Conecte-se agora

Enfermeiros são os profissionais mais expostos a doenças

Publicado

em

Mesmo com todo o cuidado, cresce número de profissionais da saúde contaminados pelo novo vírus

No cenário atual, em que a pandemia do novo coronavírus tem se espalhado rapidamente e agravado o estado de saúde de milhares de pessoas ao redor do mundo ao mesmo tempo, muitos profissionais da saúde, entre eles os enfermeiros, se arriscam todos os dias para garantir a vida e a reabilitação dos pacientes.

Este 12 de maio, Dia Internacional da Enfermagem, não será como os outros. Além de ser um dia para celebrar a atuação desses profissionais, servirá, também, como reflexão. Mesmo com todo o cuidado e higienização, o número de profissionais da saúde contaminados pelo novo vírus cresce a cada dia. 

Em São Paulo, na Bahia, em Roraima ou no do Rio Grande do Sul, espalhados por todas as regiões do Brasil, existem mais de 2 milhões de enfermeiros nos diferentes níveis de atuação (básica, média e alta complexidade). Trabalhando em plantões de 12h ou 24h, eles abdicam de estar perto de seus familiares em datas comemorativas e alguns até abrem mão de voltar para casa só para não correr o risco de contaminar alguém. Esse é retrato dos profissionais que têm lutado na linha de frente contra o novo coronavírus.

Eles atuam na linha de frente dos hospitais, ao lado de médicos e técnicos de enfermagem. Acompanham procedimentos, cirurgias e a recuperação de pacientes. O cuidado é uma das palavras que os definem, pois quem opta pela Enfermagem desenvolve habilidades que vão além da técnica. O enfermeiro também aprende a ter empatia, sensibilidade e coragem para estar em situações na qual ficam expostos diariamente a contaminações e doenças.

De acordo com o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), esses são os profissionais que estão mais expostos à doença, isto porque mantêm contato direto com os pacientes, independentemente do estado de saúde e participam de vários processos como intubação, ventilação mecânica, banho no leito, troca de vestimentas e tantos outros.

Entre os que trabalham na linha de frente está Euzilene Duarte. A enfermeira gosta da área da saúde desde nova. Ela se formou em dezembro do ano passado, mesmo mês que começaram a ser divulgados os primeiros casos de infecções causadas pela Covid-19. 

Trabalhando em um hospital de Sorocaba, SP, Euzilene vive um momento que ela considera doloroso. “Está sendo uma experiência nova na minha carreira e, ao mesmo tempo, dolorosa pelo fato dos pacientes com Covid-19 não poderem ter contato com seus familiares nem receber visitas durante as internações”, afirma. 

Ela é mãe de três meninas, de 14, 18 e 21 anos. Por isso, redobra a vigilância em casa. “Estou tendo todo cuidado. Quando chego em casa, já tiro minhas roupas no lado de fora. Sempre oriento elas também para manter os cuidados”, explica. 

“Aos profissionais de saúde quero dizer que esse momento é delicado, estamos todos no mesmo barco e pedindo a Deus, todos os dias, que nos proteja e guarde a cada segundo. Tenham fé, força e dedicação a cada paciente que receberem”, declara a enfermeira. À população, Euzilene alerta para que cada um se cuide, previna, fique em casa, na medida do possível, e não se desespere.

O estudante de enfermagem Victor Ramos da Silva, 23, bolsista da UNIPAC, na cidade de Ubá, em Minas Gerais, resolveu se dedicar à área de saúde depois de um acidente que sofreu na adolescência. “Pelos cuidados que recebi no hospital, decidi que seria enfermeiro. Aos 20 anos, comecei a atuar como técnico de enfermagem e tive a certeza que era o que queria como profissão. Hoje, com uma bolsa de estudo de 50% do Educa Mais Brasil, estou no terceiro período da graduação de Enfermagem. Já estou trabalhando em Rodeiro, interior de Minas Gerais, que tem poucos casos ainda de Covid-19, mas com fé em Deus, vamos vencer esta pandemia. A satisfação maior é cuidar do próximo com amor e receber um carinho verdadeiro em troca”, afirma.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Destaque 3

No Acre, mais de 30 pessoas acertam a quadra e Mega-Sena acumula e vai a R$ 300 milhões

Publicado

em

Nenhuma aposta acertou as seis dezenas do concurso 2524 da Mega-Sena. O prêmio acumulou pela 14ª vez seguida e, para o sorteio que acontece neste sábado (1º), o valor previsto é de R$ 300 milhões.

No Acre, mais de 30 apostas acertaram a quadra. O próximo concurso (2.525), no sábado (1º), deve pagar um prêmio de R$ 300 milhões. A quina teve 404 ganhadores e cada um vai receber R$ 43.914,62. Os 30.194 acertadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 839,40.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal.

A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50. O sorteio é realizado às 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

Continuar lendo

Na rede

População celebra aniversário de 118 anos de Cruzeiro do Sul com desfile e música

Publicado

em

No final da tarde desta quarta-feira,28, o desfile cívico-militar que marcou o aniversário de 118 anos de fundação de Cruzeiro do Sul foi prestigiado por um grande público que lotou as arquibancadas no centro da cidade. Cerca de 32 instituições desfilaram na Avenida Rodrigues Alves.

Diana Souza levou os três filhos mais novos para verem o mais velho, que estuda no Colégio Militar, desfilar. “Eles nunca tinham visto e gostaram muito do desfile e das viaturas passando”, destacou.

Do palanque, o governador Gladson Cameli, prefeito Zequinha Lima e várias outras autoridades civis e militares assistiram ao cortejo, que não era realizado há dois anos por causa da pandemia de Covid-19.

“É o primeiro aniversário de Cruzeiro do Sul que estamos comemorando depois da pandemia e é uma grande festa para esse povo acolhedor e trabalhador. A população compareceu, as escolas se mostraram na Avenida e as autoridades estão aqui. E hoje culminando também com o aniversário de Cruzeiro do Sul”, pontuou o prefeito Zequinha Lima.

O governador Gladson Cameli lembrou dos tempos em que desfilava em Cruzeiro do Sul pela Escola São José. “Fiquei feliz de ver o semblante das crianças e dos jovens. Tenho consciência que preparei um Acre melhor para esses jovens e digo que o melhor está por vir. Vamos diminuir o desemprego”, concluiu. O aniversário coincidiu com o Festival da Farinha e a festa foi encerrada com o show da banda Trio Furação.

Continuar lendo

Acre 01

Devido aos ataques, Gladson não deseja mais participar de debate antes da eleição

Publicado

em

Cumprindo agenda em Cruzeiro do Sul, onde assistiu ao desfile cívico militar de aniversário do município, o governador Gladson Cameli, candidato à reeleição, disse que ainda não decidiu se irá participar do debate que irá ocorrer na TV Gazeta nesta quinta-feira, 29.

Cameli afirmou que as emissoras de televisão estão proporcionando o fortalecimento da democracia com a realização dos debates, mas que os candidatos optam pelo ataque, o que ele quer evitar.

“Ainda não decidi se vou, mas não estou mais querendo participar de debate não. Eu não consigo debater, não vou ficar lá só ouvindo ataques e ofensas se nem posso dizer o que vou fazer para melhorar a vida das pessoas. Se não querem me respeitar, tem que respeitar as famílias, as pessoas que querem ouvir. Ao invés de usar os minutos para expor, as pessoas vão para atacar e não mostrar se tem preparo para governar o Acre. Governar o Acre não é brinquedo e aí quando você olha tem uns que não enxergam um palmo diante do nariz e não sou eu que vou fazer enxergar. Mas o povo é muito sábio”, pontuou.

Nesta quinta-feira, o gestor terá agenda em Assis Brasil e Sena Madureira. Cameli disse que voltará para Cruzeiro do Sul na noite de sexta-feira, 30, onde participará de carreata no sábado, 1. Domingo, dia 2, irá votar em Cruzeiro do Sul e aguardar o resultado da eleição no município.

“Pela primeira vez um governador vai aguardar o resultado da eleição aqui. Se for positivo, o resultado será uma grande festa. Em seguida terei que ir para o Palácio cumprir o rito”, concluiu.

Durante as comemorações desta quarta, Gladson assistiu ao desfile ao lado do prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima. O vice-governador, Major Rocha, estava no palanque de autoridades, mas ele e Cameli ficaram distantes durante todo o evento.

Continuar lendo

Acre

Coordenador de Marcelo Bimbi diz que cabo eleitoral mentiu

Publicado

em

A coordenação de campanha do modelo e candidato a deputado federal pelo Podemos, Marcelo Bimbi, entrou com o ac24horas na tarde desta quarta-feira, 28, para responder à denúncia de calote feita por uma suposta cabo eleitoral.

Luciana da Silva afirmou em uma rede social que Marcelo Bimbi e um assessor, identificado como Denys Braga, estariam contratando pessoas para trabalhar como cabo eleitoral e não estaria fazendo os devidos pagamentos. Ela diz ainda que foram assinados contratos, mas que Marcelo e Denys haviam sumido.

Denys Braga, que faz parte da coordenação da campanha de Bimbi, entrou em contato com o ac24horas onde encaminhou documentos em que afirma que comprovam que Luciana Silva não foi contratada. “É uma mentira. A senhora Luciana Silva não foi contratada. O que ela queria era ganhar dinheiro sem trabalhar, mas recurso de campanha é recurso público, é sério e precisamos prestar contas”, afirma.

Denys afirmou ainda que contratados de todas as regionais de Rio Branco podem testemunhar de que os pagamentos estão sendo feitos normalmente. “Estamos aqui no comitê com contratados que receberam e temos os recibos para comprovar. Estamos indo agora até a delegacia onde vamos registrar uma queixa por calúnia e difamação e vamos provar que essa pessoa mentiu”, disse.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.