Conecte-se agora

Acusada de atuar como farmacêutica sem diploma se defende: “cargo era de apoio técnico”

Publicado

em

Quase um mês depois de ser detida pela Polícia Civil sob a acusação de atuar como farmacêutica na Fundação Hospitalar do Acre
(Fundhacre) sem o referido diploma de nível superior, Poliana Araújo se pronunciou por meio das redes sociais nessa semana. Segundo ela, a primeira e única vez que comentaria sobre o caso publicamente. Ela diz que nem chegou a ser presa, apenas foi até a delegacia para prestar esclarecimentos.

“O meu cargo lá na Nefrologia era de apoio técnico, nunca foi de farmacêutica, meu ponto era de apoio técnico, minha função era pra operar um sistema onde várias outras pessoas que não são farmacêuticos operam também”, declarou. Poliana garante que não era responsável pela Nefrologia da unidade de saúde.

A jovem ressalta que não atuava como farmacêutica porque, mesmo tendo concluído o curso e apresentado o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), não conseguiu o registro profissional. “Por um problema com a faculdade ainda não consegui a documentação pra tirar o CRF e exatamente por conta disso que não tinha um cargo de farmacêutica e nem ganhava como farmacêutica”, afirma.

No ato de sua contratação, Poliana diz ter levado toda a documentação solicitada pelo o RH. “Se minha contratação fosse de farmacêutica, precisaria ter apresentado o registro, eu não era responsável pela logística de medicamentos, até pq [sic] na nefrologia nunca existiu uma farmácia”, salienta.

Nas redes sociais, ela finalizou o desabafo afirmando que não vai “parar” sua vida. “Só desejo para todos que me perseguem falando de mim sem ao menos conhecer minha história, que nunca tenham a infelicidade de cair no crivo das redes, pois não é nada fácil! Mas a vida segue, e eu vou continuar seguindo de cabeça erguida, sem fazer mal para ninguém, como sempre foi”.

Entenda

Poliana estava na Fundação Hospitalar, em Rio Branco, no momento em que a polícia chegou a sua procura ao ser acusada de atuar como farmacêutica na unidade. A operação foi coordenada pelo delegado Pedro Resende e teve acompanhamento da fiscalização do Conselho Regional de Farmácia do Acre (CRF).

Ela era nomeada no setor de Nefrologia com salário de pouco mais de R$ 3 mil. À época, o presidente do CRF no Acre, João Vitor Italiano Braz, contou que o Conselho constatou junto à faculdade que Poliana não concluiu o curso, nem tinha registro profissional expedido pela autarquia.

 

Cotidiano

Polícia Civil anuncia o funcionamento da Delegacia da Mulher com atendimento 24 horas

Publicado

em

Ao final da manhã da última quinta-feira, 29, o Delegado-Geral de Polícia Civil do Acre, José Henrique Maciel, esteve reunido em seu gabinete com Secretaria Adjunta de Justiça e Segurança Pública, delegada Mardhia El-Shawwa, a titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) Delegada Elenice Frez, Presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, Geovana Castelo e conselheiras, Engenheiro Civil Ivo Wiciuc Júnior, a representante da empresa de Engenharia Apolo Engenharia (SM Gadelha) Elissandra Silva Almeida, a Conselheira de Honra do Conselho dos Direitos da Mulher, Valdete Souza, a Membro do Conselho dos Direitos da Mulher Irizane Clementino de Lima Vieira, a Titular da Delegacia da Mulher de Rio Branco Delegada Elenice Frez Carvalho.

Em reunião, o Delegado-Geral José Henrique Maciel, em nome da Polícia Civil e do governador Gladson Cameli anunciou, ao retorno da funcionalidade da DEAM, atendimento 24 horas, ininterruptamente, ou seja, 24 horas todos os dias da semana, incluindo finais de semana e feriados.

“Esta é mais uma prova do nosso compromisso em ampliar e melhorar o atendimento às mulheres. A Delegacia da Mulher vai funcionar todos os dias, 24 horas”, destaca Henrique Maciel.

O projeto já está em implantado nas delegacia de Senador Guiomard, Sena Madureira, Cruzeiro do Sul, Xapuri e segue cronograma de implantação nas demais unidades de Polícia Civil do interior do estado.

Continuar lendo

Cotidiano

Gefron encontra droga em carro pelo cheiro e facção tem prejuízo de R$ 712 mil

Publicado

em

Uma equipe do Grupo Especial de Fronteira – Gefron, apreendeu nesta quinta-feira, 29, aproximadamente 39 quilos de entorpecentes, em Epitaciolândia, sendo 17 de skunk e 22 de cocaína. W.L.L, 26 anos,  foi preso e o prejuízo estimado para o crime é de R$ 712 mil.

A equipe do Gefron estava fazendo rondas para combater crimes eleitorais e parou em um posto de gasolina para abastecer a viatura. Logo em seguida, um Honda Civic cinza escuro estacionou próximo à viatura e a equipe policial sentiu um cheiro muito forte quando o motorista abriu a porta do veículo. Os policiais viram pacotes escuros no banco traseiro e abordaram o carro onde encontraram grande quantidade de tabletes de drogas.

O condutor, o veículo e os entorpecentes foram conduzidos à Delegacia de Polícia Federal em Epitaciolândia, para os demais procedimentos legais. Ele foi autuado por tráfico de drogas – art. 33 da Lei 11.343/2006, e será encaminhado ao presídio, onde ficará à disposição da Justiça Federal.

Continuar lendo

Cotidiano

Sine do Acre oferta 27 vagas de emprego nesta sexta-feira em Rio Branco

Publicado

em

O Sistema Nacional de Empregos do Acre (Sine), está disponibilizando 27 vagas de emprego para várias áreas em Rio Branco, nesta sexta-feira, 30.

As oportunidades de trabalho são rotativas, ou seja, são divulgadas para o dia, podendo ou não estar mais disponíveis para a data seguinte. O atendimento está sendo feito exclusivamente via telefone, mas presencialmente continua sendo na Organização em Centros de Atendimento (OCA).

Para se candidatar, é necessário que o candidato esteja com o cadastro atualizado. Aqueles que precisam fazer o registro na instituição, devem ter em mãos os seguintes documentos: Carteira de Trabalho, Identidade/CPF, Título de Eleitor, comprovante de escolaridade e de endereço.

O cidadão poderá verificar se a vaga ainda está disponível através dos telefones (68) 3224-5094 (68) 3224-1519, (68) 3223-6502 ou (68) 0800 647 8182.

Continuar lendo

Cotidiano

Tempo será seco e ensolarado com noite fria nesta sexta-feira no Acre

Publicado

em

A incursão de ar polar deixa o tempo firme, seco, com sol, nuvens e ventilado nesta sexta-feira, 30, no Acre. Os termômetros marcam a máxima de 30°C na maioria dos municípios.

Não chove em Rio Branco, Brasileia e Sena Madureira, que terão ventos soprando ininterruptamente entre fracos e moderados. Já em Cruzeiro do Sul e Tarauacá tem a probabilidade de chuvas pontuais.

Temperaturas:

– Rio Branco, Senador Guiomard, Bujari e Porto Acre, com mínimas oscilando entre 17 e 19ºC, e máximas, entre 28 e 30ºC;

– Brasileia, Epitaciolândia, Xapuri, Capixaba, Assis Brasil e Santa Rosa do Purus, com mínimas oscilando entre 17 e 19ºC, e máximas, entre 29 e 31ºC;

– Plácido de Castro e Acrelândia, com mínimas oscilando entre 17 e 19ºC, e máximas, entre 28 e 30ºC;

– Sena Madureira e Manuel Urbano, com mínimas oscilando entre 18 e 20ºC, e máximas, entre 28 e 30ºC;

– Tarauacá e Feijó, com mínimas oscilando entre 18 e 20ºC, e máximas, entre 29 e 31ºC;

– Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves, com mínimas oscilando entre 19 e 21ºC, e máximas, entre 26 e 28ºC;

– Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Jordão, com mínimas oscilando entre 18 e 20ºC, e máximas, entre 27 e 29ºC.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.