Conecte-se agora

Edvaldo critica omissão do governo ao comércio: “não pode ser um ‘guardador’ de livros”

Publicado

em

O deputado Edvaldo Magalhães criticou nesta quarta-feira, 5, no plenário virtual da Assembleia Legislativa do Acre, a falta de respostas claras para com a crise que se instalou no comércio em função da pandemia do novo coronavírus. “Nenhuma proposta foi apresentada pelo governo do Estado para o setor de comércio e serviços”, afirmou o parlamentar do PCdoB.

Segundo Magalhães, esses setores compõem os maiores geradores de emprego no Acre. O parlamentar elencou o panorama que poderia incrementar o fluxo econômico-financeiro antes da pandemia. “De lá para cá o setor amargou prejuízos um em cima do outro”, observou. Há também a questão do fisco estadual, que não atrasou nem um dia sequer as cobranças.

“Não houve também uma única proposta. Faço apelo à equipe econômica do governo, cuja postura não pode ser de guardador de livros”, disse. A postura do planejamento e fazendário deve ser de fomentar da economia, completou.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas