Conecte-se agora

Justiça nega pedido de liberdade para policial acusado de matar esposa com tiro na cabeça

Publicado

em

A 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Rio Branco negou o pedido de liberdade provisória apresentado pela defesa de policial penal Quenison Silva de Souza, acusado de matar companheira Erlane Cristina de Matos com um tiro na cabeça, no dia 11 de março.
De acordo com o processo, a prisão preventiva foi decretada durante audiência de custódia, contudo, a os advogados do policial argumentaram que o requerente é portador de bons antecedentes, exerce cargo público há mais de dez anos e possui residência fixa, solicitando assim a revogação da prisão preventiva e aplicação de medidas cautelares diversas.

A juíza de Direito Luana Campos ratificou que “o direito fundamental à segurança pública sofreu eloquente violação em virtude da conduta do denunciado pois, por ser policial penal, utilizou-se da facilidade de portar uma arma de fogo para executar o crime. Tratou-se de uma conduta grave, cujas evidências iniciais de materialidade e indícios de autoria apontam para uma prática consciente e não acidental, inclusive, sendo esses elementos evidenciados fortemente pela denúncia ofertada pelo Ministério Público“.

No entendimento da magistrada, a revogação da segregação cautelar simbolizaria, aos olhos da sociedade acreana, um abrandamento da Justiça em relação à prática de violência doméstica. Desta forma, ela afirmou estar convicta de que o processo está tramitando em prazo razoável, bem como não há novos elementos suficientes para afastar a necessidade da medida cautelar.

Anúncios

Destaque 4

Jenilson elogia empenho de servidores da saúde do Acre e lamenta situação de Manaus

Publicado

em

O deputado estadual e médico infectologista Jenilson Leite (PSB) se reuniu na tarde desta quinta-feira, 14, com os integrantes dos sindicatos da saúde para falar sobre esse momento de pandemia e ouvir reivindicações da categoria acerca desse momento de pandemia.

O parlamentar elogiou os trabalhos realizados pelos servidores nesse momento crítico e colocou o seu mandato à disposição da categoria.

“Aqui no Acre, se a nossa população não passar usar máscara em todos os ambientes, e se a vacinação não alcançar pelo menos 50% de nossa população, certamente teremos muitos óbitos pela frente, infelizmente. Hospitais lotados, servidores sobrecarregados, o resultado já estamos vendo Brasil afora”, salientou.

Em outra parte da reunião, Jenilson lamentou a situação de Manaus (Amazonas), que registra diariamente mais de 100 óbitos por dia em decorrência do vírus e voltou a alertar para a necessidade do uso da máscara. “É a melhor maneira de parar a fila da morte, enquanto a vacina não é liberada pela Anvisa”, pontuou.

Continuar lendo

Destaque 4

Filha faz campanha para Palmeiras homenagear pai que morreu de Covid-19 no Acre

Publicado

em

O amor ao Palmeiras era tão grande que Zé Carlos era conhecido na cidade como ‘palmeirense’. Em imagens enviadas ao ac24horas, a filha mostra a coleção de camisas que ele tinha do ‘verdão’. No último dia 10, o vendedor José Carlos Tavares Coelho, mais conhecido como “Zé Carlos”, morreu aos 38 anos vítima de complicações por Covid-19 em Rio Branco.

Zé Carlos levou consigo o sonho de viver momentos de glória com o time do coração, o Palmeiras, que está nas finais da Copa do Brasil e da Libertadores, além da disputa pelo campeonato brasileiro. O time tem em seu elenco o goleiro acreano, Weverton, um dos destaques da campanha do time nesta temporada.

Nessa terça-feira, 12, a filha Jéssica Coelho usou o Twitter para pedir a amigos e palmeirenses de todo o Brasil que façam chegar até o clube seu clamor para que o pai receba algum tipo de honraria.

A jovem pediu aos seguidores que marcassem o perfil oficial do Palmeiras no tweet para chamar a atenção dos administradores do perfil e, assim, ter a chance de ver seu pedido realizado. Até o momento, o tweet registra mais de 250 retweets e fav [curtidas].
Segundo a estudante, a iniciativa é um ato de amor por ele e pelo time do coração. “Era o seu time de coração desde criança. O horário do jogo era sagrado e ele tinha todas as blusas! Era realmente um fanático”, contou.

“Por isso ficaria muito feliz se o Palmeiras conhecesse o meu pai e a história dele, e pudesse fazer pelo menos uma homenagem antes de algum jogo, pois ele partiu deixando o sonho de um dia assistir o jogo no Allianz Parque. A última coisa que ele fez antes de se internar foi assistir ao jogo, provavelmente já estava se sentindo mal, mas mesmo assim assistiu até o final. Eu quero mostrar sua história, seu legado para o mundo e para o time que você tanto amava”, escreveu.

 

Continuar lendo

Cotidiano

Mais de 70% das mortes por Covid-19 no Acre foram de pessoas acima de 60 anos

Publicado

em

No Acre, até o dia 10 de janeiro de 2021, foram notificados 122.091 casos, onde 43.127 (35,32%) confirmados. Dentre os mais de 43,2 mil casos confirmados de Covid-19 no Estado, 825 óbitos foram registrados no período de 6 de abril a 5 de janeiro de 2021.

Em relação às mortes, os dados mostram que 70,78% -ou 584 casos -são de pessoas com idade acima de 60 anos. Outro público com grande representatividade de óbitos, entre as faixas etárias de 0 a mais de 80 anos, foram de pessoas com comorbidades, representando 64,60%.

No Acre, em torno de 600.000 pessoas serão contempladas pela vacinação contra Covid-19, com esquema de vacinação de 2 doses por pessoas em intervalos de 30 dias. A vacinação será realizada por fases de grupos prioritários, informados pelos meios de comunicação à população. Os dados constam do Plano de Vacinação lançado nesta terça-feira (12).

Ate essa terça-feira, 12, o Acre tinha 43.432 casos confirmados e 827 óbitos em decorrência da doença. Atualmente, 586 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 38.970 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 126 pessoas seguem internadas.

Continuar lendo

Destaque 4

Zequinha Lima coordena mutirão para reduzir casos de dengue em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A prefeitura de Cruzeiro do Sul iniciou nesta segunda-feira, 11, um mutirão de educação em saúde para o combate à dengue. O município apresentou o maior número de casos da doença em 2020, entre os municípios do Acre, e o prefeito Zequinha Lima coordena a ação emergencial em confronto ao mosquito transmissor.

O mutirão teve início pelo bairro da Várzea com a participação do secretário Municipal de Saúde, Dr. Agnaldo Lima, e dos agentes de endemias que estão visitando os moradores para conscientizar sobre a limpeza dos quintais para eliminar os locais de reprodução do Aedes Aegypti.

De acordo com o prefeito, o controle da dengue e de outras doenças faz parte do plano de trabalho para os primeiros 100 dias de sua gestão.

“Pensando em evitar o aumento dessas doenças, lançamos essa campanha de 100 dias. O Acre teve mais de 5 mil casos de dengue e, só em Cruzeiro do Sul, foram mais de 2,7 mil casos. Então, é um número alto e precisamos trabalhar com essa realidade no sentido de fazer um trabalho preventivo. Nosso objetivo é mudar esse quadro”, afirmou Zequinha.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas