Conecte-se agora

Exame de índio citado por Marilete deu negativo para Covid-19

Publicado

em

Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai) deu negativo o teste para Covid-19 do indígena Tadeu Mateus Kaxinawa, de Tarauacá. Ele foi citado pela prefeita da cidade, Marilete Vitorino, como fugitivo de uma UPA da capital, o que foi comprovadamente negado pela Funai e Distrito Sanitário Especial Indígena do Vale do Juruá (DSEI).

De acordo com a prefeita “deveria haver uma forma de proibir essa circulação dos índios. A Funai e o DSEI nos dizem que na cidade os índios não são de responsabilidade deles”, declarou a prefeita, em clara demonstração de tentativa de eximir o poder público municipal do tema saúde indígena durante a pandemia.

Funai e DSEI acusaram a gestora de preconceituosa e inconsequente.

Nesta segunda-feira, 6, os Ministérios Públicos Federal e Estadual, reiteraram por meio de Recomendação , a responsabilidade dos órgãos e entes com relação à saúde indígena na pandemia de coronavírus.

O documento do MPF e MPAC recomenda que Estado e Municípios se abstenham de negar atendimento aos indígenas que demandem atenção básica, média ou alta complexidade, em razão de suspeita ou confirmação de contágio pelo novo coronavírus, estejam eles referenciados ou não pelo Subsistema de Atenção à Saúde Indígena.

Os gestores do Estado e dos Municípios também foram notificados para que disponibilizem EPI de uso ambulatorial (máscara cirúrgica, capote, luvas e proteção ocular), leitos hospitalares, ventiladores mecânicos (invasivos e não invasivos) e outros recursos materiais e humanos necessários ao atendimento, em quantidade suficiente para atender os povos indígenas, considerando os riscos de contágio exponencial em curto intervalo temporal (curva aguda) entre estes grupos.

Ao Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Alto Rio Purus e Alto Rio Juruá, foi citado que que elaborem e executem o Plano de Contingência Distrital para Infecção Humana pelo novo Coronavírus. O plano deve contemplar a aquisição imediata de testes para o diagnóstico da doença, assim como a necessidade de controle sanitário de entrada nas aldeias, de indígenas e profissionais da saúde, sem prejuízo da compra e distribuição dos referidos itens pela Sesai e pelo Ministério da Saúde.

Foi recomendada também a aquisição imediata de kits de oxigênio e de equipamentos de proteção individual (EPI) para todos os profissionais de saúde envolvidos, além de contrato imediato de transporte que garanta cobertura a todas as aldeias para viabilizar remoções de emergência.

Os procuradores e promotores salientam a necessidade de espaços para garantir o isolamento social dos povos em suas próprias aldeias para os casos de suspeita ou confirmação de contágio. Para os índios que estão nas cidades, para além das Casas de Saúde Indígena, deverá ser providenciada locação ou cessão de espaços adequados para quarentena, nos casos suspeitos ou confirmados.

Os DSEIs também foram advertidos sobre a necessidade de adotar medidas de precaução para que as Equipes Multidisciplinares de Saúde Indígena, ao adentrarem nas aldeias, evitem a transmissão aos indígenas, como quarentena, desinfecção e uso de Equipamento de Proteção Individual.

A recomendação abrange os municípios de Rio Branco, Acrelândia, Senador Guiomard, Plácido de Castro, Capixaba, Xapuri, Epitaciolândia, Brasileia, Assis Brasil, Bujari, Porto Acre, Sena Madureira, Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus. Já a área da Regional Juruá abrange as cidades de Cruzeiro do Sul, Feijó, Jordão, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Tarauacá.

Foi assinada pelos procuradores da República Lucas Costa Almeida Dias e Bruno Araújo de Freitas e pelos promotores de Justiça Daisson Gomes Teles, Juleandro Martins de Oliveira, Manuela Canuto de Santana Farhat, Ocimar da Silva Sales Júnior, Iverson Rodrigo Bueno e Pauliane Mezabarba Sanches, que dão prazo de cinco dias corridos para o cumprimento das recomendações. “As providências adotadas devem ser informadas ao MPF e ao MPAC, com a advertência que a omissão na adoção das medidas recomendadas implicará no manejo de todas as medidas administrativas e ações judiciais cabíveis contra os agentes que se omitirem”, avisam os procuradores e promotores.

Anúncios

Na rede

Acreano com Covid-19 e dengue morre pouco depois de time do coração ser campeão

Publicado

em

O agricultor aposentado José Cardoso da Silva, 81 anos, conhecido como Zé Gonzaga, morreu na noite dessa quinta-feira, 25, na clínica do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, após ficar internado com infecção do novo coronavírus. Ele também estava diagnosticado com dengue e tinha outras comorbidades.

O idoso foi internado na última terça-feira. Seu neto, Caio Campos, conta que o avô era flamenguista fanático e pouco antes de morrer soube da vitória do time no Campeonato Brasileiro e ficou feliz. “Ele estava ansioso que chegasse o último jogo do Flamengo para ver ele sendo campeão. Quando o meu tio falou que o Flamengo ganhou, logo após, ele morreu. Morreu sabendo que o seu time foi campeão”, relata Caio, destacando que o avô estava aparentemente bem e tinha muita fé que ficaria curado.

“Ele era nervoso, mas tinha muita fé. Quando íamos saindo do hospital de campanha, na quarta, ele olhou para minha mãe com os olhos cheios de lágrimas e essa foi a última vez que o vi”, conta o neto emocionado, que faz um apelo às pessoas sobre a necessidade das regras sanitárias e de distanciamento.

“Vidas importam. Muitos só darão importância à prevenção, evitando aglomerações, quando a vítima for um ente querido. A covid não é brincadeira, e todos são responsáveis pela saúde dos seus familiares. As pessoas podem estar sendo os transmissores dentro da sua casa”, desabafa. Seu Zé Gonzaga deixa 11 filhos, 16 netos e 10 bisnetos.

Hospital de Campanha

A única morte registrada nas últimas 24 horas no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul foi do aposentado Zé Gonzaga. Na unidade hospitalar há um total de 83 pacientes internados, sendo 63 na clínica e 20 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os pacientes da UTI são de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Ipixuna (no Amazonas), Tarauacá, Santa Rosa do Purus, e Marechal Thaumaturgo. Nas últimas 24 horas foram dadas 4 altas hospitalares e feitas 2 transferência para a clínica médica.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul é o primeiro município a receber recursos da Defesa Civil Nacional

Publicado

em

Cruzeiro do Sul já recebeu R$ 3,1 milhões do Governo Federal, através da Secretaria Nacional de Defesa Civil, para execução das ações de assistência às famílias atingidas pela enchente do Rio Juruá e para o período pós vazante. A informação é do prefeito Zequinha Lima, que está em Brasília reunido com o secretário nacional da Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas.

O gestor exaltou o fato de Cruzeiro do Sul ser a primeira cidade do Acre a ter os recursos liberados. Zequinha conta que durante a visita ao gabinete do secretário nacional, conseguiu adequar o projeto às reais necessidades de Cruzeiro do Sul, conseguindo a liberação mais rapidamente do recurso. “Fizemos alguns ajustes de acordo com a nossa realidade e se precisar de mais ajuda certamente iremos procurar. Vamos honrar para que esses recursos cheguem em quem realmente precisa”, pontuou o prefeito.

O secretário nacional, Coronel Alexandre Lucas, que esteve em Cruzeiro do Sul, parabenizou o empenho da gestão. “Estamos felizes por hoje liberar os recursos para as ações de assistência humanitária em Cruzeiro do Sul. Agradeço a visita do prefeito, o que possibilitou os ajustes para realmente empregar os recursos conforme a necessidade da cidade. O prefeito está de parabéns por essa atitude, e estamos à disposição”, concluiu o militar.

A enchente do Rio Juruá atingiu cerca de 40 mil pessoas . Depois de alcançar a marca histórica de 14.36 metros o manancial está com 13.74 nesta quinta feira, 25, mas as famílias que estão nos abrigos públicos só deverão voltar para casa quando o rio estiver com 11 metros.

Continuar lendo

Na rede

Cruzeiro do Sul também teve aglomeração de flamenguistas

Publicado

em

Na segunda maior cidade do Acre,  Cruzeiro do Sul, também foi grande a aglomeração e a falta de respeito às regras sanitárias e de distanciamento durante a comemoração pelo título do Flamengo no Brasileirão.

Houve carreata e em seguida uma grande concentração de pessoas na frente da Igreja Nossa Senhora da Glória, no Centro da cidade, onde havia muita gente sem máscara.

Nesta quinta-feira, 26, havia   84 pacientes com Covid-19 internados no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, dos quais 19 estavam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e houve também uma morte.

Continuar lendo

Na rede

PM realiza sonho de criança em aniversário no quartel

Publicado

em

O menino Arthur, que mora na periferia de Cruzeiro do Sul, comemorou o aniversário de 6 anos nesta quinta-feira, 25, com a família, no quartel da Polícia Militar do município, com direito a bolo e presente, garantidos pelo comando.

A mãe da criança, Glória Silva, escreveu uma carta ao comando do 6° Batalhão contando que não teria como fazer uma festa de aniversário para o garoto, que é grande fã da corporação e sonha em ser policial e falava em conhecer o quartel.

O comandante, tenente-coronel Evandro Bezerra, providenciou presente e bolo para Arthur, uma quantia em dinheiro e um sacolão para a família, já que os pais do aniversariante estão desempregados e a mãe, que faz tratamento de diabetes, está grávida novamente. Ele ressaltou a importância de dar atenção às crianças e mostrar a elas a importância da Polícia Militar para a sociedade.

“São momentos como esses que nos lembram o que é importante na vida. Ver o sorriso do menino Arthur só nos faz entender que estamos no caminho certo”, citou o militar.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas