Conecte-se agora

No meio da pandemia, Gladson e Rocha entregam 110 novos ônibus para escolas nos 22 municípios

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE - AC24HORAS.COM

O Governo do Acre, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), entregou na manhã desta quarta-feira, 8, 110 novos ônibus escolares. A solenidade ocorreu em frente ao Palácio Rio Branco e o governador Gladson Cameli foi o anfitrião da entrega. Ele, acompanhado do vice-governador Major Rocha puxaram um comboio de veículos do estacionamento do Estádio Arena Acreana, no segundo distrito, até o centro da capital. A carreata de ônibus chamou atenção de quem cruzava a cidade.

O secretário de educação, Mauro Sérgio, e o secretário-adjunto, Moisés Diniz, também prestigiaram a entrega além de deputados da base do governo e o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior.

FOTO: SÉRGIO VALE – AC24HORAS.COM

“Hoje é dia bom para educação. Em cima das dificuldades, conseguimos fazer essa entrega graças a essa nossa equipe. Agradeço a todos os envolvidos. Isso aqui vai alavancar o alcance da educação no Estado”, disse governador, lembrando que sua gestão inaugurará dois hospitais.

“O investimento que fazemos só demonstra a prioridade do nosso governo com a educação. Os alunos não terão mais o problema de transporte na capital e interior”, disse o gestor da educação, Mauro Sérgio.

FOTO: SÉRGIO VALE – AC24HORAS.COM

Dos 110 novos veículos, 65 são ônibus de 59 lugares, 19 são micro-ônibus de 29 lugares e 26 são micro-ônibus de 19 lugares adaptados para deficiente. O investimento total é de R$ 27.413.758,00, sendo R$ 15.056.500,00 provenientes do Estado do Acre e R$ 12.357.258,00 do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Todos os 22 municípios serão beneficiados, conforme a necessidade específica de cada cidade. Com o investimento na melhoria do transporte escolar, o governo do Acre objetiva garantir aos alunos o direito de permanecer na escola e proporcionar segurança no transporte dos estudantes da rede pública estadual.

FOTO: SÉRGIO VALE – AC24HORAS.COM

Acre

Governo do Acre decreta ponto facultativo nesta sexta-feira

Publicado

em

O governo do Acre decretou ponto facultativo nas repartições públicas para esta sexta-feira, 6 de agosto, em comemoração aos 119 anos da Revolução Acreana. As agências bancárias irão funcionar normalmente nesta sexta-feira.

Nas unidades de Saúde do Estado, incluindo os serviços de atendimento médico especializado, serviços de apoio diagnóstico, de internação, centros cirúrgicos, UTIs e central de agendamento de cirurgias, os atendimentos não sofrerão alteração.

Ficam os secretários de Estado e as demais autoridades administrativas públicas autorizados a convocar seus servidores por necessidade do serviço, dispensado da respectiva compensação os servidores que cumprirem horário nesse período.

Continuar lendo

Destaque 4

Com nível do Rio Acre baixo, balsa diminui capacidade de travessia em Xapuri

Publicado

em

Não é apenas na capital acreana que o baixo nível do Rio Acre preocupa a população. Em Xapuri, o volume de água abaixo do normal para a época do ano obrigou a direção da balsa que faz a travessia para o bairro Sibéria a adotar medidas para não interromper o trabalho.

Por falta de uma ponte, a balsa é a única alternativa para a travessia do rio Acre. Além do bairro Sibéria, há também na região diversas de produção rural, que utilizam a balsa para o transporte de mercadorias, insumos e até a travessia de gado.

Acontece que a balsa passou a encalhar nos bancos de areia por conta do baixo nível do rio. Para não ter que suspender a travessia dos veículos, a direção resolveu diminuir a capacidade máxima de transporte.

“A carga que era de um caminhão e três camionetes e até 10 motos, estamos reduzindo para um caminhão ou duas camionetes por vez. A balsa está batendo muito e tivemos que fazer esse ajuste para continuar oferecendo o serviço que é essencial”, conta Eriedson Soares da Cruz, coordenador da balsa.

Em Rio Branco, o nível do Rio Acre chegou nesta quinta-feira, 5, a 1,68 metros.

Continuar lendo

Destaque 2

Defensor das urnas eletrônicas, Gladson chama atenção em meio Bolsonaro e Ciro, “Reis do Centrão” e do voto impresso

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (PP) participou na tarde desta quarta-feira, 4, da posse do novo Ministro da Casa Civil da presidência da república, Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas, dias após declarar ser contra o voto impresso durante a inauguração da Sede do Tribunal Regional Eleitoral do Acre, que contou com a presença do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Roberto Barroso. O evento em Brasília, contou a presença do presidente Jair Bolsonaro, ministros e demais autoridades.

A fala de Cameli repercutiu em Brasília e foi levada ao presidente por interlocutores de senadores do Acre. O posicionamento desagradou Bolsonaro, defensor ferrenho do voto impresso nas próximas eleições com a justificativa de alegar fraude em eleições passadas, mas sem apresentar provas. Não é a primeira vez que o governador do Acre desagrada o Palácio do Planalto. Uma série de reuniões feita com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), considerado o principal inimigo político de Bolsonaro, vem desagradando o núcleo duro da presidência. O descontentamento já chegou até mesmo a ser levado ao chefe do Palácio Rio Branco que minimizou a situação.

Mesmo tendo desagrado, Cameli foi convidado para sentar no dispositivo de honra da solenidade de Nogueira ao lado de Bolsonaro, considerados nos bastidores da política como os “Reis do Centrão”, que é um conjunto de partidos políticos que não possuem uma orientação ideológica específica e tem como objetivo assegurar uma proximidade ao poder executivo de modo que este lhes garanta vantagens e lhes permita distribuir privilégios por meio de redes clientelistas.

Durante os discursos inflamados na posse de Nogueira, uma imagem chamou a atenção quando Bolsonaro e o novo ministro agradeciam aos presentes na solenidade. Gladson aparecia entre os dois com um olhar distante, aparentando certa preocupação.

Continuar lendo

Destaque 3

Salário mínimo em julho deveria ser de R$ 5.518,79; valor é 5,02 vezes o salário atual

Publicado

em

Por

O salário mínimo para sustentar uma família de quatro pessoas deveria ter sido de R$ 5.518,79, em julho, de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Esse valor é 5,02 vezes o salário mínimo atual, que é de R$ 1.100.

Esse cálculo é feito de acordo com a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada mensalmente pelo Dieese. Em junho, os dados indicaram que houve aumento no preço da cesta básica em 15 das 17 capitais estudadas.

A cesta básica mais cara foi a de Porto Alegre (R$ 656,92), seguida de Florianópolis (R$ 654,43) e São Paulo (R$ 640,51).

O valor do salário mínimo ideal representa um aumento em relação ao mês anterior. Em junho, ele deveria ter sido de R$ $ 5.421,84, ou seja, 4,93 vezes o piso em vigor.

113 horas de trabalho para comprar cesta básica

O tempo médio necessário para comprar os produtos da cesta, em julho, ficou em 113 horas e 19 minutos (média entre as 17 capitais), maior do que em junho, quando foi de 111 horas e 30 minutos.

Quando se compara o custo da cesta com o salário mínimo líquido, ou seja, após o desconto referente à Previdência Social (7,5%), verifica-se que o trabalhador remunerado pelo piso nacional comprometeu, em julho, 55,68% (média entre as 17 capitais) do salário
mínimo líquido para comprar os alimentos básicos para uma pessoa adulta. Em junho, o percentual foi de 54,79%.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas