.

Continuar lendo

Cotidiano

Xapuri comemora 5 mil doses aplicadas e leva vacinação à faixa dos 35 aos 39 anos

Publicado

em

O município de Xapuri inicia nesta segunda-feira, 21, mais uma etapa da campanha de imunização contra a Covid-19 para a população em geral – sem comorbidades.

Depois de ampliar a campanha para a faixa etária entre os 40 e os 49 anos, no decorrer da última semana, agora o município vai vacinar o público entre 35 e 39 anos de idade.

A Secretaria Municipal de Saúde de Xapuri (Semusa) já está divulgando a convocação para a vacinação desse grupo, por meio das redes sociais e outros veículos de comunicação.

Os locais de atendimento são a tenda instalada na praça central da cidade, nas imediações da igreja de São Sebastião, e na Unidade Básica de Saúde Raimundo Francisco da Silva, no bairro Sibéria.

As pessoas que buscarem o atendimento deverão estar munidas do cartão do SUS, comprovante de endereço, CPF ou documento de identificação e caderneta de vacinação.

A Semusa também informou que já foram aplicadas mais de 5 mil doses de vacinas contra a Covid-19. Atualmente, a população em geral está sendo imunizada com a vacina da AstraZeneca.

Continuar lendo

Cotidiano

Quase 2 mil doses de vacina contra gripe e Covid-19 foram aplicadas em comunidades

Publicado

em

A Operação Gota aplicou cerca de duas mil doses de vacina contra gripe e Covid-19 a moradores de comunidades isoladas do Acre em quatro dias de missão. A operação começou em 14 de junho e termina nesta segunda-feira (21).

Na região de Sena Madureira a equipe vacinou moradores das comunidades Oriente, Nova Olinda, Campo Ozório e Recife, Novo Destino, Lua Nova, Granja e Cuidado, totalizando em 951 pessoas vacinadas e 1.151 doses aplicadas. Já no município de Feijó as comunidades atendidas foram Humaitá, Novo Porto e Boca do Recreio, Canadá, Porto Rubim e Boa Vista, sendo 452 pessoas vacinadas e 698 doses aplicadas.

“Todo o trabalho tem sido executado com muito sucesso. Nesses quatro dias estamos indo em várias comunidades, atendendo em lugares mais distantes e de difícil acesso, o sentimento é de muita alegria em podermos estarmos contribuindo e avançando no processo de imunização”, afirma a chefe da Rede de Frios da Secretaria de Estado da Saúde, Renata Quiles, em entrevista à Agência de Notícias do Acre.

Foram 1.403 pessoas atendidas e 1.849 doses aplicadas no período. A ação conta com o apoio da aeronave da Força Aérea Brasileira e das equipes técnicas do estado e dos municípios.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas