Conecte-se agora

Na política, o pau que bate em Chico, bate em Francisco

Publicado

em

Existe um ditado na política que diz que: ”não se briga com um adversário que tem o poder de mandar você se levantar da cadeira na qual você está sentado”. O vice-governador Major Rocha (PSDB) e o ex-prefeito Vagner Sales (MDB), por certo não tinham conhecimento da máxima, quando partiram para emparedar e desmoralizar o governador Gladson Cameli. Os ataques diretos ou indiretos de emedebistas e tucanos contra o Gladson já vinham acontecendo há um bom tempo. A aliança pela prefeitura de Cruzeiro do Sul, quintal político do governador; entre o Vagner e o Rocha, deixando de forma humilhante o Cameli de fora, foi só a gota de água para que o Gladson Cameli desse o troco. E o troco veio ao tirar o Marcos Sales, irmão do Vagner Sales, da direção do DERACRE no Juruá. E mandar se levantar das cadeiras de diretores da Segurança, dois dos mais fiéis escudeiros do Rocha: Joelson Dias e Abrahão Púpío. Além de, centralizar as emissões de passagens e diárias no seu gabinete. E vem mais decreto nesta segunda-feira. Na verdade, o Gladson agüentou além da conta as facas dos emedebistas e tucanos no seu pescoço e até demorou demais em não reagir. E não há nem como acusar o governador de ter sido duro nas medidas. Não tivesse agido ficaria com a fama de ser um governante fraco e de quem os aliados iriam fazer chacota e pintar e bordar até o fim da sua administração. Na política, o pau que bate em Chico também bate em Francisco.

ASSUMIU O GOVERNO
Um deputado da base do governo (vou omitir o nome a pedido), fez o seguinte comentário acerca do episódio “até que enfim, o Gladson Cameli tomou posse no cargo de governador”.

RESSURGINDO DAS CINZAS
Não tinha mais quem acreditasse que o PROGRESSISTAS teria candidato a prefeito de Rio Branco. Até eu estava cético. Mas vai ter sim e com nomes de votos para opções. Tião Bocalom, ex-prefeito, com forte base eleitoral; e o ex-deputado Ney Amorim, com nicho poderoso na capital. E a velha raposa deputado José Bestene, que sabe tudo de política.

PODEM APOSTAR COMO CERTO
Podem apostar como certo que neste grupo estarão o deputado federal Alan Rick (DEM) e o senador Sérgio Petecão (PSD). E não duvidem de uma Marfisa Galvão (PSD) como vice.

DEDUÇÃO LÓGICA
A dedução a que se pode chegar é que o ex-prefeito Tião Bocalom não deixaria de lado uma suplência de deputado federal para apenas se filiar ao PROGRESSISTAS, se veio foi porque deve ter a garantia que disputará a PMRB. E se for candidato do governo é osso duro de roer.

SEM PAU PARA DAR NO GATO
Nas eleições que o Bocalom disputou não tinha um pau para dar no gato, enfrentando a máquina poderosa do PT dos Vianas, perdeu por muito pouco, o cabra é bom de voto.

FATOR PREPONDERANTE
O fato da prefeita Socorro Neri não mostrar inclinação de filiar-se ao PROGRESSISTAS foi o que motivou ainda mais o sentimento de candidatura própria no partido. Ney Amorim e Tião Bocalom não entrariam na sigla para não participarem do jogo majoritário, isso ficou claro.

NÃO FOI POR FALTA DE CONVITE
Não foi por falta de convite da cúpula do governo, do senador Petecão, para a prefeita Socorro Neri mudar de partido e entrar no PROGRESSISTAS para ser a candidata a prefeita. Teria duas máquinas poderosas na sua campanha, a prefeitura e o governo. Não consigo entender.

PESQUISAS VÃO DEFINIR
As pesquisas deverão definir qual o melhor nome para ser o candidato a prefeito da capital. Mas seja qual for, garante o deputado José Bestene (PROGRESSISTAS), terá o governador Gladson Cameli no palanque. E queiram ou não queiram um governo tem peso numa eleição.

A MAIS PREJUDICADA
A mais prejudicada com esta briga do PSDB e o governador Gladson Cameli foi a candidatura do Minoru Kinpara à PMRB, que vinha até aqui navegando em águas calmas. Agora terá contra sua candidatura todo um aparelho estatal na campanha e ainda todo aparelho municipal.

VAI PAGAR A CONTA
O Minoru Kinpara não comeu deste pato da intriga entre MDB e PSDB, mas vai pagar a conta.

SONHANDO COM A VICE
Quem está sonhando com a vaga de vice na chapa do Minoru Kinpara (PSDB) e o engenheiro Thiago Caetano. Ambos tiveram conversa neste sentido. Thiago se filiou ao PL da Antonia Lúcia. Mas esta deliberação não virá agora, Antonia Lúcia vai primeiro analisar as pesquisas.

SAÍDA NEGADA
O secretário de Segurança, Paulo César, uma indicação do vice-governador Rocha, disse ontem ao BLOG ser boato que vai entregar o cargo. E postou: “Compreendo que todos os cargos estão à disposição permanente do Governador, inclusive o que ocupo. Assim, encaro com tranqüilidade os atos administrativos de exonerações que foram publicados hoje”.

INDICAÇÃO PESSOAL
O secretário de Segurança, Paulo César, foi indicação pessoal do vice Major Rocha.

COMO SÃO TOMÉ
Quem também filiou-se ao PROGRESSISTAS foi o secretário municipal de Educação, Moisés Diniz, que sempre foi um ícone do PCdoB. Há quem veja sua filiação como um sinal que a prefeita Socorro Neri se filiará ao PROGRESSISTAS. Como São Tomé, só depois que ver a ficha.

DANDO UMA AULA
Os PROGRESSISTAS deixaram para jogar as cartas na mesa no final do jogo. A vinda do ex-deputado Moisés Diniz foi bingo. Político dos mais éticos que conheço, o Moisés foi uma adesão de qualidade. O mesmo se pode dizer do Ney Amorim e do Tião Bocalom.

ALIANÇA EM AMARRAÇÃO
O PTB E O SOLIDARIEDADE poderão estar juntos na campanha para a prefeitura de Rio Branco.

CHAPA DA MORTE
Chicão Brígido, Walter Prado, Gabriela Câmara, Raimundo Vaz, Adailton do SINTESAC, vereador Artêmio Costa, são nomes listados na chapa do PL para disputar vagas na Câmara Municipal de Rio Branco. A se confirmar a filiação do grupo vira a “chapa da morte”.

QUESTÃO DE HONRA
O governador Gladson tem dito aos políticos mais próximos que se trata agora de uma questão de honra quem ele for apoiar, ganhar as prefeituras de Cruzeiro do Sul e Rio Branco.

EM ALTA POPULAR
Pela boa condução que vem fazendo no combate ao Covid-19 o governador Gladson está em alta popular, as pesquisas o mostram muito bem avaliado pela população neste quesito.

O CARA DO GLADSON
O senador Sérgio Petecão (PSD) foi mostrado numa reunião de secretários pelo governador Gladson Cameli, como o nome que estará no comando da sua coordenação política na montagem de alianças para a disputa da eleição de 2020. Petecão virou o “cara” do Gladson.

AULA DE POLÍTICA
O presidente do PT, Cesário Braga – e olhe que é um moço inteligente – levou uma aula de troca de partidos, de composição política, num artigo assinado pelo senador Márcio Bittar (MDB). Fez um relato de quem mudou de partido, quebrando a tese de purismo do Cesário.

O PANGARÉ
A prefeita Socorro Neri está deixando passar um cavalo alazão inglês de corrida (o PROGRESSISTAS) para montar num pangaré (PSB) e correr um páreo bem disputado.

NATURAL
Será natural que a prefeita Socorro Neri ficando no PSB, o governador Gladson Cameli trabalhará na campanha focado apenas na candidatura do seu partido, o PROGRESSISTAS.

REVIRAVOLTA EM CZ
Em Cruzeiro do Sul está sendo trabalhada uma frente política com apoio do Palácio Rio Branco para peitar a chapa da aliança PSDB-MDB. O Vagner mexeu uma pedra errada ao fazer esta coligação com o PSDB, porque trouxe um adversário poderoso para lhe enfrentar.

ERROU A ANTA
O prefeito Romualdo, do Bujari, mirou na anta e acertou na cotia. Veio para o PROGRESSISTAS certo que seria o candidato a prefeito. Só que não combinou com a militância e o diretório, que lhe deram uma rasteira, e a candidata a prefeita será a Zilmar Rocha.

JOGO DOS BOATOS
Ontem, os bastidores da política ferveram por conta das filiações partidárias e trocas de partido. Mas a maior expectativa ficou para este sábado, último dia de filiações, para saber se a prefeita Socorro Neri virá para o PROGRESSISTAS ou continuará no nanico PSB.

ACABOU TUCANO
Como tinha sido anunciado a candidatura do ex-prefeito Rodrigo Damasceno , agora no PSDB, será ancorada numa frente de esquerda formada por PT-PSB-PCdoB, para disputar a prefeitura de Tarauacá. Comunistas e petistas se uniram para chegar ao poder usando os tucanos.

QUEM MELHOR
O PROGRESSISTAS foi quem melhor se articulou, na capital, nesta onda de novas filiações.

ARMOU MAL
Quem armou mal foi o MDB por optar por uma linha de pancadas no governo, aliás, panca daria sem o menor sentido prático, já que o Gladson Cameli não é candidato a prefeito.

CAMPANHA DE CRIATIVIDADE
O prefeito Ilderlei Cordeiro deu um show de criatividade ao contratar artistas circenses para fazer uma campanha de rua diferente, para alertar os populares sobre como combater o coronavírus. Além de informar à população ajudou no sustento dos artistas de circo.

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.