Conecte-se agora

Desperdício de água tratada no Acre é o 4º maior do país, diz pesquisa

Publicado

em

A mais recente Pesquisa Nacional de Saneamento Básico (PNSB) publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que o desperdício de água no Brasil é de 38,9%. Isso quer dizer que a cada 100 litros de água que entram no sistema de distribuição (reservatórios e rede), cerca de 40 litros não chegam ao consumidor final.

No Acre, 60,4% da água tratada não chega ao consumidor final. O desperdício dos acreanos é o 4º maior do país, perdendo apenas para o que se joga fora em Roraima, de 69,3%, e Amazonas, com 66,7% e Amapá, de 62,4%.

Entre as explicações para tamanho desperdício estão os vazamentos nos reservatórios que armazenam a água e durante o processo de distribuição, na própria rede, por exemplo. No entanto, os famosos “gatos” também contribuem para o Índice de Perdas na Distribuição (IDP).

É difícil separar a perda física da água que não chega ao domicílio ou estabelecimento das perdas que a gente chama de aparentes, que são aquelas devido às ligações clandestinas. Ou seja, você tem um desvio da água daquela rede que chega a algum lugar, mas não é contabilizada pelas entidades executoras.

Para se ter uma noção do tamanho do problema, são 16.713.292 metros cúbicos de água desperdiçados por dia, de acordo com o levantamento do IBGE. No Acre, o Depasa está sendo preparado para ser privatizado. Uma concessão público-privada deverá administrar o sistema de água e esgoto do Acre no futuro próximo.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas