Conecte-se agora

Na política, não se planta adversários, se colhe aliados 

Publicado

em

O PT passou duas décadas no poder porque tinha como seu principal capital a unidade com os aliados. A caminhada até então vitoriosa da FPA, aliança puxada pelos petistas, só começou a desmoronar nos últimos quatro anos do governo anterior, quando deixaram de prestigiar os seus apoiadores. E isso culminou com a briga interna pela disputa do Senado entre os candidatos a senadores Ney Amorim e Jorge Viana, que acabou por espatifar o restinho da união que reinava na FPA. Mas o PT passou 20 anos para chegar á situação de derrocada que o levou à fragorosa derrota da última eleição. O novo governo que chegou ao Palácio Rio Branco,  em menos de um ano já está envolto em brigas paroquiais que podem ser fatais à unidade. O exemplo é esta briga sem sentido apoiada pelo governador e subalternos, com o político mais votado da última eleição, senador Sérgio Petecão (PSD). Numa briga deste porte, só quem tem a perder é quem se encontra no poder. Se alguém conseguir me provar o que o governador vai ganhar alimentando esta pendenga, vou dar razão. Mas, isso não será possível, por falecer razão aos governistas. Qual a mentira do Petecão ao dizer que, os bairros de Rio Branco são violentos? Isso é motivo para um ataque em massa contra um senador, que foi um dos maiores colaboradores para o atual projeto chegar ao poder? Outro exemplo negativo foi o do vice-governador Major Rocha sair da capital para promover ataques pessoais ao prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), outro que colaborou para vitória do governador. Os primeiros a tentar evitar rachas na base aliada seriam o governador e seu vice. Isso seria a lógica. Mas, pelo visto estão remando no sentido contrário à unidade. Fecho o comentário com uma máxima da política mineira: “Na política, não se planta adversários, se colhe aliados”.

 QUAL O NOME? 

O PROGRESSISTAS, Um dos maiores partidos do Acre, se encontra no poder, tem todo o direito de se articular para ter uma candidatura própria à prefeitura da capital. A questão é que vão precisar encontrar um nome de densidade eleitoral, os citados até aqui não têm este atributo.

ATÉ PROVA EM CONTRÁRIO

Não balizo meus comentários por partido ou ideologia. Também não condeno ninguém por antecipação. Por isso me reservo a apontar culpabilidade do ex-prefeito Marcus Alexandre, nas acusações de desvios financeiros na EMURB, sem antes a justiça decidir. Até lá, ele está limpo.

DEMISSÃO E CONVERSA

O governador e o vice-governador Major Rocha tiveram uma conversa antes da demissão do diretor do DETRAN, Isaias Brito, por criticar publicamente atos de governo. Rocha concordou que não havia medida outra a ser tomada. Não houve, portanto, racha por conta da decisão.

ALIADO PRÓXIMO

O ex-diretor do DETRAN, Isaias Brito, é um dos aliados mais próximos do vice Major Rocha.

MANUEL URBANO, ABANDONADO POR VOCÊ

Manuel Urbano foi abandonado pelo Estado. Não há um Delegado de Polícia efetivo, a unidade hospitalar e outros bens públicos estão deteriorados, enfim, quadro desolador. Amigo com passagem recente pelo município diz que, se sentiu saindo de uma cidade fantasma.

COMPLETAMENTE DESINFORMADO

É bobagem, adversário com cargo na área de segurança acusar o senador Sérgio Petecão (PSD) de só pensar em política e eleição. Desinformação. Petecão ainda terá sete anos de mandato.

FECHANDO O PERÍODO

A ALEAC terá mais dois dias para debates e votações, hoje e amanhã, na quinta-feira encerra com uma sessão solene para a entrega de títulos de Cidadão Acreano. Neste bojo entrará em discussão o polêmico projeto de criação do Instituto da Saúde, não suficientemente explicado.

E SERVIU PARA ALGUMA COISA?

Também será votado o projeto que acaba com a secretaria de articulação política, que na verdade vem funcionando como cabide de emprego. Essa secretária serviu para alguma coisa?

NOME NO AR

Uma fonte confiável do governo garantiu ontem ao BLOG que, um dos prefeitos atuais do PT, se for reeleito, no dia seguinte da eleição se filiará no PROGRESSISTAS. É um compromisso assumido com o governador. Deixou o nome no ar. Façam então as suas especulações.

NOME EM ALTA

Sérgio Moro apareceu na pesquisa do DATA-FOLHA com 53% de aceitação popular, bem superior ao índice do presidente Bolsonaro. A campanha na mídia pelo PT para queimar o Moro, não funcionou. Ao contrário, sua imagem continua em alta perante os brasileiros.

TIRO NO PÉ

Depois no tiro no pé que o ex-deputado Jairo Carvalho e seu grupo deram ao tentar expulsar o prefeito de Senador Guiomard, André Maia, do PSD, sendo desautorizados pela direção regional, é de se indagar se ainda continuarão no partido ou migrarão para outra sigla.

RINDO

O prefeito André Maia anda pelos quatro cantos de Senador Guiomard, rindo da patuscada.

CENAS DO COTIDIANO

Um açougueiro e um entregador de pizzas se atracando com assaltantes, foram cenas que dominaram as redes sociais. Cenas lamentáveis do cotidiano da cidade. Sem falar no grande número de execuções nos últimos três dias e de pessoas baleadas. Cidade pacata? Menos! 

O QUE É A POLÍTICA!

Quem é que diria um dia ver um dos petistas mais ativos, o ex-prefeito de Porto Acre, Zé Maria, se filiando ao MDB para disputar a prefeitura do município, pajeado na solenidade pelo deputado federal Flaviano Melo (MDB) e pelo ex-prefeito Vagner Sales (MDB). Pois é, né?

DISCURSO VAZIO

Tenho batido na coluna que passou do tempo de validade as lideranças políticas e integrantes do governo de ficarem atacando os petistas, já estão todos juntos e misturados. Estão indo buscar até um ícone do PT, como o Zé Maria, para ser candidato a prefeito. Juntos e misturados.

O GIGANTE QUE ENCOLHEU

O episódio mostra por outro lado que, a cada dia que passa longe do poder, o PT só encolhe.

A CULPA É DO MORDOMO

Nos filmes de suspense o primeiro a ser apontado como culpado é o mordomo. Assim acontece com a imprensa. O Comandante da PM, Coronel Ulysses Araújo, resolveu pautar os jornalistas: não quer nenhum profissional falando sobre as ações do crime organizado.

CADA UM NO SEU QUADRADO

A ação dos grupos criminosos não vai diminuir ou aumentar por conta de uma notícia divulgada sobre a ação de bandidos. Não se deve fazer apologia ao crime. Nisso concordo. Mas, se a imprensa deixar de divulgar os crimes acontecidos passará uma falsa sensação de segurança à população. Ficamos assim, Coronel: o senhor faz seu trabalho e a imprensa o dela.

ISSO É O QUE IMPORTA

O que importa à população é que a paz venha a ser devolvida á outrora pacata Rio Branco.

GARANTE QUE ESTARÁ NO JOGO

A presidente do PROGRESSISTAS,  senadora Mailza Gomes, trabalha para o seu partido ter o maior número possível de candidatos a vereador e a prefeito. Garante ter o apoio declarado do governador para que a sigla venha ter candidatura própria para a prefeitura da capital.

QUESTÃO É O NOME

Na verdade, a senadora Mailza Gomes (PROGRESSISTAS) tem realizado um trabalho de ampliação das filiações ao seu partido, filiou vários prefeitos, não se duvida da sua capacidade política, o que tenho batido é o PROGRESSISTAS não ter um nome de densidade na capital.

NADA MAIS NATURAL

Caso consigam encontrar um nome competitivo na eleição nada mais natural para um partido que está no poder, este ter candidato próprio a prefeito da capital, o maior colégio eleitoral do Acre.  Se entrar na disputa, tem que ser com um bom nome forte, para não ser figuração.

FRASE DO DIA

“A democracia muitas vezes significa o poder nas mãos de uma maioria incompetente”. George Bernard Shaw.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.