Conecte-se agora

Feijó foi um dos 10 municípios no país com mais queimadas em 48h

Publicado

em

O município acreano apareceu em 10º lugar no ranking dos que mais registraram focos de queimadas (76) no país nas últimas 48 horas, de acordo com os dados do Satélite de Referência – AQUA Tarde, divulgados pelo Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE.

De acordo com os dados do último boletim da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), do início do ano (01/01/2020) até (19/08/2020), o município de Feijó também apresentou maior acumulado de focos de queimadas no estado do Acre.

Neste mesmo período, os municípios de Rodrigues Alves, Tarauacá e Capixaba registraram o maior número de focos de queimadas por km² em seu território, ou seja, maior densidade de ocorrência em relação aos demais municípios.

Neste sentido, os municípios de Rodrigues Alves, Tarauacá e Capixaba tornam-se prioritários para monitoramento e ações de combate e controle de queimadas e incêndios florestais, caso o cenário indique aumento dessa tendência.

Dados do Acre

Entre todos os estados da Federação, o Acre foi o 4º colocado entre os que mais tiveram focos de queimadas detectados, com 289 registros feitos pelo satélite nas últimas 48 horas. No mês de agosto, o estado acreano teve 1.627 focos (6º lugar) e no acumulado do ano 2.093 (10º lugar).

Com relação ao número de queimadas registradas no ano passado, entre 1º de janeiro e 20 de agosto, o Acre ainda está 16% abaixo no mesmo período deste ano, com 2.093 focos contra 2.498 de 2019. Com relação ao acumulado de focos de queimadas apenas na Amazônia Legal, o Acre ocupa o 7º lugar no curso de 2020.

Anúncios

Destaque 6

Secretário diz que Bocalom recebeu apenas R$ 8,4 mil de diárias

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

O secretário da Casa Civil, Artur Neto, publicou uma nota nesta quinta-feira (4), explicando acerca do recebimento das diárias dos últimos 30 dias do prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas).

O secretário afirma que embora conste no Portal da Transparência da prefeitura de Rio Branco quatro empenhos para viagens à Brasília (DF), a primeira delas, marcada para o dia 02 de fevereiro, não ocorreu, tendo sido adiada para outra data, que consta do segundo empenho, datado para início no dia 07/02.

O secretário explicou que apesar do Portal da Transparência colocar as diárias da primeira viagem que foi cancelada como pagas, o portal não mostra o estorno dos valores dessas diárias.

“Esclarecemos que a legislação determina que o empenho e pagamento de diárias sejam anteriores ao deslocamento, o que tem sido feito rotineiramente cumprido pela Administração Pública Municipal. Se por algum motivo esta não ocorrer, o valor creditado na conta do servidor público deve ser estornado, o que de fato aconteceu, tendo sido feita a devolução dos créditos depositados na conta do prefeito, conforme comprovantes abaixo, no valor de R$ 6.8 mil. O Portal da Transparência não divulga a devolução de diárias canceladas, o que já está sendo providenciado pela equipe técnica, para evitar esse tipo de desinformação.” afirmou

Em outro trecho, o secretário afirmou que o prefeito fez três viagens durante os últimos 30 dias totalizando R$ 8,4 mil diárias, que foram creditadas em sua conta.

Por fim, o secretário ressaltou que as viagens realizadas pelo prefeito tem o objetivo de captar recursos para amparar as pessoas desabrigadas pelas enchentes provocadas pelas chuvas, melhorar o sistema de vacinação contra a Covid-19 e ampliar as medidas preventivas contra dengue, além de outras pautas de vital importância para a população.

“E é necessário deixar bem claro que quando o prefeito viaja para visitar a família dele, todas as despesas são pagas com recursos pessoais, o que não o obriga justificação e ainda que o prefeito preza tanto pela seriedade com a coisa pública que ele não tem usado o veículo oficial da prefeitura para realizar seus deslocamentos de casa para a prefeitura e no trabalho do dia a dia, pagamento inclusive o combustível do seu carro com recursos próprios”, afirmou.

Continuar lendo

Destaque 6

WhatsApp libera chamadas de voz e vídeo pelo computador

Publicado

em

O WhatsApp liberou nesta quinta-feira (4) chamadas de voz e vídeo pelo computador, por meio dos aplicativos para Windows e Mac.

A ferramenta, no entanto, não funciona no WhatsApp Web, que é aberto pelo navegador do computador. É preciso baixar o aplicativo para o computador.

WhatsApp vai limitar recursos para quem não aceitar nova política de privacidade
Além disso, só é possível fazer ligações individuais – o recurso de chamadas em grupo de até 8 pessoas ainda não está liberado.

A janela das chamadas de vídeo funciona nos modos paisagem e retrato, pode ser redimensionada, e está configurada para ficar sempre em primeiro plano em relação às outras janelas.

A liberação das chamadas no computador será feita de forma gradual, então é possível que a opção não apareça imediatamente para todas as pessoas. O WhatsApp, porém, está liberando a atualização no mundo todo.

Como fazer ligações pelo WhatsApp?
Baixe o aplicativo do WhatsApp para Windows ou Mac;
Faça o login com o seu WhatsApp. No Android, toque no ícone de três pontinhos localizado na parte de cia da tela e aperte em “WhatsApp Web”. No iPhone, clique no ícone da engrenagem (Ajustes) que fica na parte de baixo e toque em “WhatsApp Web/Computador”.
Em seguida escaneie o QR Code;
Abra uma conversa e ao lado da foto e do nome do seu contato, clique no ícone de ligação por voz ou vídeo.

Continuar lendo

Destaque 6

Secretários do Acre terão que cortar despesas de viagens e combustível

Publicado

em

A pandemia da Covid-19 impactou diretamente nas finanças do estado devido ao gastos para o tratamento dos pacientes infectados pela pandemia. Tanto que no mês passado, o governador Gladson Cameli afirmou que o estado só teria recursos para mais três meses de combate à doença.

Como alternativas a escassez de recursos é pedir ajuda ao governo federal e economizar onde é possível. Gladson decretou nesta quinta-feira, 4, que todos os secretários devem apertar o cinto e economizar.

Através de um decreto publicado no Diário Oficial, o governador determina, entre outras medidas, que reduza pela metade as despesas com viagem nacional e internacional (diárias e passagens) para servidores. A gestão deve reduzir em 30% as despesas com o uso de telefonia fixa energia elétrica, com combustível, locação de veículos e gastos com contratos de prestação de serviços.

Fica fora do decreto apenas os órgãos e entidades pertencentes ou vinculados à Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública – SEJUSP, no caso das viaturas e da Secretaria de Estado de Saúde – SESACRE, no caso das ambulâncias.

Para que a economia realmente aconteça, Gladson suspende gastos do poder público com aumento do quantitativo de veículos locados, celebração de novos contratos e alterações contratuais que impliquem no acréscimo de despesa, aquisição de veículos, aquisição de móveis, equipamentos e outros materiais permanentes, exceto àqueles destinados à instalação e à manutenção de serviços essenciais e inadiáveis, aquisição de materiais de consumo, excetuando-se aqueles destinados ao desenvolvimento das atividades essenciais das unidades e locação de imóveis, salvo para substituição dos contratos vigentes, desde que comprovada vantagem ao governo.

Continuar lendo

Destaque 6

Polícia prende “Coala”, acusado de decapitar faccionado

Publicado

em

Uma ação rápida dos Policiais Civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) resultou na prisão do membro da facção Bonde dos 13, Wallisson Campos de Almeida, de 18 anos, mais conhecido no mundo do crime como ‘Coala’. A prisão aconteceu em um apartamento localizado na Travessa Divina Luz, no Ramal da Zezé, no bairro Belo Jardim II, em Rio Branco.

De acordo com informações da Polícia, ‘Coala’ e mais dois comparsas são acusados de matar o membro da facção Comando Vermelho, Samuel Conceição da Silva, de 18 anos, que foi sequestrado na casa de sua mãe, julgado pelo tribunal do crime, amarrado, torturado e decapitado na noite de terça-feira, 2, em uma área de matagal localizada no Belo Jardim.

Segundo a Polícia, Wallison confessou o crime e relatou que a motivação do crime, foi porque Samuel traiu a facção do Bonde dos 13 (B13) e tornou-se membro da facção Comando Vermelho (CV). ‘Coala’ chegou a relatar ainda a Polícia, que as informações iniciais que chegou a facção era que Samuel havia deixado o CV e teria se convertido em uma igreja, mas a organização criminosa B13 não aceitou a traição e o tribunal do crime decidiu matar Samuel.

Wallison foi preso e encaminhado à Delegacia no bairro Cadeia Velha para os devidos procedimentos.

 

 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas