Conecte-se agora

Último FPM de 2019 é repassado às prefeituras; Rio Branco leva R$ 10,7mi

Publicado

em

O último repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será creditado hoje, 30 de dezembro, na conta das prefeituras do Acre. Somado ao dinheiro do Pré-Sal, que será pago nesta terça-feira (31) os prefeitos tem mais facilidade de fechar as contas de 2019, incluindo o pagamento do 13o salário do servidores.

Nada menos que R$19.802.438,69 em valores brutos estão sendo repassados aos 22 municípios. Rio Branco, que já pagou salário de dezembro e 13o, fica com a maior parte, R$10.745.750,11. O FPM é repassado três vezes ao mês, um cada dez dias.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que o valor nacional do crédito é de R$ 2,9 bilhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de R$ 3,7 bilhões.

De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o 3º decêndio de dezembro de 2019, comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou um crescimento de 6,84% em termos nominais – valores sem considerar os efeitos da inflação). O acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, teve crescimento de 9,01%.

Com relação ao acumulado do ano, o valor total do FPM apresentou crescimento ao longo do ano. O total repassado aos municípios brasileiros no período de janeiro até o 3º decêndio de dezembro de 2019 apresentou um crescimento de 8,94% em relação ao mesmo período de 2018. O FPM fechou o ano com um crescimento de 5,12% em relação ao mesmo período do ano anterior. O FPM é a principal fonte de receita da grande maioria dos Municípios. Os números apontam que, apesar das dificuldades enfrentadas, o FPM fechou o ano com um resultado positivo.

Cotidiano

PM conhecido por ações sociais denuncia perfil fake em seu nome que vende armas de fogo

Publicado

em

Derineudo Souza é um Policial Militar acreano bastante conhecido em todo o estado pelas ações de solidariedade que realiza. Coordenando um grupo de pessoas que apostam na ajuda a quem mais precisa para melhorar a vida de todos, já conseguiu construir casa, comprar equipamentos, sempre contando com uma grande rede de solidariedade.

Ainda assim, Derineudo não conseguiu escapar de ser vítima de fake news. O PM denuncia a criação de uma perfil falso em uma rede social, onde foi colocada uma foto sua e o golpista anuncia que o militar estaria vendendo uma arma.

O policial foi alertado por amigos das redes sociais, cuja arma foi oferecida. “O perfil é falso, não tem nenhum amigo e foi criado do dia 20 para o dia 21 de setembro. Quero deixar claro que essa pessoa não sou eu e já estou tomando as devidas providências para que essa pessoa seja responsabilidade”.

Derineudo gravou um vídeo em uma delegacia, onde registrou um Boletim de Ocorrências, e pede que as pessoas não respondam ao perfil falso e apenas denunciem.

Continuar lendo

Cotidiano

Devido ao calor, prefeitura suspende vacinação no drive-thru por tempo indeterminado

Publicado

em

A Secretaria de Saúde de Rio Branco (Semsa) informou que decidiu suspender a vacinação no drive-thru, montado em frente ao 7º BEC. A suspensão passa a valer a partir desta quarta-feira, 22.

De acordo com o comunicado, divulgado pela assessoria de comunicação da prefeitura de Rio Branco, o motivo da suspensão da vacinação no local ocorre devido ao calor. As altas temperaturas climáticas podem ocasionar estrago nos imunizantes.

O órgão de saúde destacou que a aplicação da segunda dose da Coronavac e da AstraZeneca, que eram aplicadas no drive-thru, vão se disponibilizadas na Urap Eduardo Assmar, na Rua Júlio Camilo de Oliveira, 149, bairro Quinze.

“O motivo se dá em virtude do calor excessivo em Rio Branco e pelos atendimentos serem realizados nas tendas que cobrem o local. Com isso, a alta temperatura pode comprometer a integridade dos imunizantes”, diz trecho da nota.

Continuar lendo

Cotidiano

Queimadas exterminam número incontável de animais no Acre, denuncia Defesa Civil

Publicado

em

Em um único dia, na última segunda-feira, 20 de setembro, Rio Branco registrou 25 grandes incêndios, alguns deles ganharam repercussão outros viraram estatística.

A imensa maioria tem a ação humana como causa, segundo a Defesa Civil de Rio Branco e todos geram imensos prejuízos em vários aspectos. Pouco comentado, o estrago à fauna tem chamado a atenção do chefe da DC, o Major Claudio Falcão, que diariamente registra um número incontável de animais calcinados pelos incêndios.

Não há estudo nem contabilidade sobre o tema na capital do Acre mas Falcão considera que, baseando-se nas operações dos bombeiros e da DC, sejam muitos, levando em conta os insetos e outros bichos menores que guardam igualmente relevância no sistema ambiental -mas acabam destruídos na teimosia das inconsequente das queimadas.

“Os principais animais que a gente encontra são tatus, cobras, bichos-preguiça, tamanduá e aves também”, disse Falcão ao ac24horas. “É preciso que todos nós estejamos unidos no combate a essas queimadas”, completou.

Fora a fauna e flora, as pessoas sofrem muito com as queimadas mas há públicos mais vulneráveis, como crianças e idosos -e há perdas consideráveis no patrimônio público e privado.

A boa notícia é que, segundo o portal O Tempo Aqui, o pior da seca já passou e as chuvas devem ser mais frequentas a partir da 2ª quinzena de setembro no Acre. Com as chuvas, as queimadas diminuem, o fumaceiro passa e a vegetação tenta se recuperar, trazendo melhor possibilidade de vida a todos, inclusive os animais.

Continuar lendo

Cotidiano

INCRA no Acre alerta que produtores podem acessar crédito para atividades em lotes

Publicado

em

Os beneficiários do Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA) têm à disposição linhas de crédito que permitem a instalação no assentamento e o desenvolvimento de atividades produtivas nos lotes. O chamado Crédito Instalação é a primeira etapa de financiamento garantido pelo Incra às famílias

O recurso está disponível nas modalidades Apoio inicial – para apoiar a instalação no assentamento e a aquisição de itens de primeira necessidade; Fomento – para viabilizar projetos produtivos de promoção da segurança alimentar e nutricional e de estímulo à geração de trabalho e renda; Fomento Mulher – para implantar projeto produtivo sob responsabilidade da mulher titular do lote. Existem famílias que conseguem acessar os três recursos ao mesmo tempo, o que totaliza R$ 16.600 reais.

Moisés Barros, coordenador técnico do Programa Crédito de Instalação, afirma que o programa visa incentivar às famílias produtoras, com o objetivo de incentivar a produção e o desenvolvimento da agricultura familiar nos assentamentos. “s famílias que ainda não tiveram acesso devem procurar o Incra ou suas prefeituras para que elas passem esse cadastro para nós e possamos liberar novos recursos. Temos como exemplos os municípios de Marechal Thaumaturgo e Cruzeiro do Sul onde foram investidos, em cada um, cerca de R$ 6 milhões de reais’, afirma.

Moisés fala da importância das famílias que já tiveram acesso ao programa e ainda não conseguiram pagar o valor mínimo. “O recurso é chamado de educativo porque há um desconto de 80 a 90% do valor e esse valor que deve ser devolvido algumas famílias perderam o prazo por conta da pandemia. Para não perder o desconto, o assentado precisa realizar o pagamento até o próximo dia 30 de setembro”, explica Moisés.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas