Conecte-se agora

Adolescente é morto ao ser atingido com mais de 15 tiros

Publicado

em

Um jovem identificado como José Guilherme Santos de Almeida, de 14 anos, foi morto ao ser alvejado com mais de 15 tiros na tarde desta terça-feira, 8, dentro de uma casa localizada na rua Chico Mendes, no bairro Novo Calafate, em Rio Branco. Ele morreu dentro da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

De acordo com a polícia, o jovem estava em uma casa abandonada quando homens chegaram em um veículo, pararam na frente da residência e invadiram a casa. Os suspeitos renderam a vítima e efetuaram mais de quinze tiros. O rapaz foi atingido na região do peito, braços, abdômen e genitália. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

A viatura do SAMU foi acionada, prestou os primeiros atendimentos, mas o jovem não resistiu aos ferimentos e morreu na ambulância. O corpo da vítima foi conduzido pelo próprio Samu ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e identificação.

A casa foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos do perito em criminalística e em seguida os policiais colheram as características do veículo e dos criminosos, mas durante o patrulhamento na região ninguém foi preso.

No local, nenhum morador conhecia o jovem. A polícia acredita que o crime está relacionado à guerra entre facção. Agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciaram as investigações.

Anúncios

Cotidiano

Rio Branco terá 12 Uraps, Policlínica e drive-thru para vacinação contra a Covid-19

Publicado

em

Em coletiva de imprensa, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, e o secretário municipal de saúde, Frank Lima, garantiram que toda a logística por parte da secretaria de saúde está organizada, inclusive, com os profissionais da Saúde e os locais onde serão oferecidas as vacinas nesta 1ª fase.

Bocalom pediu paciência à população e ressaltou que a vacinação deve ocorrer durante todo o ano. “Esse processo de vacina não vai ser de uma hora para a outra. Isso será gradual, então é preciso que a população espere a sua hora. Nesse primeiro momento serão apenas os trabalhadores e os idosos. Estamos preparadíssimo. Assim, como as prefeituras do interior. Tenho muita fé em Deus e que devagarzinho tudo isso vai passar”, salientou.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Frank Lima, nesta primeira fase da imunização serão colocadas em funcionamento as 12 Unidades de Referência da Atenção Primária (URAP), a Policlínica e Drive-Thru [7º BEC e Arena da Floresta]. A saúde municipal seguirá o Plano Nacional de Imunização, que prevê que nesta 1ª fase irá contemplar os idosos acima dos 75 anos e os profissionais da Saúde.

“Rio Branco terá mais 3 mil doses para começar a imunização. Nesse primeiro momento, são idosos acima de 75 anos e os profissionais de saúde que estão trabalhando em hospitais na linha de frente do Covid-19”, afirmou.

Continuar lendo

Cotidiano

Bocalom lamenta não haver vacinas suficientes: “demora quase 1 ano para imunizar todos

Publicado

em

O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom (Progressistas) esteve na manhã desta segunda-feira, 18, com o secretário municipal de saúde, Frank Lima, e a diretora de vigilância Epidemiológica, Socorro Martins, em frente ao Laboratório Central do Estado (Lacen), para discutir questões relacionadas à vacinação contra a Covid-19.

Bocalom ressaltou a felicidade em participar de um dia histórico diante de uma pandemia. Para ele, há absoluta certeza de que o município e o estado irá fazer um bom trabalho. No entanto, destacou que “não tem vacina para todo mundo nesse momento”.

A vacinação irá ocorrer de acordo com o que o Ministério da Saúde definiu. “Para pessoas acima de 70 anos, as que já estão internadas e também funcionários da saúde nesse momento. Não adianta as pessoas acharem que todo mundo vai para a porta da unidade de saúde”, ressaltou.

Segundo o prefeito, vai demorar ainda quase um ano para conseguir vacinar todo mundo. O secretário de saúde afirmou que este ainda é um momento de apreensão, pois o Brasil não recebeu as vacinas que deveria receber da Índia.

“Vamos receber em torno de 19 mil vacinas. Temos em estoque hoje 300 mil seringas com agulhas e vamos seguir a política traçada pelo MS para não colocar em risco o PNI”.

Continuar lendo

Cotidiano

Saúde obriga informar dados da vacinação contra a Covid-19 ao sistema federal

Publicado

em

O Ministério da Saúde instituiu nesta segunda-feira (18) a obrigatoriedade de registro de aplicação de vacinas contra a Covid-19 nos sistemas de informação do Ministério da Saúde.

Os serviços de vacinação públicos e privados que utilizam sistemas de informação próprios ou de terceiros poderão fazer a transferência dos dados de vacinação contra a Covid-19 para a base nacional de imunização, por meio do Portal de Serviços da Rede Nacional de Dados em Saúde – RNDS, conforme orientações do Ministério da Saúde.

A comprovação da vacinação contra Covid-19 poderá ser feita por meio do cartão de vacinação, nos termos do art. 390 da Portaria de Consolidação nº 5/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, ou do Certificado Nacional de Vacinação emitido pelo serviço de vacinação ou pelo próprio cidadão, via aplicativo Conecte SUS disponibilizado pelo Ministério da Saúde.

https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-gm/ms-n-69-de-14-de-janeiro-de-2021-299306102

Continuar lendo

Cotidiano

Por causa da Covid-19, governo suspende por mais 90 dias procedimentos do Bolsa Família

Publicado

em

O governo federal publicou nesta segunda-feira (18) no Diário Oficial da União a portaria 591, que prorroga a suspensão por 90 dias de procedimentos operacionais e de gestão do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, em decorrência da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional, pandemia da Covid-19.

A portaria suspende as ações especiais de pagamento; a aplicação dos efeitos decorrentes do descumprimento das condicionalidades do Programa Bolsa Família; e as medidas de bloqueio dos benefícios de famílias sem informação de acompanhamento das condicionalidades do Programa Bolsa Família.

Além disso, fica suspenso, pelo prazo de 90 dias, a partir de hoje o cálculo do fator de operação do Índice de Gestão Descentralizada do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único, para apuração do valor do apoio financeiro à gestão descentralizada nos âmbitos municipal, estadual e do Distrito Federal.

Transcorrido o prazo de 90 dias mencionado o cálculo do fator de operação do IGD-PBF passará a utilizar os dados mais recentes disponíveis da Taxa de Atualização Cadastral (TAC) e da Taxa de Acompanhamento da Frequência Escolar (TAFE), mantendo suspensa a atualização da Taxa de Acompanhamento de Saúde (TAS), por mais 90 dias.

https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-mc-n-591-de-15-de-janeiro-de-2021-299285117

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas