Conecte-se agora

Robótica no combate à Covid-19: alunos da Escola SESI/AC participam de desafio nacional

Publicado

em

Propor respostas e soluções para a atual situação de saúde enfrentada pelo mundo em virtude da pandemia causada pelo novo Coronavírus. Esta é a provocação feita pelo SESI a estudantes de todo o país que participam do Desafio de Robótica Covid-19. E o Acre tem representante nessa importante competição. É a equipe E P Interprice, formada por quatro alunos da Escola SESI/AC.

O grupo reúne os estudantes João Vítor Aguiar, João Miguel Leite, Davi Mesquita e Dafne Leão, além da professora Luciana Cristina Aguiar, técnica da equipe. Eles já avançaram na primeira etapa eliminatória e agora trabalham na produção de um vídeo para buscar classificação para a fase seguinte da competição. O Desafio de Robótica tem uma série de etapas e a premiação aos vencedores está marcada para o dia 25 de setembro.

“É um torneio totalmente on-line. Estamos na fase de produção do material, que é um vídeo de 2 minutos, para submetermos para a avaliação. Estamos competindo com 402 equipes de todo o Brasil com a proposta de encontrarmos alternativas para amenizar a pandemia provocada pelo novo Coronavírus. Determinaram temas na área da saúde, educação, economia, relações sociais e outras. Seremos avaliados no empreendedorismo, criatividade, inovação e na busca de soluções para problemas. Estamos trabalhando todas essas áreas com muita pesquisa, buscando reportagens, artigos científicos e reunindo um amplo conteúdo teórico para produzirmos nosso vídeo”, explica a técnica da equipe.

O estudante Davi Mesquita, de 13 anos, gerente de Organização de Produção de Fluxos e Programas da E P Interprice, revela seu entusiasmo em participar do desafio. “O projeto tem mudado a minha vida. Gosto muito de robótica e empreendedorismo e tenho me esforçado ao máximo para avançarmos nessa competição. É um sonho trabalhar nessa área. Vejo esse desafio como extremamente positivo, pois agrega muito nesse período de dificuldade em que vivemos e acredito que essas soluções devem ajudar consideravelmente todas as pessoas”, salienta o aluno.

Quem quiser acompanhar o trabalho da equipe acreana pode seguir o trabalho que vem sendo realizado na página do Instagram www.instagram.com/empresa_ep/. O grupo conta com a parceria do SENAI-AC, Digicópias, Caad Segurança e Rastreamento, Lulu Cópias, Freitas Fotografias e Instituto SENAI de Tecnologia Madeira e Móveis.

Assessoria Sistema FIEAC

Cotidiano

Brasiléia inicia vacinação contra a Covid-19 para jovens de 12 a 17 anos

Publicado

em

A prefeitura de Brasiléia e a Secretaria Municipal de Saúde iniciaram a vacinação de jovens a partir de 12 anos. A boa notícia foi anunciada pela prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem, na tarde da última quarta-feira (4).

A vacinação será realizada na próxima segunda-feira (9), na praça Hugo Poli, a partir das 17 horas, uma vez que a imunização será realizada em frente a secretaria de saúde, com estrutura montada especialmente para atender os jovens dessa faixa etária.
A expectativa por parte da equipe da saúde é que o município contemple a maioria dos jovens que estão à espera da vacinação contra a Covid-19.

O secretário municipal de saúde, Joãozinho Melo fala a respeito da vacinação. “A juventude aguarda ansiosa por sua vez de vacinar, e nós estamos com a equipe preparada para receber nossa juventude nesta segunda-feira”, falou Joãozinho Melo, secretário de saúde.

A prefeita Fernanda Hassem destaca a importância da vacinação. “Finalmente chegou a vez da juventude de Brasiléia receber a vacina contra a Covid-19. É um momento muito esperado pela gestão. Brasiléia avançou muito na imunização e graças ao empenho de toda equipe da saúde, nós poderemos iniciar a vacinação dos jovens nesta segunda-feira. Meu sentimento é de gratidão”, destacou.

Continuar lendo

Cotidiano

Pressionado a cumprir promessas, Gladson cria portal para acompanhar plano de governo

Publicado

em

O governo do Acre, em uma ação inédita da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), criou um Portal de Acompanhamento do Plano de Governo. O objetivo é disponibilizar, para a sociedade, a evolução da execução das ações registradas no Tribunal Regional Eleitoral do Acre apresentadas e pactuadas no decorrer da campanha eleitoral pelo governador Gladson Cameli.

O governador tem sido cobrado por deputados a cumprir compromissos de campanha. Nas últimas sessões da Assembleia Legislativa a pressão dos parlamentares é quanto ao cadastro de reserva das polícias.

A ferramenta registra 149 projetos do Plano de Governo e nove promessas de campanhas, divididos em Eixos, Programas e Projetos. O Portal, disponibilizado para a sociedade com a proposta do monitoramento do Plano de Governo, é a implementação de mais um compromisso de governo com a transparência das ações, tanto as ações que estão em execução como aquelas ainda não iniciadas.

O módulo disponibilizado no Portal da Seplag, por meio do endereço www.seplag.ac.gov.br, e com acesso em todos os portais do governo do Estado, torna a abrangência acessível para o cidadão. As secretarias vão poder visualizar quais projetos fazem parte de suas competências, o que foi realizado, o que está em andamento, a relação entre o Plano de Governo e as iniciativas do Plano Plurianual (PPA), e atualizar essas informações. Ainda será possível visualizar as evidências que comprovam as informações e a execução do projeto.

Segundo Kelly Lacerda, secretária adjunta de Planejamento e Gestão, é de fundamental importância demonstrar para sociedade o compromisso do governo com as suas ações de campanha, a transparência na demonstração dos resultados. “Se observarmos, mais de 70% dos projetos do plano de governo já foram iniciados ou entregues neste terceiro ano e no meio de uma pandemia”.

(com Agência de Notícias do Acre)

Continuar lendo

Cotidiano

Arnaldo Barros cobra contratação de intérpretes de libras nas URAPs e UBS da Capital

Publicado

em

O vereador Arnaldo Barros (Podemos), usou a tribuna da Câmara de Rio Branco nesta quinta-feira, 5, para cobrar da gestão do prefeito Tião Bocalom, o cumprimento da lei que dispõe sobre a contratação de intérpretes de libras nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidade de Referência de Atendimento da Capital (URAPs) na capital.

Em sua fala, o parlamentar afirmou que uma lei sancionada pelo ex-prefeito Raimundo Angelim (PT), em 2012, prevê que nas unidades de saúde tanto da rede pública como privada tenham pelo menos um intérprete de libras para ajudar no atendimento entre o médico e o paciente.

“Em Rio Branco, temos mais de duas mil pessoas surdas. A Lei Nº 1954, do Angelim, de 2012 dá direito aos surdos terem intérpretes nos locais públicos ou privados de saúde, mas isso não vem acontecendo. Em algumas unidades, não tem sequer informativo. Agora imaginem um surdo chegando como uma dor e como que vai se comunicar com um médico? Como ele vai se comunicar com o enfermeiro? Muitos surdos estão tendo muitas dificuldades. Essa Lei faz necessário terem intérpretes nas unidades de saúde, mas isso não vem ocorrendo. É necessário que tenham intérpretes, imaginem um médico perguntando, o médico não é intérprete. Segundo informações, os intérpretes cobram R$ 100 para acompanharem os surdos nas suas consultas médicas. Temos que ter um olhar especial para essas pessoas”, afirmou.

Continuar lendo

Cotidiano

Traficante é preso em operação e polícia desmantela laboratório de drogas em Rio Branco

Publicado

em

Policiais Civis da Delegacia de Repressão a Ações Criminosas Organizadas (DRACO), deflagraram na manhã desta quinta-feira, 05, a 1ª fase da Operação Asfixia, e cumpriu 9 mandados em diversos pontos de Rio Branco e nas cidades de Porto Velho, Cujubim e Ariquemes, em Rondônia.

A ação contou com o apoio de policiais de outras unidades além da Polícia Civil de Rondônia, e decorre de investigação sobre a atuação de determinada facção criminosa com ramificações no Acre e Rondônia.

Durante o cumprimento dos mandados, foi preso em flagrante P.R.L, de 22 anos, sendo encontrado com maconha, cocaína e um pequeno laboratório onde a droga era misturada, secada, pesada e embalada para comercialização, material para embalagem, balança de precisão e cultivo em um jarro com a planta da espécie cannabis sativa (maconha), além de dois veículos foram sequestrados, um Renault Fluence e um Wolksvagem Golf.

Foram cumpridas ordens de sequestro de dois veículos, além de documentos para prosseguimento da investigação.

O nome da operação “Asfixia” tem como significado a dificuldade ou impossibilidade de respirar, que pode levar à anóxia; pode ser causada por estrangulamento, afogamento, inalação de gases tóxicos, obstruções mecânicas ou infecciosas das vias aéreas superiores etc.  Dessa forma, a Polícia Civil trabalha como objetivo de coibir as ações criminosas como forma de asfixiar o crime organizado.

O delegado Felipe Martins, titular da DRACO, agradeceu o empenho de todos e afirmou que a investigação continua e outras fases da operação “Asfixia” serão deflagradas em breve.

Ascom/Policia Civil do Acre

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas