Conecte-se agora

General Heleno se retrata por informações infundadas sobre desmatamento no Acre

Publicado

em

O general Augusto Heleno, ministro do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), se retratou nesta quinta-feira (20), ao lado do senador Marcio Bittar (MDB) e da deputada federal Jessica Sales (MDB), por ter erroneamente atribuído ao estado os problemas das queimadas na Amazônia.

“Cometi um ato falho e atribuí ao Acre uma informação que não é verdadeira”, disse o general em vídeo gravado nesta quinta ao lado dos parlamentares emedebistas.

No dia 20 de julho, ao afirmar não haver devastação ambiental na Amazônia, Heleno disse que os problemas estariam localizados no leste do Pará e no Acre.

Mas o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), órgão do governo federal, aponta que no primeiro trimestre de 2020, os estados que mais desmataram foram Mato Grosso (267 km² de área desflorestada), Pará (257 km²) e Amazonas (106 km²). O Acre, citado pelo ministro, é apenas o sexto estado com maiores registros de desmatamento no período, com perda de apenas 12 km² de florestas entre janeiro e março.

“Já me redimi com o senador Marcio e a deputada Jessica e fiz questão de convidá-los aqui exatamente para resgatar isso e dividir com eles o que tenho presenciado no governo Bolsonaro. Ele [o presidente] tem uma obsessão pela Amazônia. Ele sabe que a Amazônia é o futuro do Brasil. E o Acre, obviamente, vai fazer parte desse futuro com uma relevância muito grande”, afirmou o ministro.

Ele citou a proximidade do Acre com o Peru, por dar ao Brasil acesso à costa do Pacífico, a BR-319, que liga Manaus ao Sul do Amazonas – e que segundo ele beneficiará o Acre –, a ponte sobre o Rio Madeira e também a interligação do estado ao Peru, a partir de Cruzeiro do Sul até Pucallpa, pela BR-364.

“Tenho certeza que nós vamos vibrar juntos quando percebermos o que aconteceu com a Amazônia ao longo do governo Bolsonaro”, disse o general.

Bittar elogiou a postura do ministro em relação à Amazônia e agradeceu seu empenho no que diz respeito às demandas do Acre.

“O general Augusto Heleno é um amigo dos acreanos que tem ajudado muito para que esse sonho de integração com o Peru se transforme em realidade”, concluiu o senador.

Anúncios

Cotidiano

Beneficiário que contestou Auxílio e teve dados reavaliados recebe dia 28

Publicado

em

O Ministério da Cidadania publicou nesta terça-feira (26) no Diário Oficial da União portaria que dispõe sobre o calendário de pagamentos e saques do auxílio emergencial instituído pela Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020.

O pagamento se dará da seguinte forma: o público beneficiário do Auxílio Emergencial que tenha feito o procedimento de contestação por meio da plataforma digital no período de 7 a 16 de novembro de 2020 e de 13 a 31 de dezembro de 2020 e que tenha sido considerado elegível receberá o crédito de todas as parcelas a que tem direito no dia 28 de janeiro de 2021.

Além disso, recebe também o público beneficiário do Auxílio Emergencial que teve o pagamento reavaliado em janeiro de 2021, decorrente de atualizações de dados governamentais, e que tenha sido considerado elegível receberá o crédito de todas as parcelas a que tem direito no dia 28 de janeiro de 2021.

Veja o calendário:

Continuar lendo

Cotidiano

Vendedor, assistente administrativo e cozinheiro: veja as 37 vagas do SINE

Publicado

em

Foto: Mauro Pimentel

Nesta terça-feira feira, 26, o Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) está disponibilizando 37 vagas de emprego em diversas áreas para a capital Rio Branco. Os candidatos podem verificar se a vaga ainda está disponível através do telefone 0800 647 8182 ou 68 3224-5094.

Para se candidatar a uma das vagas, é necessário estar com o cadastro no Sine atualizado. Lembrando que, os interessados devem entrar no portal Emprega Brasil, do Ministério do Trabalho, através do link https://empregabrasil.mte.gov.br/ e clicar em cadastrar. Lá você cria sua conta e consegue acessar todos os serviços digitais do governo, inclusive o Sine.

Continuar lendo

Cotidiano

Atlético Acreano perde por 5 a 1 para o Manaus e está eliminado da Copa Verde

Publicado

em

Foto: Manoel Façanha

O ano de 2020 foi desastroso para o Atlético Acreano perdendo o título do campeonato estadual e fazendo uma das piores campanhas entre todos os clubes do Brasileirão da Série D. Infelizmente, para a torcida do Galo Carijó, 2021 começa da mesma forma.

Nesta segunda-feira, 25, o tradicional clube do 2º Distrito estreou na Copa Verde. Mesmo jogando em casa, o Atlético foi completamente dominado pelo Manaus (AM) que venceu o jogo com extrema facilidade por 5 a 1. Diego Rosa (2), Jack Chan, Douglas e Philip marcaram para o time amazonense. O único gol do time acreano foi marcado por Bebê.

Como o regulamento prevê a decisão em jogo único, o Manaus se classifica para as quartas de final da competição e terá pela frente o vencedor da partida entre Paysandu e Galvez que jogam na próxima quinta-feira, 28,em Belém (PA).

O Rio Branco, o outro representante do Acre na Copa Verde, joga nesta quarta, 27, contra o Independente do Pará, na Arena Acreana, a partir das 16 horas.

Continuar lendo

Cotidiano

Em Assis Brasil, homem é condenado por agressão contra esposa e filha

Publicado

em

O juiz Alex Oivane, da Vara Criminal de Assis Brasil, sentenciou um homem a quatro meses e 15 dias de detenção em regime aberto, mais pagamento de dez dias-multa, por violência doméstica, segundo divulgação desta segunda-feira, 25, no Portal do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC).

De acordo com os autos, as agressões ocorreram contra a esposa e a filha do réu, que tem apenas nove anos de idade. Além disso, o homem ameaçou a mulher com uma faca e disse ter agredido a criança porque ela estava “rindo da cara dele”.

Na audiência, a vítima relatou que conviveu por 19 anos com o homem, mas que findou o ciclo de violência, que era composto de agressões, xingamentos e outras formas de violência psicológica, sendo todas as atitudes agravadas pelo vício em bebida alcoólica.

“Ele chegava bebido e brigava com todo mundo”, resumiu.

Em juízo, o réu confessou os fatos, disse que parou de beber depois da separação e que se arrepende de seus atos. Ao analisar o mérito, o juiz de Direito Alex Oivane assinalou que a ofensa à integridade física está comprovada pelo exame de corpo de delito e depoimentos, bem como que as condutas se deram por prevalência das relações domésticas.

A sentença considerou o concurso material de crimes, somando a pena dosada pela ofensa à integridade física e psicológica com a pena pelo crime de ameaça. A decisão foi publicada na edição n° 6.756 do Diário da Justiça Eletrônico (pág. 112).

“A prática desse tipo de delito assola a vida familiar e social, redundando em ações cada vez mais frequentes de violência contra a mulher”, concluiu o magistrado.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas