Conecte-se agora

Confiança não se compra, se conquista

Publicado

em

A antecipação da eleição para a presidência da Assembléia Legislativa é um indicativo de que o deputado Nicolau Junior (PROGRESSISTAS), , conquistou no exercício da presidência da casa, a confiança da pluralidade de pensamentos políticos. O consenso para que ganhe um novo mandato não transita só pela base governista, mas também pelos parlamentares da oposição. Essa conquista da confiança é resultado da sua conduta de sempre agir como um magistrado nos debates, deixando fluir livre e sem nenhuma interferência. Por várias vezes, contrariou até mesmo recomendações palacianas. O parlamento continuará a ser bem representado pelos deputados Nicolau Junior (PROGRESSISTAS) na presidência e Luiz Gonzaga (PSDB), na primeira secretaria. Na gestão de ambos não se conhece um escândalo na ALEAC.

TENDÊNCIA NATURAL
Este ano legislativo deverá ser fechado sem as tradicionais sessões presenciais na ALEAC. A pandemia ainda deve perdurar e os olhos dos deputados estarão voltados para as eleições municipais, nos seus redutos políticos, na capital e no interior. E, depois disso termina o ano.

TE CUIDA NÃO, GHELEN!
O deputado Ghelen Diniz (PROGRESSISTAS) é contra a continuidade do deputado Jenilson Lopes (PCdoB) na vice-presidência da ALEAC, por vê-lo como “inconfiável.” Diniz, nesta batida que vai o Gladson entupindo a gestão de políticos adversários da campanha, não se admire, se você for sucedido na função pelo deputado Jenilson na liderança do governo na Assembléia.

NEM UM CENTAVO
Por tudo o que estou acompanhando, não apostaria um centavo contra a hipótese.

QUERO ESTE PIRÃO
Uma fonte que circula bem entre os PROGRESSISTAS contou ontem ao BLOG que, o ex-deputado Ney Amorim (PROGRESSISTAS), na verdade torce por um cenário dentro do partido: ser ungido num consenso candidato à PMRB, como alternativa ao Bocalon e à Socorro Neri.

FORA DOS DEBATES
Pelo menos nos próximos vinte dias o senador Sérgio Petecão (PSD) estará fora das reuniões políticas presenciais, é o tempo em que deverá ter até ficar recuperado da Covid-19

INFLUÊNCIA ZERO
O que for notícia durante esta campanha será publicado neste BLOG, gostem ou não gostem os candidatos e os seus padrinhos. A influência dos dirigentes partidários, do governador Gladson Cameli, do vice-governador Rocha, e outros políticos, neste espaço, é igual a zero.

SALADA DE URTIGA
O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) fez em entrevista ao colega Astério Moreira uma análise do cenário político no campo do poder, com maestria. O que falou é verdade. Todos focam o poder em 2022, seja MDB, PSDB ou PSD, não há uma unidade em torno de um rumo político do grupo. E isso se repete na eleição para a PMRB, que virou uma salada de urtiga.

CAMPANHA EGOÍSTA
Os números da pandemia e de mortes subindo a cada divulgação de boletim pela SESACRE, e vêm agora os fazendeiros com uma campanha egoísta, desumana, bradar pela reabertura do comércio, na tese bolsonarista que todos um dia vão morrer. Mas quando algum deles pega a Covid-19, chama um jatinho com UTI e vai se tratar nos melhores hospitais de São Paulo.

NÃO SE APLICA Á MAIORIA
Só que este mesmo tipo de providência, não pode ser tomada pela esmagadora maioria do povo, quando há a contaminação pela Covid-19. Chegamos a um tempo de frieza extrema da falta de solidariedade humana. Ainda bem que a PMRB e o Governo, não cedem a pressões.

GLADSON X GLADSON
O Gladson Cameli pode ser vista por dois ângulos: um Gladson sensível, preocupado com os mais humildes, defensor da livre expressão, não é rancoroso; e o outro Gladson, este cometendo trapalhadas na política; acende uma vela hojepara o Padre e, amanhã, outra para a Madre. Em e meio a esta ambiguidade, atropelando aliados, assim vai caminhando o Gladson.

CAMINHO DA DERROTA
Um dos caminhos que leva à queda do poder é quando você despreza alidos de campanha. Foi o que aconteceu ao PT. Enquanto manteve a unidade da FPA ganhou todas. Mas quando optou por colocar de lado os aliados, e colocar a máquina para favorecer secretários petistas, tirados dos seus cargos para serem candidatos a deputados estaduais, embicou e acabou na derrota da última eleição.

POLÍTICA É DIÁLOGO
O que falta ao governador Gladson é a e habilidade na política. Faz tudo no improviso. As coisas conquistadas na base do “eu quero” podem se desfazer como um castelo de cartas ao vento; as conquistadas pelo diálogo têm bases sólidas. Mas prefere ficar ouvir loas dos áulicos.

ALIADO IMPORTANTE
A aliança entre MDB e PSDB, para disputar a prefeitura de Cruzeiro do Sul, deu ao candidato a prefeito Fagner Sales (MDB), um aliado importante, de votos, deputado Luiz Gonzaga (PSDB).

NADA DE EXTRAORDINÁRIO
Os que estão hoje no poder no estado e no município não têm que se melindrar com as críticas do ex-senador Jorge Viana (PT), quer sejam justas ou injustas. As urnas lhe reservaram o papel de ser oposição e está exercendo o direito da crítica. Quem não concordar, que rebata. Ponto!

FINAL IDEAL
Tudo o que o presidente Bolsonaro faz na política é trabalhar para que em 2022, a polarização pela disputa da presidência aconteça entre ele e o candidato do PT, para repetir o dualismo da eleição passada. Sabe que neste cenário a sua chance de uma reeleição cresce muito.

NÃO ME ADMIRARIA
Não me causaria nenhuma admiração se o PCdoB acabar numa coligação com o PT para a disputa da prefeitura de Rio Branco, embora integre hoje a base da prefeita Socorro Neri. Ainda que entre tapas e beijos, petistas e comunistas estiveram juntos durante 20 anos.

DEVE SER AVALIADO
Não deve deixar de ser avaliado pelo PCdoB em qual chapa terá mais condições de reeleger o vereador Eduardo Farias (PCdoB), que é a meta principal dos comunistas nesta eleição da capital.

SEM ISSO, VIRA ILAÇÃO
Antes de se saber como é que ficarão as alianças para a disputa da prefeitura de Rio Branco, tudo o que se falar sobre a força de cada candidatura é prematuro e vira ilação. O que define numa eleição majoritária se uma candidatura é forte, além do nome, são as coligações.

PROJETO 2022
O senador Márcio Bittar (MDB) diz ter duas prioridades na eleição de 2022, no Acre. A primeira é eleger a mulher Márcia Bittar pelo partido em que o presidente estiver, e a outra é coordenar a candidatura à reeleição do Bolsonaro. E acrescentaria uma, que não revelou e é um sonho antigo: disputar o governo do estado. Márcio é um político sagaz nas articulações.

APOSTANDO NA DESISTÊNCIA
O deputado Gerlen Diniz (PROGRESSISTAS) aposta as suas fichas na desistência da candidatura do Zenil (PTB) a prefeito de Sena Madureira, para lhe apoiar. Em política, não duvido de nada.

FRASE MARCANTE
“Em política, o que não é possível e falso” Antonio Cánovas del Castilo

 

Acre 01

Servidores da educação realizam protesto em frente à prefeitura de Rio Branco

Publicado

em

Os servidores da Secretaria Municipal de Educação (Seme) realizaram na manhã desta quinta-feira, 5, mais um protesto em frente à Prefeitura de Rio Branco. No ato, os professores estão pedindo a reposição inflacionária dos salários e o piso para o salário mínimo da categoria.

Além disso, os profissionais de educação também cobram auxílio de internet e computadores para as aulas remotas e que as escolas sejam equipadas para garantir a segurança neste período de pandemia.

“A gestão do prefeito diz que tem dinheiro, mas até hoje, não entregaram internet, nem notebooks e os funcionários de escola continuam trabalhando e não tem os EPIs de trabalho”, disse a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), Rosana Nascimento, ao vídeomaker do ac24horas, Whidy Melo.

Segundo os servidores, ocorre que a prefeitura informou que não poderia fazer a correção inflacionária devido a lei de socorro aos estados do governo federal, sancionada em 2020 que proíbe os reajustes até dezembro de 2021, mas a situação vem sendo contestada pelo sindicato.

Eles argumentam que a correção inflacionária não se encaixa no critério da Lei Federal, já que se trata apenas de uma reposição da inflação, portanto, a prefeitura poderia realizar a correção e não de um aumento no salário.

Continuar lendo

Acre 01

Fiocruz mantém tendência de crescimento das síndromes respiratórias no Acre

Publicado

em

Divulgado nesta quarta-feira (4) o novo boletim da Fiocruz diz que 3 Estados, entre eles o Acre, apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo nas síndromes respiratórias agudas graves (SRAG). Além do Acre, Mato Grosso do Sul, e Pará, completam a lista.

Dentre os demais, 9 apresentam sinal de queda na tendência de longo prazo.

“O estado do Acre apresenta sinal forte de crescimento na tendência de longo prazo, e moderado na tendência de curto prazo”, diz a Fiocruz. A estimativa é de possibilidade de mais de 75% para que isso aconteça, o que foi projetado no boletim anterior.

Mato Grosso do Sul e Pará apresentam sinal moderado de crescimento na tendência de longo prazo, sendo que no caso do Pará também se observa o mesmo nível para a tendência de curto prazo.

No Ceará observa-se sinal forte de crescimento na tendência de curto prazo, porém com sinal de estabilidade na tendência de longo prazo. Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, e São Paulo.

A Fiocruz observa sinal de estabilidade nas tendências de longo e curto prazo em 11 Unidades da Federação: Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, e Rondônia.

“Embora os sinais de tendência sejam na maioria positivos, indicando poucos estados atualmente com sinal de crescimento nas tendências de longo ou curto prazo, os valores semanais continuam elevados, como apresentado pelo indicador de transmissão comunitária. Com exceção de Roraima que já apresenta nível epidêmico, todos os estados apresentam macrorregiões em nível alto ou superior, sendo que 7 estados e o Distrito Federal apresentam macrorregiões em nível extremamente elevado. Isso evidencia a necessidade de manutenção de medidas de mitigação da transmissão e proteção à vida”, diz a Fundação.

Continuar lendo

Acre 01

Comissão de servidores vai avaliar lei que pede reestruturação institucional da Polícia Penal

Publicado

em

Em reunião com os representantes do Sindicado dos Agentes Penitenciários do Acre (Sindapen), ocorrida na tarde desta terça-feira, 03, o secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Rocha dos Santos, decidiu marcar para a segunda quinzena deste mês, a reunião da comissão que vai avaliar a viabilidade da lei orgânica elaborada por policiais penais.

Participaram da reunião também o secretário geral do sindicato, Pedro Filho e o secretário executivo da Secretaria de Segurança, Kiuly Daniel da Silva.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que criou a Polícia Penal na esfera estadual foi aprovada pelos deputados na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), em dezembro de 2019. Com a mudança de categoria, segundo o presidente do sindicato, Joelison Ramos, o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), precisa passar por um processo de reestruturação institucional e reformulação de leis que garantam a estabilidade e segurança jurídica da classe.

“Fomos muito bem recebidos pelo secretário que ouviu nossa proposta e saímos de lá com a certeza de que avançamos. Nós já somos reconhecidos por lei como policiais penais, contudo precisamos de segurança jurídica, para isso apresentamos a proposta da lei orgânica e estamos confiantes de que nós próximos dias teremos boas notícias”, disse Joelison Ramos.

Para elaboração da Lei Orgânica, foi constituída uma comissão criada pelo sindicato, com representantes efetivos da categoria.  Atualmente, o estado tem 1.170 policias penais e 116 servidores administrativos no Iapen. São 6.122 presos custodiados em 10 unidades penitenciárias e outros 1.688 detentos monitorados.

Continuar lendo

Acre 01

Cerca de 1,5 toneladas de alimentos vencidos e irregulares são apreendidos em presídio

Publicado

em

O Ministério Público do Estado do Acre flagrou mais um caso de dinheiro público jogado fora e de negligência com a saúde de reeducandos do sistema prisional. Durante inspeção de rotina no presídio de Senador Guiomard na última sexta-feira, 30, o promotor de justiça Tales Tranin, 4ª Promotoria Criminal de Execução Penal e Fiscalização de Presídio, acompanhado do diretor operacional do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN), Glauber Feitosa, foi avisado pelos detentos de diversas irregularidades que vão desde a comida em pequena quantidade, até a denúncia de que os alimentos servidos em muitos dias são entregues estragados.

O promotor resolveu fazer uma vistoria nos alimentos. A primeira constatação foi a de que realmente a marmita individual está sendo servida com peso abaixo do que o estado paga em contrato. “De posse dessa primeira informação, resolvi abrir uma marmita que chegava para o almoço dos presos e a pesei. Logo de cara eu vi que era pouca comida. Para confirmar, o peso deu 650 gramas e o contrato é que a empresa forneça 800 gramas de comida. Abri outras e confirmei que tinham a mesma quantidade de alimentos”, afirma Tranin.

Como também havia a informação de comida estragada, o promotor de justiça decidiu vistoriar a câmara fria onde ficam os alimentos. Para a surpresa do representante do Ministério Público foi descoberto uma grande quantidade de alimentos estragados e outros acondicionados de forma irregular e também sem data  de validade.

“Para minha surpresa tive que apreender mais de 1,5 toneladas de alimentos. Eram alimentos com a data de validade vencida, outros acondicionados de forma inapropriada e mais produtos sem a data de validade, que por isso nem se sabe quando venceu. Pedi a presença da vigilância sanitária ao local, foi feito o auto de infração e recolhido os alimentos”, afirma Tales.

Foram descobertos diversos alimentos estragados como carne, frango, salsicha, mortadela e  calabresa. Ao longo desta segunda-feira, 3, Tales Tranin deve encaminhar à promotoria de Senador Guiomard e também ao IAPEN para que as providências sejam adotadas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2021 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados