Conecte-se agora

Homem é preso em flagrante após incendiar a casa da própria irmã em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Um homem que, segundo a Polícia Militar, seria usuário de drogas, incendiou completamente a casa da própria irmã localizada no bairro Vale dos Buritis, em Cruzeiro do Sul. O caso aconteceu na manhã desta quinta-feira (3).

O irmão acusado de cometer o crime foi preso em flagrante pela Polícia Militar. Segundo a assessoria de comunicação da PM, o detido seria é usuário de drogas e estava morando com a irmã há pouco tempo.

Tudo começou porque, na madrugada desta quinta, ele ainda teria agredido o cunhado. Por esse motivo, e a irmã pediu que o mesmo deixasse o imóvel. O acusado então voltou com o combustível e tocou fogo na casa com a irmã e um sobrinho dentro.

O Corpo de Bombeiros foi ao local para conter as chamas. Segundo o comandante, capitão Oliveira, não houve vítima, porém houve, a mulher teve perda total da pequena casa em madeira. “O fogo não comprometeu as casas vizinhas”, ressaltou Oliveira.

Veja o vídeo:

[videopress tQhptn5A]

Na rede

Sem leitos, pacientes psiquiátricos dividem espaço com demais internados em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O único local de internação de pacientes com problemas psiquiátricos em Cruzeiro do Sul e toda a regional é o Hospital Regional do Juruá. Mas, sem leitos específicos, os pacientes com transtornos mentais, sejam casos leves ou graves, ocupam as áreas de observação e de enfermaria junto com os demais internados da unidade hospitalar.

Um profissional de saúde, que pede para não se identificar, disse que os casos de transtorno mentais aumentaram muito em Cruzeiro do Sul durante a pandemia de Covid-19. Que antes, havia 1 ou 2 casos de pacientes com problemas psiquiátricos e agora são de 5 a 6 na observação, quando estão mais calmos, nas enfermarias do Hospital do Juruá. Ele destaca que os casos controlados e moderados eram transferidos para o Hospital Dermatológico, o que agora não acontece mais.

“Agora os pacientes com transtornos psiquiátricos ficam nas observações e enfermarias do Hospital do Juruá, tanto os casos leves quanto os graves, porque o dermatológico não aceita mais nem os leves”, relata o profissional, citando que as tratativas iniciadas para a criação de leitos psiquiátricos no Hospital do Juruá e criação de Centro de Atenção Psicossocial- Caps com internações não tiveram continuidade por parte da direção da unidade hospitalar e da secretaria de Estado de Saúde do Acre.

A coordenadora da Regional de Saúde do Juruá, Catiana Rodrigues, afirma que todos os encaminhamentos para melhoria desses serviços estão tramitando na Sesacre. Apesar do Hospital do Juruá não ter nenhum leito psiquiátrico, ela cita ampliação no número.

“Realmente tivemos um aumento no número de pacientes que necessitam desse serviço, e temos um processo tramitando para ampliação de leitos de saúde mental no Hospital do Juruá e para a implantação do CAPS III. Sim, temos leito habilitado no hospital e precisamos só de ampliação”,  explica.

Quanto ao Hospital Dermatológico, onde há 20 leitos, Catiana diz que o local não é adequado e que a gestão busca outro espaço. “O Hospital de Dermatologia Sanitária teve um atendimento de caráter excepcional em situações de urgência por conta da gravidade dos problemas, mas nunca foi referência. Estamos trabalhando e buscando junto as áreas técnicas um local de referência para esses atendimentos. Estamos com um planejamento para fortalecimento da rede de saúde mental, desde a construção do CAPS III onde já temos um terreno e capacitação para todos os profissionais de Saúde”, informa a coordenadora.

Caps

Os Centros de Atenção Psicossocial – Caps são serviços de saúde voltados aos atendimentos de pessoas com sofrimento psíquico ou transtorno mental, incluindo aquelas com necessidades decorrentes do uso de álcool, crack e outras substâncias, que se encontram em situações de crise ou em processos de reabilitação psicossocial.

Nos estabelecimentos atuam equipes multiprofissionais, que empregam diferentes intervenções e estratégias de acolhimento, como psicoterapia, seguimento clínico em psiquiatria, terapia ocupacional, reabilitação neuropsicológica, oficinas terapêuticas, medicação assistida.

Em Cruzeiro do Sul o Centro de Atenção Psicossocial- Caps Náuas, atua com consultas psiquiátricas, dispensação de medicamentos, atendimento psicológico e social, atendimentos familiares e domiciliares, mas não inclui estadias e internações.

Já o Caps III atende prioritariamente pessoas em intenso sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais graves e persistentes, incluindo aqueles relacionados ao uso de substâncias psicoativas, e outras situações clínicas que impossibilitem estabelecer laços sociais e realizar projetos de vida. Proporciona serviços de atenção contínua, com funcionamento 24 horas.

Já o Caps III atende prioritariamente pessoas em intenso sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais graves e persistentes, incluindo aqueles relacionados ao uso de substâncias psicoativas, e outras situações clínicas que impossibilitem estabelecer laços sociais e realizar projetos de vida. Proporciona serviços de atenção contínua, com funcionamento 24 horas, incluindo feriados e finais de semana, ofertando retaguarda clínica e acolhimento noturno a outros serviços de saúde mental, inclusive CAPS AD. Indicado para municípios ou regiões de saúde com população acima de 150 mil habitantes.

O Caps de Cruzeiro, de acordo com Catiana, vai atender os 7 municípios da Regional do Juruá, Tarauacá e Envira.

Já o Caps III atende prioritariamente pessoas em intenso sofrimento psíquico decorrente de transtornos mentais graves e persistentes, incluindo aqueles relacionados ao uso de substâncias psicoativas, e outras situações clínicas que impossibilitem estabelecer laços sociais e realizar projetos de vida. Proporciona serviços de atenção contínua, com funcionamento 24 horas, incluindo feriados e finais de semana, ofertando retaguarda clínica e acolhimento noturno a outros serviços de saúde mental, inclusive CAPS AD. Indicado para municípios ou regiões de saúde com população acima de 150 mil habitantes.

O Caps de Cruzeiro, de acordo com Catiana, vai atender os 7 municípios da Regional do Juruá, Tarauacá e Envira.

Continuar lendo

Na rede

Depois de dois anos, parada pela pandemia, a bola volta a rolar no Futebol de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Depois de dois anos parado, devido à pandemia, teve início o Campeonato Cruzeirense de Futebol, com os times da 1ª e 2ª divisão, realizado com patrocínio da Prefeitura De Cruzeiro do Sul, por meio de emenda parlamentar do deputado Nicolau Júnior, no valor de 250 mil reais. Na abertura, também foi feita a escolha das musas do campeonato, o evento aconteceu no estádio Arena do Juruá e movimentou os bairros, que participam da edição 2022 da maior competição esportiva do município.

Todos os times ganharam uniformes, equipamentos para treino e bolas. A parceria entre prefeitura e a Liga Cruzeirense, possibilitou aumento na premiação dos vencedores, também garantiu que nenhum time tivesse que pagar inscrição, além de permitir que a torcida entre gratuitamente para prestigiar os jogos do campeonato.

O Governo do estado do Acre também é parceiro na realização do campeonato, cedendo o palco para os jogos que é o estádio Arena do Juruá, algo muito importante , já que o estádio Cruzeirão está sendo reformado pela gestão municipal, e ainda não se encontra em condições para receber os jogos.

O presidente da Liga Cruzeirense de Futebol, Antônio Rodrigues, agradeceu as parcerias e falou da alegria em retomar com as competições.

“Após esse tempo, estamos felizes em iniciar o campeonato. Sem as parcerias a gente não conseguiria fazer essa festa tão bonita . Agradeço muito essa parceria da prefeitura e do Deputado Nicolau Júnior. Só tenho gratidão. Que nossos torcedores possam continuar prestigiando os jogos em todas as partidas”, agradeceu.

O prefeito Zequinha Lima, que é um entusiasta do futebol, além de jogador amador nas horas vagas, aproveitou o momento para agradecer: “Muito obrigado a cada um dos atletas, aos dirigentes, aos parceiros e a nossa equipe da Secretaria Municipal de Esportes, que organizaram tudo perfeitamente para fazer essa linda abertura. Isso tudo só é possível graças aos nossos apoiadores e parceiros. Agradeço ao amigo Deputado Nicolau Júnior, que destinou a emenda para aquisição de todo material , bolas e uniformes dos times, e ao Governo do Estado, através do nosso governador Gladson que nos cedeu a Arena do Juruá para realização do evento. Desejo um ótimo campeonato para todos, e que vença o melhor”, pontuou Zequinha.

Ao todo são 10 times que participam da 1º Divisão e 32 que estão na 2º divisão do Campeonato Cruzeirense de Futebol. O primeiro jogo da competição já aconteceu e reuniu o campeão da última edição, o União São João, e o Cruzeiro do Sul Sport Clube. A partida terminou empatada por 1 a 1.

Continuar lendo

Na rede

Prefeitura de Cruzeiro do Sul intensifica programa de mecanização agrícola

Publicado

em

A prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, vem intensificando as ações de mecanização agrícola na zona rural durante o verão amazônico, entre maio a setembro.

“Atualmente a prefeitura dispõe de nove tratores para mecanização, distribuídos entre as Vilas Santa Rosa e São Pedro, Pentecostes, BR 364 e BR 307. Para a BR 364 a programação é mecanizar 65 hectares até a chegada das águas”, explica a secretária de agricultura, Aldeni Menezes.

A mecanização agrícola é uma das maiores demandas dos trabalhadores rurais da região e tem impacto direto na diminuição da necessidade de uso do fogo para preparação do solo, se traduz também no aumento da produtividade por hectare.

A principal economia agrícola da região, a mandioca para produção de farinha artesanal, é uma das atividades que mais é beneficiada com a mecanização.

José Maria Alemão é hoje um dos maiores produtores de farinha de mandioca de Cruzeiro do Sul, chegando a produzir até 300 sacas mês.

Alemão, como é mais conhecido, adquire a mandioca de diversos produtores, que estão sendo beneficiados com o programa de mecanização agrícola da Prefeitura de Cruzeiro do Sul.

“Os tratores estão gradeando 20 hectares de terra e dando apoio ao transporte da mandioca. Assim a gente adquire a macaxeira para casa de farinha, compra da comunidade e temos à disposição um trator com carroça para transporte”, disse.

Ampliar o alcance da mecanização agrícola tem sido uma ação frequente da atual gestão. É uma forma de aumentar a produtividade e, ao mesmo tempo, dar uma resposta para as questões climáticas e ambientais.

“No ramal 2 os trabalhos estão a todo vapor. Um exemplo do trabalho e esforço que a secretaria tem feito é esse aqui na propriedade do Alemão, um dos maiores produtores de farinha de Cruzeiro do Sul. Nos sentimos na obrigação de auxiliar essas pessoas, que representam cerca de 30 empregos na comunidade”, abordou o prefeito Zequinha Lima.

Continuar lendo

Na rede

Em Cruzeiro do Sul, prefeitura implanta o Centro de Testagem de Covid-19

Publicado

em

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul, por meio de sua Secretaria Municipal de Saúde, implantou um centro de referência para testagem de covid 19. O centro funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas, no bairro da AABB, localizado na rua Afonso Pena próximo às unidades do SESI e SENAI.

Cerca de 14 profissionais atendem no centro que ainda funciona em caráter provisório. O objetivo é facilitar o acesso ao diagnóstico para a população, buscando o controle de contágio pelo município.

Segundo Valéria Lima, secretária municipal de saúde, Cruzeiro do Sul recebeu testes do governo federal e, também, comprou mais testes Swab, por meio de licitação.

“O fluxo funciona da seguinte maneira: como não existem remédios específicos para a Covid, a pessoa ao apresentar sintomas gripais, deve buscar um posto de saúde. O médico atende conforme sintomatologia, passa a medicação e solicita diagnóstico, também, para finalidade de controle epidemiológico. Dependendo do resultado, caso dê positivo, a pessoa não precisa voltar para a unidade, recebe os medicamentos e resultado e fica de isolamento por sete dias dias”, explica.

Para que a testagem seja realizada é preciso apresentar a autorização do médico da unidade de saúde.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!