Conecte-se agora

Acre não será contemplado com kits da Fiocruz para diagnóstico do coronavírus

Publicado

em

O Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen-AC) não será contemplado com a distribuição de kits fornecidos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para diagnóstico laboratorial do novo coronavírus (covid-19). A distribuição dos kits começou nesta quarta-feira, 4, e na região Norte do país apenas o Lacen do Amazonas, Pará e Roraima serão contemplados.

A intenção é fazer com que os laboratórios centrais estaduais também passem a fazer o diagnóstico para acelerar o processamento dos exames. Além de testes para coronavírus, a Fiocruz vai entregar aos laboratórios kits para identificar os vírus Influenza A e B.

Para isso, os profissionais desses laboratórios passarão por capacitação para a realização dos testes. Até então, além da Fiocruz, apenas laboratórios de São Paulo, Pará e Goiás realizam o diagnóstico. O objetivo, conforme publicado pela Agência Brasil, é se antecipar a uma possível disseminação do coronavírus no país e, com isso, aumentar a capacidade de produção de testes para atender a demanda.

No Nordeste, Bahia, Ceará, Pernambuco e Sergipe receberão os insumos; no Sudeste, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais; no Centro-Oeste Distrito Federal e Mato Grosso do Sul vão receber os kits e no Sul Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Não foi informado pelo Ministério da Saúde qual critério adotado para envio dos kits a determinados estados. Os kits foram desenvolvidos no Brasil pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz) e pelo Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP). A capacitação será conduzida pelo Laboratório de Vírus Respiratório e Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).

Cotidiano

Justiça Eleitoral lança plataforma digital de combate as ‘fake news’

Publicado

em

A Justiça Eleitoral lançou na última semana, o Sistema de Alerta de Desinformação Contra as Eleições, onde a população poderá comunicar sobre o recebimento de notícias falsas ou manipuladas sobre o processo eleitoral brasileiro.

No site, é possível enviar vídeos, áudios e textos julgados como contendo inverdades, que serão repassadas às plataformas digitais e as agências de checagem parceiras da Corte Eleitoral.

De acordo com a gravidade do caso, os relatos recebidos poderão ser encaminhados ao Ministério Público Eleitoral (MPE) e demais autoridades para adoção das medidas legais cabíveis.

A ferramenta está disponível no site do *Tribunal Superior Eleitoral (TSE)*. Para registrar um alerta, basta escolher o tipo de denuncia, indicar qual a plataforma onde a informação está disposta, inserir um link ou anexar um arquivo e enviar.

“A partir de agora, qualquer pessoa poderá acessar esse sistema, que já está disponível no site do TSE, e reportar episódios envolvendo a circulação de notícias falsas, portadoras de inverdades sobre o sistema eleitoral brasileiro, que atentem contra a imagem de segurança e integridade do processo de votação e que possam afetar a normalidade do pleito eleitoral”, disse o ministro Edson Fachin.

Continuar lendo

Acre

Casai passa por reforma e ampliação com emenda de Mailza

Publicado

em

A Casa de Saúde Indígena do Acre (Casai) está sendo reformada e ampliada com uma emenda de R$ 1 milhão da senadora Mailza (Progressistas-AC). A parlamentar acompanhada do chefe da unidade, Reginaldo Rodrigues da Silva e equipe do Distrito Sanitário Especial Indígena (DISEI) Alto Rio Purus, vistoriou as obras do local, referência no atendimento aos indígenas de todo o Acre. A unidade recebeu um investimento de R$ 2,1 milhões com uma contrapartida de R$ 1,2 milhão do Governo Federal.

Mailza destacou que todo este trabalho é uma obrigação como parlamentar e que, desta forma, tem defendido fortalecer a saúde indígena, pois é a partir daí que irá proporcionar condições para defender os demais direitos.

“Eu me lembro de quando estive aqui em 2019 e vi o quanto precisava dessa ampliação. Me comprometi e hoje para mim, não é só uma reforma. É um sonho realizado saber que nossos indígenas terão mais conforto num momento delicado, longe de suas terras, seus costumes, suas tradições. E saber que estamos oferecendo melhores condições para eles, faz toda a diferença”, destacou.

A reforma prevê ampliação de um bloco administrativo, melhorias nas estruturas de alojamento comum e de isolamento, além das salas de atendimentos de saúde. Com as obras, será possível sanar problemas de climatização, vazamentos e outros detalhes nos banheiros interditados, além de melhorar a cozinha. O espaço não passa por reformas desde 2014.

Atualmente, a Casai atende os indígenas dos DSEI Alto Rio Purus e Alto Rio Juruá, além de casos referenciados do Envira. Ao todo, 120 pessoas, entre pacientes e acompanhantes, são atendidos na unidade.

As obras seguem em ritmo acelerado. “Estamos trabalhando para entregar o mais breve possível nós queremos cumprir a meta estabelecida até dezembro“, disse o engenheiro civil responsável, Mateus Pontes.

Estavam presentes o gestor de Saúde Indígena da Sesacre, Vanderson Brito, a chefe da Divisão de Atenção à Saúde Indígena (DIASI) do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) do Alto Rio Purus (ARP), Silviana Amaral; o chefe do Serviço de Edificações e Saneamento Ambiental Indígena – SESANI – DSEI/ARP, José Carlos Lira e o assistente administrativo do DSEI/ARP, Guilherme Miguel Teixeira.

Continuar lendo

Acre

Alan Rick entrega equipamentos ao PS e veículo para Associação Cristã

Publicado

em

O deputado federal Alan Rick (União Brasil) entregou nesta segunda-feira, 27, três mesas cirúrgicas e três focos cirúrgicos para o Pronto Socorro de Rio Branco. Os equipamentos foram adquiridos pelo governo do Estado, através da Secretaria de Saúde – SESACRE, com parte do recurso de emenda destinada pelo parlamentar no valor de R$ 500 mil. Nos próximos dias, ainda será entregue um ventilador pulmonar e uma caminhonete, também frutos de emenda do deputado.

A diretora do Pronto Socorro agradeceu a sensibilidade de Alan Rick diante da necessidade de estruturar o centro cirúrgico do hospital. “Esses equipamentos vão nos ajudar muito, vão agilizar as cirurgias. A gente só tem a agradecer ao deputado por essa emenda que garantiu a compra desses equipamentos que chegam em boa hora.” – disse.

A diretora de planejamento da Secretaria de Saúde, Alissandra Santos, explicou que a emenda foi destinada em 2019 e agora, após os trâmites burocráticos, a entrega se concretiza. “As unidades carecem dessa estruturação e o Alan é a mão amiga da saúde, que nos atende, que nos acolhe e a gente tem conseguido graças a Deus correr atrás da execução das emendas e a resposta é essa. Os equipamentos estão chegando, estão estruturando e vem mais por aí” –afirmou.

Alan Rick também já garantiu R$ 1,4 milhão para aquisição de equipamentos e veículos para o mutirão de cirurgias.

“Responder a necessidade do Pronto-Socorro com esses equipamentos que vão aumentar a capacidade de atendimento me dá muita alegria. Ajudar a nossa população é a minha missão e eu tenho dedicado o meu mandato a melhorar a rede de atendimento de saúde do nosso estado e dos municípios. Graças a Deus podemos entregar, hoje, essas mesas e focos cirúrgicos que vão ser fundamentais para o nosso PS” –concluiu.

Veículo para a ACALFA

A Associação Cristã Alfa (ACALFA) recebeu, nesta segunda-feira, 27, o segundo veículo, fruto de emenda destinada pelo deputado federal Alan Rick ao fortalecimento da rede de assistência social do Acre. Ao todo, 15 veículos foram entregues a entidades de Rio Branco e Cruzeiro do Sul, frutos de emendas do parlamentar que somam R$ 3,5 milhões. O recurso também contempla a aquisição de equipamentos que têm previsão de entrega para esta semana.

São 20 entidades beneficiadas, entre elas instituições não governamentais e da própria rede de assistência do estado.

Continuar lendo

Destaque 2

Homens e mulheres são obrigados a dividir o mesmo banheiro na recepção do Pronto-Socorro

Publicado

em

Pacientes e acompanhantes que aguardam atendimento no Pronto-Socorro da capital acreana convivem com uma situação constrangedora.

Há muitos meses homens e mulheres são obrigados a dividir o mesmo banheiro na recepção da maior unidade de urgência e emergência do Acre.

A situação incomoda quem busca atendimento no local. “Eu acho desconfortável, se uma pessoa, por exemplo esquecer de fechar a porta a gente pode passar por uma situação constrangedora”, diz Maria Alice Silva que levou o filho para uma consulta.

O ac24horas procurou Dona Vitorino, gerente geral do Pronto-Socorro da capital acreana, ela confirmou a situação, mas disse que que um outro banheiro está sendo providenciado.

“Quando a gente assumiu a gerência quatro meses atrás nos deparamos com essa situação. O que a gente tá fazendo é resolver um outro banheiro que já existia, mas que precisava de reparos e dentro de pouco tempo a gente vai ter um banheiro exclusivamente para o uso das mulheres”, disse.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!