Conecte-se agora

Com 11 quilos mais magro e abatido, Gladson se mantém firme no combate ao Covid-19

Publicado

em

O Acre registrou neste sábado o número de 5.841 casos de pessoas contaminadas pelo Covid-19. O balanço mais recente divulgado pela Secretaria de Saúde mostra que, assustadoramente 143 vidas já foram ceifadas pela doença. Tudo ainda é muito assustador e até os médicos pouco sabem detalhes desse vírus disseminador.

No acre, o governo do Estado atua na linha de frente de combate ao coronavírus desde o dia 16 de março, data do primeiro decreto que sugeriu o isolamento social. Nestes 76 dias o governador Gladson Cameli (Progressistas) tem ocupado todo o seu tempo em agendas ligadas as ações no combate ao covid-19. Fez parceria com as prefeituras e buscado apoio da bancada federal para garantir recursos da União para que o Estado não pare.

As atitudes de Gladson são aprovadas pela população, mas criticadas por parte dos empresários, que buscam a reabertura do comércio. O governador cumpre as determinações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantém fechado os estabelecimentos comerciais que não são de atividades essenciais. Segundo dados da Federação do Comercio de Rio Branco, os decretos [do governo e prefeitura] colocam em risco empregos e a economia. Por isso fazem pressão para o governador e a prefeita relaxem as medidas protetivas. Mas Gladson e Socorro Neri resistem e mantém rigidez para o cumprimento de decretos e portarias.

Nos últimos dias Gladson Cameli tem aparentado cansaço. Mas se mantém firme na linha de frente. Segundo assessores, o governador perdeu durante esses 76 dias, 11 quilos. Dizem também que além de dormir fora de hora, não tem se alimentado direito e na última semana tem tido crises emocionais. Elas são, segundo eles, causadas pela perda da avó Marieta e pelo o estado de saúde do pai, o empresário Eládio Messias Cameli.

Para saber como têm sido os dias do governante do Acre nessa pandemia, o ac24horas o convidou para uma entrevista AO VIVO. Ele topou e neste domingo, às 10 horas da manhã, Gladson será entrevistado pelo jornalista Roberto Vaz, no Bar do Vaz. A transmissão poderá ser acompanhada pelo site www.ac24horas.com ou pela página do ac24horas no Facebook.

 

 

 

 

 

Acre 01

Na Gameleira, concentração em protesto contra Bolsonaro registra baixa adesão

Publicado

em

Manifestantes se concentraram na tarde deste sábado, 24, na Gameleira, localizada no 2º Distrito, para o ato que começará às 16 horas que trata da passeata pedindo a saída do presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), em Rio Branco (AC).  

Após a concentração, haverá uma passeata pelas principais ruas da capital até o Palácio Rio Branco, onde os participantes devem chamar atenção de parlamentares federais, estaduais e senadores contra as pautas da reforma administrativa, tributária e a privatização dos Correios. 

Eles também se manifestam por salário, emprego, trabalho decente e renda; contra a inflação, carestia e a fome; vacina para todos; auxílio emergencial de R$ 600,00; defesa da agricultura familiar e luta por segurança e soberania alimentar. Na pauta, além de pedir a saída de Bolsonaro, os manifestantes propõem luta contra as privatizações e reforma administrativa.

Ao videomaker do ac24horas, Whidy Melo, a presidente do Sintect-AC, Suzy Cristiny, afirmou que a baixa adesão se dá também pela vacinação de Rio Branco ter iniciado para o público de 20 anos. “Grande parte das pessoas que vem para esses protestos são os nossos jovens e que estão sendo prejudicados por esse desgoverno. Essa aqui ainda é a concentração, mas os trabalhadores irão vir e lutar contra esse governo”, afirmou.

 

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul pedirá autorização para vacinar público de 12 a 17 anos contra covid-19 ao MS

Publicado

em

O secretário municipal de saúde de Cruzeiro do Sul, Agnaldo Silva, anunciou neste sábado, 24, ao ac24horas que entrará com um pedido no Ministério da Saúde e no Governo do Acre para iniciar a vacinação contra a covid-19 para jovens de 12 a 17 no município. Na sexta-feira, 23, em mutirão de 5 horas na AABB, o município aplicou 4.503 mil doses contra a covid-19 no público de 18 anos ou mais.

Segundo o gestor, o município ainda tem em estoque mais de 15 mil doses de vacina da Pfizer para ampliar a imunização para os adolescentes. “A Pfizer é a única vacina autorizada para esse público de 12 a 17 anos, temos pouco mais de 15 mil doses dela. Assim que recebemos autorização do Programa de Imunização do governo do Estado e do Ministério da Saúde, vamos começar a vacinar os adolescentes de Cruzeiro do Sul”, destacou. 

Com as 4.503 aplicadas na sexta, Cruzeiro do Sul alcança as 50 mil doses aplicadas. O município saiu na frente da vacinação sem comorbidades, para o público de 18 anos. 

Continuar lendo

Cotidiano

Vacinação contra covid-19 em Cruzeiro do Sul imunizou mais de 4,5 mil de 18 a 20 anos

Publicado

em

O ‘Happy Hour’ da vacinação contra covid-19 nesta sexta-feira, 23, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, rendeu. Segundo informações obtidas pelo ac24horas, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) vacinou 4.503 jovens de 18 anos ou mais, das 18 às 23 horas, na sede da AABB no município. 

A vacinação desse público alvo foi reiniciada após o envio de 20 mil da Pfizer ao município pelo Estado. Por se tratar do imunizante Pfizer, era necessário manter a estrutura refrigerada. O horário escolhido, das 18h às 23h, visou facilitar o acesso das pessoas que trabalham, além de poupar as pessoas de ficarem na fila sob o forte sol cruzeirense. 

A ação foi desenvolvida à semelhança de um megaevento: 150 pessoas foram designadas somente para o registro, para agilizar ao máximo o atendimento, 150 registradores, além de 70 vacinadores, 15 profissionais de informática e 20 pessoas de apoio. 

 

Continuar lendo

Na rede

Mâncio Lima vacina público de 18 anos ou mais contra covid-19

Publicado

em

A Prefeitura de Mâncio Lima continua neste sábado, 24, a vacinação contra covid-19 do público de 18 anos ou mais.  O início da vacinação desse público ocorreu na sexta-feira, 23, após o recebimento de 2,5 mil doses da Pfizer. 

O  mutirão é realizado nas unidades de saúde Sofia Barreto, no Bairro São Francisco, e na Unidade Básica de Saúde – UBS  Dr. Cerqueira , localizada no Bairro Guarani e na UBS Quintino Rio Branco Lebre, no Centro.  A imunização também é feita na  Comunidade  do Pentecostes, zona rural do município. 

Segundo a secretária de saúde de Mâncio Lima,  Joice Gonçalves,  é possível atender, nos dois dias, aproximadamente 600 pessoas. “Na cidade, a vacina usada é a Pfizer, que requer a aplicação em salas refrigeradas”, destacou. 

O prefeito Issac Lima diz que esta é uma das fases mais importantes da vacinação. ” Os jovens transitam muito, portanto a vacinação deles é de fundamental importância para proteger as famílias. Estamos prontos para seguir avançando na vacinação contra a covid-19″, ressaltou o gestor.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas