Conecte-se agora

População continua nas ruas após Acre ultrapassar os 1.100 casos de Covid-19

Publicado

em

O Acre registrou nesta sexta-feira, 8, 1.177 casos positivos de Covid-19. Mesmo em meio às orientações de distanciamento social e isolamento repassadas pelos órgãos públicos e autoridades da saúde estadual, a população não tem seguido a risca as medidas de combate à contaminação pelo coronavírus.

Nesta sexta-feira, o fotojornalista do ac24horas ainda flagrou movimentação acentuada nas ruas da capital acreana, mais especificamente no Centro. Fato que pode ter favorecido a aglomeração de pessoas na região central da cidade é a aproximação do Dia das Mães, a ser comemorado no próximo domingo, dia 10.

O decreto governamental que impõe a suspensão temporária do comércio em geral não impede que alguns estabelecimentos considerados não essenciais durante a pandemia ainda funcionem, mesmo que de forma não autorizada.

MOVIMENTAÇÃO NO CENTRO DE RIO BRANCO (AC) – FOTO: SÉRGIO VALE/AC24HORAS.COM

Enquanto isso, a curva de infectados vem subindo drasticamente a cada 24 horas. Foram 163 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus nesta sexta, o número é mais do que o dobro desta quinta-feira, 7, quando 71 novos casos tinham sido confirmados.

A secretaria de estado de Saíde (Sesacre) também confirmou duas novas mortes. Um homem de 71 anos, cujas iniciais são L. C. P, falecido na quarta-feira, 6, e uma mulher de 69 anos, com iniciais Z. B. R., que morreu nesta quinta-feira, 7. O número de óbitos agora é de 38 no estado.

Anúncios

Acre 01

Bocalom nega dinheiro a empresas de ônibus: “se houver greve, vamos colocar vans”

Publicado

em

O prefeito Tião Bocalom (Progressistas), em entrevista ao Jornal do Acre, na manhã desta quinta-feira, 21, afirmou que o papel da Prefeitura de Rio Branco em relação aos salários dos trabalhadores do transporte coletivo que estão atrasados é unicamente na condição de mediador e esclarecedor das competências.

“A responsabilidade do pagamento dos salários dos funcionários é das empresas, e nunca foi e nunca será da prefeitura de Rio Branco. Ontem, foi feita uma reunião com a equipe da RBtrans, a categoria e as empresas e ficou acordado que as empresas irão pagar os atrasados. Nós estamos aqui para intermediar”, afirmou.

Bocalom informou que caso as empresas comecem com as greves irá abrir concessões para novos modais de transporte como: Vans. “Greve é só prejuízo para nossa sociedade. E se continuarem insistindo que vão fazer greve, não vai ter nenhum problema, a gente abre o transporte para outras empresas, abre transporte para vans. Eu não vou aceitar como prefeito que a população sofra esse prejuízo. Essas greves que tiveram no final do ano, não eram pelo sindicato. Nós vamos pra cima. Não dá para a população andar com ônibus velho e sem ar-condicionado”, afirmou.

Por fim, o prefeito rechaçou o envio de Projeto de Lei (PL) à Câmara de Rio Branco de socorro às empresas de transporte coletivo, e salientou que em 30 dias a RBtrans emitirá um parecer acerca dos contratos das empresas do transporte coletivo da capital.

“Ficou decidido que em 30 dias, a RBtrans vai dar um diagnóstico e analisar esses contratos antigos para a gente tomar uma decisão acerca das empresas que estão trabalhando no transporte coletivo. Não vamos colocar o dinheiro suado do nosso povo nas mãos de empresários”, afirmou.

Continuar lendo

Destaque 4

Na tentativa de vencer doença devastadora, Acre cria Casa de Embalagem da Banana

Publicado

em

Na tentativa de sobrepor-se aos castigos da Sigatoka Negra, peste que devasta os bananais da Amazônia, o Estado do Acre está terminando de construir a Casa de Embalagem de Bananas em Acrelândia. As obras se iniciaram em dezembro de 2020, com expectativa de conclusão para o fim de março.

A meta é garantir qualidade para exportar a banana do Acre. O valor do empreendimento, situado em terreno de um hectare, gira em torno de R$ 950 mil, sendo R$ 750 mil de investimento na obra e R$ 200 mil em equipamentos – trator, carreta e itens de informática.

A ação visa fortalecer a cadeia produtiva da banana na região de Acrelândia atuando com 44 produtores de banana.

O processo compreende desde a etapa do plantio até a embalagem, operando da seguinte forma: trazida pelo trator das áreas de plantio, a banana chega na Casa de Embalagem e é despencada, lavada, desinfectada (utilizando o processo de pulverização com fungicida), embalada (encaixotada) e guardada em câmaras frias, possibilitando uma maior durabilidade da mercadoria, evitando o desperdício. O principal produto que passará pelo beneficiamento será a banana da terra, também conhecida como banana comprida.

Continuar lendo

Destaque 7

Governo assina contrato de R$ 800 mil para reformar a Tentamen

Publicado

em

O governo do Acre assinou nessa quarta-feira, 20, o contrato de repasse junto à União para reforma, adequação de acessibilidade e reestruturação da Sociedade Recreativa Tentamen, num valor superior a R$ 835 mil. O extrato de contrato foi publicado no Diário Oficial da União de terça, com intermédio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, representado pela Caixa Econômica Federal.

A promessa é de que Rio Branco terá mais um espaço cultural revitalizado, reestruturado e entregue para a população. Agora, dever ser iniciado o processo licitatório para reforma do prédio histórico, localizado no segundo distrito da capital. Em janeiro de 2020, o governador Gladson Cameli assinou o decreto governamental nº 5071, que realizou o tombamento provisório da Sociedade Recreativa Tentamen.

O processo de tombamento foi iniciado no ano de 2010, com a aprovação do conselho, que é a instância maior, levando em consideração a lei estadual nº 1.294, de 8 de setembro de 1999, que institui a criação do conselho, o fundo de patrimônio e a proteção e preservação de todo bem histórico, arqueológico, arquitetônico e paisagístico do Estado do Acre, sob a responsabilidade da Fundação Elias Mansour.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Cotidiano

Rio Branco e sete capitais confirmam protesto contra Bolsonaro no sábado (23)

Publicado

em

Manifestantes que moram na capital do Acre contrários ao presidente Jair Bolsonaro organizam para o próximo sábado (23/1) um ato nacional exigindo o impeachment do chefe do Executivo federal. A hashtag #ForaBolsonaro foi uma das mais usadas no Twitter nesta tarde pelos organizadores, com o intuito de convocar os seguidores contrários ao governo.

Além de Rio Branco, o movimento vai ocorrer em sete capitais brasileiras – Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Brasília, João Pessoa e Curitiba – em horários distintos. Na capital do Acre, a previsão é que a carreata sai por volta das 15 horas nas proximidades da Uninorte.

Entre as justificativas para o impeachment de Bolsonaro, estão as atitudes do presidente em relação à pandemia da Covid-19 – é visto como o responsável pelos mais de 200 mil mortos – e o teor negacionista do discurso contra as vacinas. (Com EM)

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas