Conecte-se agora

Fies 2020.2: inscrições começam em junho

Publicado

em

Candidatura pode ser realizada por brasileiros que tenham feito alguma edição do Enem a partir de 2010

As inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies) para o segundo semestre de 2020 poderão ser feitas de 30 junho a 3 de julho. Enquanto isso, o Ministério da Educação (MEC) pretende lançar, em breve, o edital para que as instituições de ensino superior possam aderir aos programas e disponibilizar os seus cursos e quantidade de vagas que serão liberadas para o Fies 2020.2. 

Durante esse período, os interessados em financiar o curso de graduação em uma faculdade privada podem consultar as vagas disponíveis e utilizar as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para participar do processo seletivo.

A candidatura pode ser realizada por brasileiros que tenham feito alguma edição do Enem a partir de 2010 e obteve uma média igual ou superior a 450 pontos na soma das provas objetivas e nota maior que zero na redação.

Além disso, é preciso ficar atento à renda familiar per capita. Para concorrer na modalidade Fies é de até três salários mínimos. Já para o P-Fies, o teto é de cinco salários mínimos.

Sobre o Fies

O Fies é um programa do governo, de financiamento estudantil, que possibilita o acesso ao ensino superior por meio da nota do Enem. Para isso, o estudante consegue financiar o curso em uma das duas modalidades: com o Fies ou P-Fies. Em ambos, o beneficiado começa a pagar o curso depois que concluí-lo. 

O pagamento é feito em parcelas fixadas em contrato, no momento da adesão ao programa junto com o banco. Todos os semestres os beneficiários precisam fazer a renovação do Fies por meio do aditamento. Esse procedimento deve ser feito pela internet e, caso necessário, o aluno deve comparecer à agência bancária.

Alternativa ao financiamento

Estudantes que não querem pagar mensalidades após concluir o curso, mas que também não têm condições de arcar com o valor da mensalidade integral, podem estudar com uma bolsa de estudo do Educa Mais Brasil. Esse programa é de iniciativa privada e possui parcerias com diversas faculdades, centros universitários e universidades do país para ofertar bolsas de estudo com descontos de até 70%. As inscrições podem ser realizadas em qualquer período do ano, de forma gratuita no site do Educa Mais Brasil, sem precisar apresentar nota do Enem.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Anúncios

Cotidiano

Criminosos em motocicleta passam atirando e ferem homem com três tiros no Belo Jardim I

Publicado

em

Mailton da Silva e Silva, 35 anos, foi ferido a tiros em via pública no início da tarde deste domingo, 24. O crime ocorreu na rua das Árvores, no bairro Belo Jardim I, no Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da Polícia, Mailton estava caminhando na rua, quando dois homens não identificados se aproximaram em uma motocicleta e um dos criminosos em posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros na direção da vítima que foi atingida com dois tiros no peito e um no abdômen. Após a ação, os criminosos fugiram do local.

Populares que passavam no local ao verem Mailton ferido o colocaram dentro de um veículo e o encaminharam a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do 2° Distrito. A ambulância do SAMU foi acionada e os paramédicos conduziram Mailton ao Pronto-Socorro de Rio Branco (Huerb) em estado de saúde gravíssimo.

Policiais Militares estiveram no local e após colher as características dos criminosos fizeram patrulhamento na região, mas ninguém foi preso.

O caso será investigado pelos agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Continuar lendo

Acre 01

Acre recebe 5 mil doses da vacina de Oxford e Gladson embarca para SP em busca de comprar 1 milhão

Publicado

em

Fotos: Odair Leal/Secom

Prevista para chegar apenas na segunda-feira, 25, a primeira remessa de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19 desembarcou no Acre neste domingo, 24, no Aeroporto Internacional de Rio Branco. A vacina foi produzida pelo laboratório indiano Serum. 

A vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica anglo-sueca AstraZeneca foi a primeira a ter resultados preliminares da fase 3 de testes divulgados pela revista científica “The Lancet”. 

O Estado do Acre foi contemplado com 5.080 doses, que foram distribuídas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Esse lote é destinado, exclusivamente, aos trabalhadores da Saúde, o que representa mais 27% desse público-alvo que passa a ser contemplados com a primeira dose, conforme orientação do Ministério da Saúde (MS).

Em entrevista à imprensa no Aeroporto de Rio Branco, Cameli relatou que essa remessa será repassada para os 22 municípios e vai seguir a regra definida pelo Ministério da Saúde. Ele afirmou que nesta semana deverá chegar um novo lote da vacina, porém não informou se seria AstraZeneca ou da Coronavac. 

 

Fotos: Odair Leal/Secom

Em outro trecho, Gladson informou que embarca nesta segunda-feira, 25, para São Paulo em busca de garantir a compra de 1 milhão de doses da Coronavac. 

“Estou indo à São Paulo, procurar os meios, para que eu possa logo comprar 1 milhão de doses, para que a gente não fique mais nessa dúvida, de semana sim e semana não. Todos nós somos brasileiros, e todos somos seres humanos. Precisamos de uma resposta à altura e cabe a mim como governador atrás dessas soluções”, afirmou. 

Segundo informações repassadas ao ac24horas, com esse lote da vacina de AstraZeneca/Oxford, o Estado totalizará 61% dos trabalhadores da saúde vacinados. 

 

Fotos: Odair Leal/Secom

Em relação ao decreto do toque de recolher que entrará em vigor nesta segunda-feira, 25, Gladson Cameli garantiu que a medida restritiva tem o intuito de prevenir o aumento de mais casos da covid-19. Ele pediu colaboração da população enquanto não ocorre a vacinação em massa. 

“Se a população me ajudar a prevenir e fazer o seu dever, não vai ser preciso tomar outras medidas. A gente precisa de prevenção e isso que estou fazendo. Foi por isso que eu disse que não iria ter carnaval”, encerrou. 

Continuar lendo

Na rede

Problema em usina causa diminuição do oxigênio dos pacientes com Covid-19 do Hospital de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Em nota emitida neste domingo, 24, a Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau),  responsável pelo Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, afirma que houve diminuição na oferta de oxigênio para os pacientes internados, o que deve durar alguns dias e só será solucionado mediante a instalação de uma nova unidade geradora.

Segundo o comunicado, a falha no fornecimento aconteceu por causa do  significativo número de pacientes internados nos últimos cinco dias com diagnóstico de Covid-19, tanto na enfermaria como na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). 

“Houve um aumento de modo exponencial no consumo de oxigênio medicinal o que causou sobrecarga em uma das unidades geradoras (usina) fazendo com que a mesma apresentasse uma falha operacional. Tal falha  resultou na diminuição da produção de oxigênio”, explicou em nota. 

A Anssau afirmou que depois da constatação da diminuição do oxigênio,  os técnicos tomaram todas as medidas necessárias para solucionar o problema e que não houve prejuízo no tratamento dos pacientes. Mas ressaltou que a redução do nível de oxigênio,  deverá se estender por alguns dias, até a instalação de nova usina.

“Informamos ainda que a retomada em uma produção maior de oxigênio está prevista para os próximos dias mediante a instalação de uma nova unidade geradora” , explica a Anssau.

Neste sábado,  23, havia 48 pacientes com Covid 19 no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, 35 na clínica Covid e 13 na UTI. Foram dadas 4 altas e não houve óbitos. Não foram divulgados os números deste domingo (24) 

O diretor-clínico do Hospital de Campanha,  Marlom Holanda,  disse na última sexta-feira,   que nos últimos 10 dias houve um aumento de 1000% na procura pelo atendimento na clínica Covid e de 300 a 400% nos casos de internação e necessidade de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que tiveram que ser ampliadas.  A Anssau contratou apenas um médico para reforçar o quadro da unidade hospitalar.

Continuar lendo

Acre 01

Após fortes chuvas, trecho da avenida Chico Mendes é interditado parcialmente 

Publicado

em

Na manhã deste domingo, 24, o trecho da avenida Chico Mendes, localizado no 2º Distrito de Rio Branco, alagou devido às fortes chuvas que têm ocorrido desde este sábado, 23, nas proximidades da Corrente, após o transbordamento do igarapé do almoço. 

A inundação deixou a avenida parcialmente fechada, consequentemente, estreita para muitos carros, e por causa das águas da enchente, a  Defesa Civil limitou a passagem de um veículo por vez. 

A medida adotada pelas autoridades tornou o trânsito lento. Agentes da Defesa Civil acompanham o trânsito no local e orientam os motoristas. 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas