Conecte-se agora

MPAC grava mensagem em língua indígena para tentar evitar que a Covid-19 chegue nas aldeias

Publicado

em

Uma grande preocupação das autoridades ligadas à população indígena é tentar evitar ao máximo o contágio de Covid-19 nas aldeias acreanas.

Por todas as características das comunidades, pesquisadores dizem que a doença pode provocar um extermínio na população indígena. Vale lembrar que as doenças respiratórias já são a principal causa de morte da população indígena no país.

Por isso, o Ministério Público do Acre (MPAC) aproveitou a mensagem voltada para os indígenas de uma cartilha produzida pela Universidade Federal do Pará, e adaptou e traduziu para diversas etnias do estado.

O Acre tem aproximadamente 19 mil indígenas, que vivem em 35 terras indígenas, distribuídas em 12 municípios, ocupando 14,5% do território do Estado. Ao todo são 15 etnias: Madija, Manchineri, Ashaninka, Jaminawa, Jaminawa Arara, Apolima Arara, Kuntanawa, Shawãdawa, Huni Kui, Yawanawá, Shanenawa e Noke Koi, pertencentes a três famílias linguísticas: pano, aruak e arawá.

A mensagem, gravada nas línguas hãtxa kuin, kaxinawa e outras, traz uma explicação sobre a Covid-19, de forma clara, sem uso de termos técnicos, para que os indígenas compreendam e possam se proteger.

A iniciativa leva em consideração as recomendações sanitárias de enfrentamento ao coronavírus, bem como os decretos dos governos estadual e municipais para que a população fique em casa e evite ao máximo ir às ruas.

A procuradora-geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, relata que o MPAC vem atuando de forma uniforme e integrada junto ao governo do Estado, prefeituras e autoridades de saúde no combate ao coronavírus, e que essa campanha é mais uma forma de alertar a população para a gravidade da situação.

Sobre a inovação de traduzir a campanha para línguas indígenas, Kátia Rejane enfatiza que é uma forma de respeito e cuidado com os povos originários que vivem no Acre.

“Entendemos que essa é nossa contribuição para fazer com que todos tenham acesso as informações sobre o novo coronavírus e possam se proteger. Temos muitos municípios no Acre em que os indígenas são maioria, nossa intenção foi tornar essa mensagem tão importante acessível para eles”, disse a procuradora-geral.

Com informações da assessoria do MPAC.

Anúncios

Cotidiano

Rio Branco e sete capitais confirmam protesto contra Bolsonaro no sábado (23)

Publicado

em

Manifestantes que moram na capital do Acre contrários ao presidente Jair Bolsonaro organizam para o próximo sábado (23/1) um ato nacional exigindo o impeachment do chefe do Executivo federal. A hashtag #ForaBolsonaro foi uma das mais usadas no Twitter nesta tarde pelos organizadores, com o intuito de convocar os seguidores contrários ao governo.

Além de Rio Branco, o movimento vai ocorrer em sete capitais brasileiras – Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Brasília, João Pessoa e Curitiba – em horários distintos. Na capital do Acre, a previsão é que a carreata sai por volta das 15 horas nas proximidades da Uninorte.

Entre as justificativas para o impeachment de Bolsonaro, estão as atitudes do presidente em relação à pandemia da Covid-19 – é visto como o responsável pelos mais de 200 mil mortos – e o teor negacionista do discurso contra as vacinas. (Com EM)

Continuar lendo

Cotidiano

Embriagada, mulher colide carro, cai de barranco e vai parar em casa de desconhecido

Publicado

em

Uma mulher identificada apenas como Jaqueline, de 23 anos, dirigia um carro embriagada no bairro João Alves, em Cruzeiro do Sul, quando colidiu em um veículo que estava estacionado. Foi então que ela desceu um barranco, derrubou um muro e quase foi parar dentro de uma casa. O caso aconteceu na noite dessa quarta-feira (20).

A condutora teve ferimentos leves e ninguém da residência foi atingido. O teste do bafômetro de Jaqueline apresentou 0.98 Mg/l, segundo o comandante do Pelotão de Trânsito – Peltran, tenente Belo. “Mais que o dobro do criminal”, citou o militar.

A mulher deverá pagar multa de quase R$ 3 mil e responderá criminalmente pelo caso.

Continuar lendo

Cotidiano

Vendedor, serralheiro e recepcionista: veja as 37 vagas do SINE desta quinta-feira

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 21, o Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) está disponibilizando 37 vagas de emprego em diversas áreas para a capital Rio Branco. Os candidatos podem verificar se a vaga ainda está disponível através do telefone 0800 647 8182 ou 68 3224-5094.

Para se candidatar a uma das vagas, é necessário estar com o cadastro no Sine atualizado. Lembrando que, os interessados devem entrar no portal Emprega Brasil, do Ministério do Trabalho, através do link https://empregabrasil.mte.gov.br/ e clicar em cadastrar. Lá você cria sua conta e consegue acessar todos os serviços digitais do governo, inclusive o Sine.

Continuar lendo

Cotidiano

Quinta-feira será de sol com possibilidade de chuvas e trovoadas, informa Sipam

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas.com

A Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) informa que esta quinta-feira, 21, será de céu nublado a encoberto com possibilidade de pancadas de chuvas e trovoadas no Acre.

A temperatura mínima está prevista para 21º e a máxima 31º. Segundo o ClimaTempo, a probabilidade de chuvas é de 67%.

Na região do Alto Acre, que engloba as cidades de Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas devem oscilar entre a mínima de 22°C e a máxima de 31ºC.

Na região do Baixo Acre, a mínima será de 22°C e máxima de 32ºC e no Vale do Juruá os termômetros ficam entre 22ºC e 28ºC.

No Purus e Tarauacá/ Envira, a variação de temperatura fica entre a mínima de 23°C e a máxima de 29°C.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.