Conecte-se agora

“Supermercado não é vilão”, diz Adem Araújo sobre cesta básica

Publicado

em

O presidente da Associação dos Supermercados do Acre, empresário Adem Araújo, abordou em entrevista concedida ao Gazeta Entrevista nesta sexta-feira, 11, o aumento nos preços de alguns itens alimentícios que compõem a cesta básica. De acordo com Adem, os elevados preços resultam da alta do dólar e da necessidade de exportações, porém, ressaltou que mesmo com os altos valores, não há perigo de os supermercados sofrerem com o desabastecimento de itens.

Ele pontuou que mesmo com o aumento dos preços dos itens da cesta básica, o acreano paga muito menos em relação a outros pontos do país. Ele disse que hoje o acreano paga R$ 22 reais no arroz e no Rio de Janeiro o preço chega em R$ 40. “O supermercado não é vilão. Os vilões são o câmbio, o aumento do consumo e principalmente as exportações com foco na China”, afirmou.

Ele afirmou que alta do dólar e o câmbio impossibilita que o arroz venha para o Brasil com um preço competitivo. “É por isso que estamos com o preço desse produto nas alturas”, pontuou. O empresário viu como positivo o governo federal ter decidido zerar a alíquota do imposto de importação para o arroz, mas afirmou que essa medida não irá resultar numa baixa de preço do arroz por conta do dólar.

Em meio à alta do preço do arroz, Adem comentou a fala do presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), João Sanzovo Neto, que afirmou na última quarta-feira, 09, que a entidade deva promover uma campanha para que o brasileiro substitua o arroz por macarrão. “O macarrão é uma alternativa, mas para nós brasileiros, que temos o arroz como um dos principais alimentos, a gente não consegue sair totalmente”, afirmou.

Anúncios

Destaque 7

Gladson mostra estoque de seringas e diz que só falta a vacina

Publicado

em

No depósito da Sesacre, o governador Gladson Cameli (Progressistas) garantiu na tarde desta sexta-feira, 15, que todos os procedimentos de logística para a distribuição da vacina estão prontos, restando apenas a chegada do imunizante e o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de qual será usado na população.

No Instagram, Cameli mostrou o estoque de seringas do Estado e as câmaras frias que serão utilizadas para o armazenamento do imunizante. Ele voltou a ressaltar que o Acre está preparado para a vacinação contra à covid-19 e colocou como meta vacinar em torno de 20% da população acreana até a primeira quinzena do próximo mês de fevereiro de 2021.

“Nós estamos preparados, tá aqui as seringas. Por qual, e eu não sei o motivo de alguém dizer a nível nacional, que a gente não teria a quantidade de seringas para poder receber a vacina para imunizar a população, estão aqui elas. Quero agradecer a equipe da saúde do Acre por todo o empenho. Esperamos o anúncio oficial para receber o imunizante. Não vou poder dizer que dia a vacina chega aqui, mas digo que o Acre está pronto e preparado. E a prova está aqui com as seringas que já podemos imunizar a população, falta só a vacina”, afirmou.

Ao contrário de Manaus, Cameli afirmou que o Acre não possui risco de desabastecimento de oxigênio. Ele ressaltou que foi feito todo um planejamento e que as principais unidades de Saúde do Estado, que fazem atendimento de pacientes acometidos pela Covid-19, contam com sistemas de geradores de gases autônomos, ou seja, o oxigênio é gerado na própria unidade.

Continuar lendo

Destaque 7

Edital do concurso da PF é publicado com vagas para o Acre

Publicado

em

A edição do Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 15, trouxe o edital do concurso com 1,5 mil vagas para a Polícia Federal. Estão previstas vagas para o Acre, além de outros sete estados e localidades de fronteira internacional.

Ao todo, são 1,5 mil vagas, sendo 123 para delegados, 893 para agentes, 400 para escrivães e 84 para papiloscopistas. Destas, há reserva cotistas negros e pessoas com deficiência.

As inscrições estão previstas para começar no dia 22 de janeiro e devem ir até 9 de fevereiro. As provas no dia 21 de março.

O salário previsto no edital é de R$ 23.692,74 para delegados e R$ 12.522,50 para agentes, escrivães e papiloscopistas. O valor das inscrições varia de R$ 180 a R$ 250, o maior valor, para cargos de delegado.

O edital não especifica quantas vagas serão destinadas para os estados, citando apenas que “serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em unidades de fronteira”.

Para se inscrever, por meio do site da Cebraspe, organizadora do concurso, é preciso ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, idade ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, idade mínima de 18 anos, aptidão física e mental e ter 3 anos de atividade jurídica ou policial para ingresso no cargo de delegado. Neste caso, considera-se ter exercido atividade exclusiva de bacharel em Direito, conciliador em tribunais judiciais, do cargo no magistério. Não é válida para contagem de estágio anterior à conclusão do curso.

Acesse o edital: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/edital-n-1-dgp/pf-de-15-de-janeiro-de-2021concurso-publico-para-o-provimento-de-vagas-nos-cargos-de-delegado-de-policia-federal-agente-de-policia-federal-escrivao-de-policia-federal-e-papiloscopista-policial-federal-2992365

Continuar lendo

Destaque 7

Em 14 anos, professores do Acre só tiveram 56% de reajuste salarial

Publicado

em

Uma auditoria realizada na folha dos professores do Acre mostrou que em 14 anos a categoria teve um reajuste de 56%, enquanto que nas demais profissões esse número foi de 195%. Desse modo, enquanto um professor efetivo do concurso de 2006 recebe pouco mais de R$ 3,6 mil, um agente de Polícia Civil com o mesmo tempo de serviço está ganhando R$ 12 mil.

Conforme o secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Ricardo Brandão dos Santos, “o clamor do funcionalismo da Educação é o mesmo da Saúde e das categorias menores”, mas que há entraves que precisam ser superados e que poderão ser eliminados com base no que a comissão técnica a ser formada pode encontrar como solução.

Os dados são do Governo do Acre, que anunciou nesta quinta-feira (14) estar atuando pela correção dos salários dos professores e servidores técnico-administrativos da Secretaria de Estado de Educação, Esportes e Cultura (SEE).

Uma reunião na Casa Civil a pedido do secretário Mauro Sérgio da Cruz, da SEE, serviu de apronto para que seja formada uma comissão que estudará a correção salarial dos cerca de 20 mil trabalhadores da pasta, com uma revisão criteriosa do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR).

“Por ora, estamos engessados pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que não faz distinção de recursos ou de categoria. Mas o governador Gladson Cameli está disposto a fazer o que for possível para valorizar ainda mais todos os servidores públicos estaduais, mas temos um limite de teto de gastos que é nacional. Como equacionar isso é que precisa ser discutido”, destaca Santos.

“Mantemos sempre o diálogo aberto [com os sindicatos e toda a categoria], mostrando que existe boa vontade de nossa parte em resolver essa situação e que possamos trazer soluções a partir desta comissão que será formada”, afirma Mauro Sérgio da Cruz, secretário de Educação.

Continuar lendo

Destaque 7

Influenciadora digital evita “cancelamento” na internet com diagnóstico de Covid-19

Publicado

em

Ao que tudo indica, o quase cancelamento da influenciadora digital Juliana Vellegas nas redes sociais por seus seguidores fez com que vários outros não seguissem o mesmo exemplo e viessem dar explicações ao público. Dessa vez, a influenciadora Jumara Nolasco usou sua rede social no instagram para confirmar que ela e o marido estavam com Covid -19 (assista ao vídeo no fim da coluna).

O fato ocorre bem após o fato de a influenciadora Juliana Vellegas não ter dado satisfação aos seus seguidores nas redes sociais, e acabar sendo alvo de críticas por parte dos internautas ávidos por seus stories diários. Os fãs mais calorosos já trataram de cogitar uma possível participação da moça no reality BBB21, que começa no próximo dia 25. Fato esse negado pela digital em vídeo publicado em suas redes sociais.

“Jumara nunca escondeu que se reunia com a mãe, irmã a família toda, ela fez Natal e Ano Novo pra família, ela disse que ia se cuidar, mas não ia se privar!” escreveu uma seguidora.

Melhoras à influenciadora digital que se preocupou de fato com seus seguidores.

Quer mais Hora do Veneno? Vem com @alexthomasTV.


*A opinião do colunista não reflete a do jornal ac24horas. 

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas