Conecte-se agora

Marcio Bittar anuncia vinda do ministro da saúde ao Acre no próximo dia 15 de junho

Publicado

em

O senador Márcio Bittar (MDB) anunciou nesta quinta-feira, 04, por meio de vídeo, que neste final de semana o Ministério da Saúde estará enviando mais 30 respiradores ao Acre, cumprindo a promessa feita pelo ministro interino da pasta, general Eduardo Pazuello. Além disso, Bittar garante que o ministro estará em Rio Branco e em Cruzeiro do Sul no próximo dia 15 de junho, Dia do Tratado de Petrópolis.

“Tivemos mais um encontro com o ministro da saúde, num encontro em que estavam presentes o presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre e líder do presidente Jair Bolsonaro no Congresso, senador Eduardo Gomes, em que ele confirmou a promessa que nos fez na audiência junto com o governador Gladson Cameli e o secretário Alysson Bestene, garantindo o envio de mais 30 respiradores”, diz Bittar.

O senador do Acre ressalta que fez o convite em nome de todos os políticos, desde o governador, senador Petecão, Mailza, e toda a bancada federal, e Pazuello aceitou vir ao Acre. “Dia 15 agora deste mês, o ministro da saúde estará no Acre para ver como está nossa situação”.

O parlamentar ressalta que foi pedido ao ministro, através de iniciativa da deputada federal Jéssica Sales, o envio de uma equipe de médicos por meio de um programa que o ministério já tem. “Estão fazendo esse levantamento para nos mandar uma equipe para somar com nossos profissionais do Acre, além de mais algumas novidades que ele próprio [ministro] dirá, no dia 15. Ele conhece nossa região e estará anunciando algumas outras medidas para nos ajudar”, conclui o senador.

Veja o vídeo:

[videopress VCJrE0pc]

 

Destaque 4

Mãe de Gladson aplaude dança na ExpoAcre: “dance, os invejosos vão a loucura”

Publicado

em

A mãe do governador Gladson Cameli (Progressistas), Linda Cameli, usou as redes sociais do ac24horas nesta segunda-feira, 1, para elogiar a performance de dança do filho na Plataforma 360° do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no último domingo, 31.

Linda como de costume aproveitou para cutucar os aliados do chefe do executivo acreano. “Dance os invejosos vão à loucura. Faça o que tiver vontade”, declarou.

A matriarca da família de Cameli deu um recado aos críticos. “Os incomodados que se retire”, comentou.

Em um vídeo, Gladson não só tira fotos no equipamento, mas, como de costume, dança na plataforma uma música eletrônica. O equipamento totalmente automatizado montado no estande do órgão, faz imagens impressionantes captadas em 360 graus processadas e transformadas em um vídeo slow motion personalizado, com trilha sonora, para ser compartilhado imediatamente pelos participantes.

Continuar lendo

Destaque 4

Justiça ordena Acre a fornecer vigilância armada e câmeras em unidades de saúde

Publicado

em

A juíza Carla Gabrielle Grassem determinou que o estado garanta a vigilância armada e o sistema de monitoramento de câmeras de segurança em todas as unidades de saúde durante todo o período do expediente. A decisão atendeu uma Ação Civil Pública impetrada na justiça pelo Sindicato dos Médicos do Acre, sob a alegação que médicos, enfermeiros, técnicos e outros profissionais estavam exercendo a profissão sem nenhuma segurança por parte do estado, que os ignorava. Muitos mudaram de local de trabalho e até mesmo cancelaram seus contratos por conda das ameaças.

Segundo a categoria, há anos o Estado do Acre paga segurança apenas para proteger o patrimônio público (prédios, medicamentos e instrumentos de trabalho) deixando os profissionais que trabalham nos hospitais, UPAs e pronto-socorro sem nenhuma segurança. Após dezenas de profissionais serem ameaçados, assaltados ou espancados, o Sindicato dos Médicos do Acre entrou com uma Ação Civil Pública, exigindo solução para o caso.

A decisão da Juíza é em primeira instância e cabe recurso ao Governo do Estado. O Sindicato dos Médicos do Acre não acredita em recurso por parte do estado, já que a segurança de médicos e demais profissionais que trabalham em hospitais e UPAs é de suma importância para um bom atendimento ao público.

Continuar lendo

Destaque 4

Justiça indefere pedido do MP que pedia regras mais rígidas durante a Expoacre

Publicado

em

A Vara de Plantão Judiciário da Comarca de Rio Branco indeferiu neste domingo, 31, o pedido de tutela de urgência pedido pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) que exigia regras mais rígidas contra a Covid-19 durante a ExpoAcre 2022. O MP se posicionou contra a flexibilização de medidas em combate à proliferação do coronavírus nos nove dias da feira agropecuária, em relação ao uso de máscara e doses de vacina, mas foi vencido por uma série de argumentos da Procuradoria-Geral do Estado (PGE/AC), acatados pela magistrada de plantão.

Para o MP, a flexibilização se deu sem qualquer fundamento técnico ou consulta prévia ao Comitê de Acompanhamento Especial da Covid. No entanto, o Poder Judiciário afirma que não lhe cabe adentrar o mérito das decisões administrativas, não podendo substituir prévias avaliações técnicas do Poder Executivo.

“Conclui-se não estarem demonstrados os requisitos relativos à concessão da tutela de urgência pleiteada, razão pela qual indefiro o pedido de tutela requerido”, diz o documento assinado pela juíza Zenice Mota Cardozo.

Para a magistrada, o Estado fora capaz de demonstrar por meio dos documentos colacionados aos autos que a decisão constante no Decreto impugnado se deu com base na recomendação do CAECOVID e dados das duas últimas semanas apresentados pela Secretaria de Estado de Saúde, em 29/07/2022, que demonstra um crescimento de casos, porém um decréscimo de óbitos e internações, que sugere um aparente sucesso em relação à cobertura

“No que diz respeito ao esquema vacinal fixado como mínimo, o Estado demonstra que tal determinação segue as diretrizes dispostas no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, em que disciplina que o esquema vacinal completo primário corresponde a 1 (uma) dose de imunizante Janssen, ou 2 (duas) doses dos demais imunizantes autorizados pela ANVISA. No tocante ao uso de máscaras inexiste lei em sentido estrito que determine, à princípio, o uso obrigatório de máscaras faciais, em razão do encerramento do estado de emergência”, afirma a juíza.

O documento informa ainda que a utilização de máscaras de uso pessoal continua sendo obrigatória, no Estado do Acre, em ambientes fechados, em que haja aglomeração com público maior de 300 (trezentas) pessoas, facultando-se o uso das máscaras em espaços abertos saúde pública – COVID-19. “Toda intervenção judicial, por mais imperativa que seja, deve passar pelo crivo do princípio da proibição de excesso e princípio da vedação de proteção insuficiente, entendidos como uma dupla face do princípio reitor da proporcionalidade”, conclui a magistrada.

Continuar lendo

Destaque 4

Escola já identificou quem praticou bullying contra estudante autista e pais serão convocados

Publicado

em

Após a divulgação do caso do estudante autista da escola Pedro Martinello que sofreu bullying de colegas dentro e fora da sala de aula, a coordenação da unidade de ensino falou com o ac24horas.

De acordo com Elizângela Cristina de Oliveira, coordenadora de ensino da escola, foram identificadas duas situações diferentes de prática de bullying contra o estudante e nos dois casos as providências já foram tomadas. “O vídeo que a mãe postou onde o filho foi sujo de corretor não aconteceu em sala de aula e sim no caminho de volta para casa. Mesmo assim, nós identificamos os alunos que praticaram o ato e estamos chamando os pais para uma conversa. A mesma coisa estamos fazendo com os colegas de sala que teriam praticado bullying contra o estudante. Assim que identificamos esse problema, já chamamos os pais e tomamos as providências”, afirma.

Elizângela afirma que o aluno possui uma moradora e que a mãe já foi informada das medidas. “A mãe foi na escola, nos procurou e eu deixei bem claro que iríamos tomar todas as providências. Esse alunos tem uma mediadora, esperamos que isso não aconteça mais e vamos redobrar a atenção para que esses fatos não voltem a ocorrer nem com ele, nem com qualquer outro aluno da escola”, explica.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!