Conecte-se agora

Inscrições no Sisu começam na próxima semana; confira data

Publicado

em

237.128 vagas estão disponíveis em todo o país

Um dos principais acessos ao ensino superior público, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) terá, em breve, as inscrições relativas ao semestre 2020.1 liberadas. Segundo cronograma do Ministério da Educação (MEC), o prazo para a reserva de vagas será do dia 21, próxima terça-feira, até o dia 24, sexta. 

Serão oferecidas 237.128 vagas em 128 instituições em todo o Brasil. A inscrição deverá ser feita pela internet com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que está prevista para ser divulgada nesta sexta-feira (17).

O Sisu permite que candidatos que fizeram o Enem disputem uma vaga nas universidades públicas participantes. Por isso, no site do programa é possível escolher duas opções de cursos, em diferentes universidades federais e estaduais espalhadas pelo país. 

Outros prazos:

  • As inscrições vão de 21/1 a 24/1;
  • É possível escolher dois cursos (primeira e segunda opção);
  • O sistema atualiza uma vez ao dia e muda a ordem dos inscritos conforme a nota do Enem;
  • A primeira atualização será divulgada a partir da 0h de 23/1;
  • Recomenda-se que o estudante entre no sistema uma vez ao dia para saber se a disputa pela vaga ainda é viável ou se prefere mudar de curso;
  • O resultado da chamada regular sai no dia 28/1;
  • Se for aprovado na segunda opção de curso, o candidato não será incluído na lista de espera da primeira opção;
  • O prazo para escolher participar da lista de espera é de 29/1 a 04/2;
  • A convocação da lista de espera será no dia 7/2 a 30/4.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil 

 

Anúncios

Cidades

Em Brasiléia, professora aposentada morre por complicações de dengue

Publicado

em

Risomar Ferreira Feitosa, servidora aposentada da Educação, faleceu nesta terça-feira, 26, por complicações da dengue, de acordo com nota divulgada pela prefeitura de Brasiléia. Ela trabalhou por vários anos na tradicional escola Getúlio Vargas.

Mesmo aposentada, Risomar trabalhava alfabetizando várias crianças do município por meio de aulas particulares. A prefeitura cita a professora como uma mulher íntegra, honesta e muito querida em Brasiléia e Epitaciolândia.

Na nota, a prefeita Fernanda Hassem e o vice-prefeito Carlinhos do Pelado manifestaram pesar pela morte da educadora e prestaram condolências aos filhos Vânia, Rosicléia, Anny, Carlos Filho e Bruna Alice (neta que ela criou como filha).

Desde o início do ano, os municípios da regional do Alto Acre vêm enfrentando um surto de dengue que somado à crise já instalada pelo novo coronavírus tornou caótico o atendimento no Hospital Regional de Brasiléia, que atende a quatro municípios.

No último domingo, 24, Brasiléia havia registrado a morte do ex-vice-prefeito e ex-vereador Creumar Monteiro Pontes Filho, vítima de infarto seguido de AVC. Ele também havia ocupado outros cargos na administração pública municipal.

Continuar lendo

Acre 01

Mailza Gomes reitera importância das igrejas e afirma que Gladson foi sensato em novo decreto

Publicado

em

Após a publicação do decreto que determinou o toque de recolher desde ontem, segunda feira, 25, das 22h até às 06h com vigência até 25 de fevereiro, a senadora Mailza Gomes (Progressistas-AC) afirmou que o governador Gladson Cameli foi sensato na decisão de manter horário adequado ao funcionamento da economia do estado, sem esquecer também da importância de outras atividades.

A parlamentar destacou ainda que o governador foi sensível ao funcionamento das igrejas e templos religiosos que não foram afetadas pelo decreto e pontou que essas atividades são essenciais, na medida em que são espaços onde as pessoas buscam conforto espiritual. A parlamentar reiterou ainda a importância de as igrejas continuarem mantendo os protocolos de saúde para garantir a segurança dos fiéis.

A senadora Mailza, que desde o começo tem sido sensível e enviado recursos pra minimizar os efeitos da Covid-19, reforçou a importância da união de todos para a superação dos graves impactos que a pandemia de Covid-19 tem provocado à saúde e economia do Acre e do Brasil.

“Vencer essa pandemia é um desafio de todos. A colaboração e participação de cada um, seguindo as orientações das autoridades de saúde, como distanciamento social, uso de máscaras e álcool em gel são extremamente importantes,” finalizou Mailza.

Continuar lendo

Acre

2ª onda da Covid-19 evoluiu com afrouxamento de restrições

Publicado

em

O índice de medidas legais adotadas pelo Acre caiu de 7,1 em abril de 2020 para 3,5 em dezembro/20 ao mesmo tempo em que o número de novos óbitos por 1 milhão de habitantes decorrentes da Covid-19 aumentou de 0,7 para 2,6 no mesmo período.

O índice é ponderado pela população de cada Estado, possuindo uma escala de 0 a 10 – em que 10 é o mais restrito (apenas dias úteis). Ou seja: para o Acre, abril foi o pico da restrição.

Os dados constam da nota técnica “A segunda onda da pandemia (mas não do distanciamento físico): Covid-19 e políticas de distanciamento social dos governos estaduais no Brasil”, que o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgou nesta terça-feira (26).

Segundo o Ipea, os casos de Estados que possuem planos robustos de flexibilização das medidas de distanciamento, é preciso alguma cautela na interpretação destes dados. Nestes, o enrijecimento – ou relaxamento – das medidas depende de parâmetros objetivos, especialmente o número de novos casos, óbitos ou internações, assim como a disponibilidade de leitos hospitalares. Entre os estados que atravessam – ou atravessaram – uma segunda onda de Covid-19, tais parâmetros existem e são seguidos no Acre, no Espírito Santo, no Rio Grande do Sul e em São Paulo (Moraes, Silva e Toscano, 2020). Como os planos nestes estados são regionalizados (ou seja, maior rigidez é aplicada a áreas de maior risco), medidas de distanciamento físico podem ter sido enrijecidas em partes do estado – o que não necessariamente é captado pelo IDS.

Apesar da possibilidade – e depois certeza – de uma segunda onda não ter induzido uma mudança significativa no grau de rigor das medidas de distanciamento na maior parte do país, os níveis de isolamento social cresceram ligeiramente. Conforme se observa no gráfico 4, o índice de isolamento social cresceu a partir de novembro de 2020 em quase todos os Estados.

Isto ocorreu ainda que medidas legais de distanciamento físico não tenham sido enrijecidas – indicando que uma parte maior da população se isolou voluntariamente.

Ainda assim, os níveis altos de isolamento observados no final de março e início de abril de 2020 estiveram longe de ser atingidos. Ademais, os altos índices de correlação (superior a 0,5 em 24 UFs) indicam que o grau de rigor das medidas de distanciamento físico está associado ao quanto as pessoas se mantêm em casa.

Continuar lendo

Acre

Acre tem mais duas mortes e 235 novos casos de Covid-19

Publicado

em

Os casos de Covid-19 continuam aumentando de forma assustadora. A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) registra 235 novos casos de infecção por coronavírus nesta terça-feira, 26, sendo 210 casos confirmados por exame de RT-PCR e 25 testes rápidos. O número de infectados subiu de 46.539 para 46.774 nas últimas 24 horas.

Até o momento, o Acre registra 132.176 notificações de contaminação pela doença, sendo que 84.482 casos foram descartados e 920 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 39.403 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 164 pessoas seguem internadas.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas de acordo com a plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitos a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Mais 2 notificações de óbito foram registradas nesta terça-feira, 26, sendo 1 do sexo masculino e 1 do sexo feminino, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 856 em todo o estado.

Óbito do sexo masculino:

Morador de Epitaciolândia, M. B. F., de 94 anos, deu entrada no dia 15 de janeiro, no Hospital Raimundo Chaar, em Brasileia, vindo a óbito nesta terça-feira, dia 26.

Óbito do sexo feminino:

Moradora de Rio Branco, A. M. S., de 44 anos, deu entrada no dia 11 de janeiro, no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), vindo a falecer no dia 25.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas