Conecte-se agora

Ifac oferta 520 vagas para cursos superiores através do Sisu

Publicado

em

O Instituto Federal do Acre (Ifac) está ofertando 520 vagas para cursos superiores, nos municípios de Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Xapuri, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições, que tiveram início nesta terça-feira (21.01), devem ser realizadas até o dia 24 de janeiro pelo site http://sisu.mec.gov.br/.

Conforme edital, podem concorrer às vagas os candidatos que tenham realizado a edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019), como também obtido nota diferente de zero na Redação.

Dentre os cursos ofertados pelo Ifac estão: Bacharelado em Administração (Rio Branco) e Zootecnia (Sena Madureira), Licenciatura em Ciências Biológicas (Rio Branco), Física (Cruzeiro do Sul e Sena Madureira), Matemática (Cruzeiro do Sul e Rio Branco) e Química (Xapuri), além de Tecnólogo em Agroecologia (Cruzeiro do Sul), Gestão Ambiental (Xapuri), Gestão do Agronegócio (Tarauacá), Processos Escolares (Cruzeiro do Sul) e Sistemas para Internet (Rio Branco).

De acordo com o calendário do Ministério da Educação (MEC), o resultado da chamada regular será divulgado no dia 28 de janeiro. As matrículas dos aprovados em primeira chamada serão realizadas entre os dias 29 de janeiro e 04 de fevereiro, nos setores de Registro Escolar das unidades do Ifac em Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Xapuri.

As Inscrições devem ser feitas até o dia 24 de janeiro pelo site https://sisu.mec.gov.br/

Com informações da assessoria do IFAC

Destaque 6

Auxílio Brasil é pago hoje a beneficiários com NIS de final 5

Publicado

em

A Caixa Econômica Federal paga hoje (23) a parcela de setembro do Auxílio Brasil aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 5. Esta é a segunda parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional.

A emenda também liberou a inclusão de 2,2 milhões de famílias no Auxílio Brasil. Com isso, o total de beneficiários atendidos pelo programa subiu para 20,2 milhões neste semestre, a partir deste mês.

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Em janeiro, o valor mínimo do Auxílio Brasil voltará a R$ 400, a menos que uma nova proposta de emenda à Constituição seja aprovada. Tradicionalmente, as datas do Auxílio Brasil seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês.

Confira o calendário

Final do NIS jun jul ago set out nov dez
1 17/06 18/07 18/08 19/09 18/10 17/11 12/12
2 20/06 19/07 19/08 20/09 19/10 18/11 13/12
3 21/06 20/07 22/08 21/09 20/10 21/11 14/12
4 22/06 21/07 23/08 22/09 21/10 22/11 15/12
5 23/06 22/07 24/08 23/09 24/10 23/11 16/12
6 24/06 25/07 25/08 26/09 25/10 24/11 19/12
7 27/06 26/07 26/08 27/09 26/10 25/11 20/12
8 28/06 27/07 29/08 28/09 27/10 28/11 21/12
9 29/06 28/07 30/08 29/09 28/10 29/11 22/12
0 30/06 29/07 31/08 30/09 31/10 30/11 23/12

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas, científicas ou acadêmicas.

Podem receber os benefícios extras as famílias com renda per capita de até R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e de até R$ 200, em condição de pobreza.

Agência Brasil elaborou um guia de perguntas e respostas sobre o Auxílio Brasil. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para integrar o programa social, os nove tipos diferentes de benefícios e o que aconteceu com o Bolsa Família e o auxílio emergencial, que vigoraram até outubro do ano passado.

Auxílio Gás

Neste mês não haverá o pagamento do Auxílio Gás, que beneficia famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Como o benefício só é concedido a cada dois meses, o pagamento voltará em outubro.

Só pode receber o Auxílio Gás quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Continuar lendo

Destaque 6

Datafolha para presidente: Lula tem 47%; e Bolsonaro, 33%

Publicado

em

Pesquisa Folha/Globo/Datafolha divulgada nesta quinta-feira (22) mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à frente, com 47% das intenções de voto na corrida pelo Palácio do Planalto. O presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 33%. O primeiro turno das eleições acontece em 2 de outubro.

Na sequência, aparecem Ciro Gomes (PDT), com 7%; Simone Tebet (MDB), com 5%; Soraya Thronicke (União Brasil), com 1%.

A parcela dos que dizem que votarão em branco ou nulo representa 4% dos entrevistados. Os indecisos e os que não responderam somam 2%.

A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Foram ouvidas 6.754 pessoas face a face entre terça-feira (20) e esta quinta (22). A pesquisa, encomendada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela TV Globo, foi registrada na Justiça Eleitoral com o número BR-04180/2022. O nível de confiança da pesquisa é 95%.

O Datafolha também testou um cenário de segundo turno. Confira abaixo os resultados.

Primeiro turno

Intenção de voto estimulada para presidente:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 47%

Jair Bolsonaro (PL) – 33%

Ciro Gomes (PDT) – 7%

Simone Tebet (MDB) – 5%

Soraya Thronicke (União) — 1%

Felipe D’Avila (Novo) – 0

Sofia Manzano (PCB) – 0

Vera Lucia (PSTU) – 0

Leonardo Péricles (UP) – 0

José Maria Eymael (DC) – 0

Padre Kelmon (PTB) – 0

Brancos e nulos – 4%

Indecisos – 2%

Segundo turno

Intenção de voto estimulada para presidente:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 54%

Jair Bolsonaro (PL) – 38%

Brancos e nulos – 7%

Indecisos – 2%

Debate

As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.

O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.

Continuar lendo

Destaque 6

Cruzeiro do Sul é o vencedor do Copão do Vale do Juruá

Publicado

em

A seleção de futebol de Cruzeiro do Sul, que venceu a de Mâncio Lima por 1 a 0, sagrou-se campeã do Copão Vale do Juruá na noite desta quarta-feira, 21, no Estádio o Cruzeirão.

Na outra partida da noite, a seleção de Rodrigues Aves perdeu de 1 a 0 do Guajará no Amazonas, que ficou em terceiro lugar na competição iniciada no sábado, 17.

As competições marcaram a reabertura do Estádio O Cruzeirão, que passou por uma reforma e ganhou iluminação de led. Em todos os jogos do Copão, o Estádio ficou lotado. Os torcedores não pagaram para assistir aos jogos de times e nem as equipes tiveram gastos com taxas, uniformes e outros itens. O recurso de uma emenda parlamentar também garantiu os troféus e medalhas para os campeões das competições.

Continuar lendo

Destaque 6

Tarauacá diz que show de Amado Batista será pago pelo governo, mas extrato indica recursos próprios

Publicado

em

Depois de esclarecer que a contratação do cantor Amado Batista para se apresentar no Festival do Abacaxi, que será realizado nos dias 7, 8 e 9 de outubro, seria bancada com recursos repassados pelo governo do Estado via convênio, a Prefeitura de Feijó publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (22) o Extrato nº 50/2022, referente ao contrato com a empresa que representa o artista dando a entender que os recursos são, na verdade, do município.

No documento, consta como fonte do recursos a indicação 001 (RP), que significa “Recursos Próprios”. Questionada, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura reforçou que a despesa com a contratação de Amado Batista será paga com dinheiro repassado pela Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (SEET) via convênio com o município. Ainda segundo a Assessoria, a informação que consta do extrato publicado no DOE foi um “erro material” e que será corrigido nesta sexta-feira (23).

Em novo contato, a Assessoria Jurídica da Prefeitura de Tarauacá informou que o repasse feito pelo governo via SEET foi de R$ 250 mil, o que significa que o município destinará o valor de R$ 10 mil em recursos próprios para complementar o pagamento do cachê do cantor de renome nacional, que é de R$ 260 mil, segundo o edital de inexigibilidade de licitação, para os 80 minutos de duração prevista para a apresentação de Amado Batista.

No Termo de Convênio nº 012/2022 firmado entre a Secretaria de Empreendedorismo e Turismo com Prefeitura de Tarauacá e publicado no Diário Oficial no dia 1º de julho de 2022, não está explicitado que os R$ 250 mil repassados ao município têm o fim específico de pagar o show de Amado Batista, mas como objeto da cooperação para a realização do evento, um dos maiores do calendário cultural do município.

O Termo de Convênio ainda diz que “o detalhamento dos objetivos, metas e etapas de execução com os respectivos cronogramas, devidamente justificados para o período de vigência deste Convênio, constam no Plano de Trabalho e no respectivo Projeto Técnico, integrantes deste instrumento, independente de transcrição”.

Em junho deste ano, os shows dos cantores Thaeme e Thiago, Kelvin Araújo e Eros Biordini, que se apresentariam na Expo Tarauacá, no mesmo município, cujas contratações pela prefeitura custariam R$ 340 mil aos cofres públicos, foram suspensos por determinação da Justiça. Após isso, a prefeitura cancelou a realização do festival.

Naquele mesmo mês, o procurador-geral de Justiça, Danilo Lovisaro, e o corregedor-geral, Álvaro Luiz Araújo Pereira, pediram atenção dos promotores aos atos do Poder Público, especialmente às prefeituras, relacionados à contratação direta de profissionais do setor artístico ou por meio de empresários.

Isso tudo aconteceu em meio a uma onda de determinações judiciais para suspensão de shows a pedido do Ministério Público que causaram repercussão no estado como continuidade de uma onda de procedimentos semelhantes em outros locais do país que gerou uma verdadeira crise relacionada aos shows contratados por prefeituras.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.