Conecte-se agora

Bombeiros encerram buscas por professor que pulou em rio

Publicado

em

Às 18 horas desta segunda-feira, 9, o Corpo de Bombeiros de Cruzeiro do Sul suspendeu as buscas que fazia no Rio Juruá a procura de Gleisson Oliveira, coordenador do curso de Engenharia do Campus Floresta da Universidade Federal do Acre  (UFAC), que está desaparecido desde às 2:30 da manhã. O trabalho será retomado às 6h da manhã desta terça-feira, 10.

Gleisson, que tem 34 anos, se afogou no Rio Juruá por volta das duas e meia da madrugada deste domingo. Ele estava com duas mulheres na margem do Rio, próximo ao local onde a balsa faz a travessia, em frente à Rodrigues Alves. Uma das moças entrou na água, gritou por socorro e Gleisson foi salva la. Outra moça também pulou a água na tentativa de ajudar os dois.

As duas mulheres foram resgatadas das águas pelos catraieiros que estavam no local, mas Gleisson não foi mais visto.

Ele, que foi aluno do Campus Floresta da Ufac é “prata da casa”.  Se formou em Engenharia Florestal e fez doutorado em Ciências Florestais no Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia  (Inpa), em Manaus. É professor e Coordenador do Curso de Engenharia Florestal e também professor da 1° turma do Mestrado em Ciências Ambientais do Campus Floresta.

O engenheiro Florestal Marcus Athayde, que foi professor de graduação e depois colega de doutorado de Gleisson, diz que ele é um prodígio. “É um menino humilde que, pelo seu esforço e conhecimento, chegou longe e rápido. É professor de mestrado mais jovem do Campus”.

A família reclama que acionou o Corpo de Bombeiros por volta das 3 horas da manhã, mas a equipe só chegou ao local do afogamento as 8.

O comandante dos Bombeiros, Capitão Oliveira, explicou que não mantém mergulhadores em plantão. “Mantivemos 4 mergulhadores no local o dia todo e vamos retomar o trabalho as 6 da manhã “, explica.

Anúncios

Acre

Estoque de emprego formal cresce quase 6% no Acre em 2020

Publicado

em

Os dados do Ministério da Economia mostram que entre 1º de janeiro e 30 de novembro de 2020, o Acre ampliou em 4.552 seu estoque de emprego com carteira assinada, saindo de 78.935 para 83.487, um aumento de 5.8%.

Seis municípios obtiveram um crescimento acima da variação estadual, sendo que Plácido de Castro liderou a tendência com elevação de 25,8% em seu estoque d trabalho formal. Em seguida aparecem Bujari (14,3%), Mâncio Lima (13,1%), Sena Madureira (12,9%), Brasileia (6,0%) e Rio Branco (5,9%).

Outros dez municípios obtiveram aumento, embora abaixo da variação média estadual: Cruzeiro do Sul, Manoel Urbano, Senador Guiomard, Porto Acre, Acrelândia, Jordão, Feijó, Capixaba, Santa Rosa do Purus e Marechal Thaumaturgo. Os municípios de Porto Walter e Rodrigues Alves mantiveram a estabilidade de seus estoques.

Somente quatro municípios viram seus índices serem reduzidos em 80 empregos na totalidade. O maior tombo foi registrado em Xapuri, com -0,9%. Na sequência aparecem Epitaciolândia (-1,5%), Tarauacá (-2,6%) e Assis Brasil (-5,6%).

Os dados do Ministério da Economia foram trabalhados pela equipe técnica do Observatório do Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre.

Continuar lendo

Acre

Acre envia amostras para analisar possível variante do coronavírus

Publicado

em

Desde que uma médica infectologista de Cruzeiro do Sul alertou para a chegada de uma possível nova variante do coronavírus (Sars-Cov-2) ao Acre, o principal laboratório de Rio Branco na pandemia, o Centro de Infectologia Charles Mérieux, passou a enviar amostras coletadas em pacientes infectados ao Instituto Evandro Chagas, em Belém, no Pará, para analisar o caso.

O laboratório de Belém deve retornar com o resultado das análises em breve, bem como a resposta à suspeita. A possível nova cepa do coronavírus que pode estar circulando no estado apareceu depois que o Hospital de Campanha do Juruá passou a receber pacientes graves de Manaus (Amazonas), devido ao colapso na saúde público do estado vizinho.

A informação foi dada pela infectologista Rita de Cassia Lima, que atua na saúde do Estado e do município. Para ela, esta seria, inclusive, a causa do maior contágio entre os jovens na região, incluindo aumento da gravidade dos casos e internações que vêm ocorrendo.

Segundo a infectologista, a variante do vírus está levando pessoas jovens sem comorbidades direto para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). “Na minha opinião, essa variante está causando todo esse aumento de gravidade dos casos, por isso a população precisa se cuidar e usar máscaras”, explica ela, lembrando que o Hospital do Juruá está com problema de falta de médicos e com baixa produção de oxigênio.

Continuar lendo

Acre

Condomínios turbinam mercado de arquitetura e urbanismo no Acre

Publicado

em

O advento de novos condomínios residenciais em Rio Branco elevou em 18% a procura por serviços de arquitetura e urbanismo no Acre em meio à primeira onda da pandemia da Covid-19 em 2020 em comparação a 2019.

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) nacional diz que os dados referentes a todo o País reforçam a importância dos arquitetos e urbanistas em momentos de crise e necessidade.

“Com a pandemia de covid-19, o cenário de incertezas e as restrições ao comércio fizeram com que a demanda por projetos e obras diminuísse de forma drástica nos primeiros meses do ano passado. Porém, após esse abalo inicial, o mercado de Arquitetura e Urbanismo mostrou um grande poder de reação. No últimos três meses de 2020, o número de atividades registradas pelos arquitetos e urbanistas cresceu 12% em relação ao mesmo período de 2019”, analisa o CAU nacional em levantamento divulgado nesta última semana de janeiro.

O contexto é realmente animador, confirma o CAU do Acre. Mesmo com a pandemia, os arquitetos e urbanistas do Acre estão entre os de nove estados cuja atividade registrou crescimento em 2020. Além do Acre, Amazonas também cresceu 18%; Roraima (13%), Amapá (+6%). Na Região Centro-Oeste, Distrito Federal (+6%), Mato Grosso (+13%) e Goiás (+3%) realizaram mais atividades na comparação com 2019.

Os demais Estados são Ceará (+6%), Sergipe (+4%) e Paraná (+1%). Em São Paulo, estado que responde por quase um quarto dos serviços realizados no país, experimentou uma queda de 13% na demanda. No Rio de Janeiro e na Bahia, essa queda foi de 21%.

No passado, foram executados mais de 1,5 milhão de serviços do setor em todo o País. Considerando-se todo o ano de 2020 houve uma queda de 6,3% em relação a 2019. Porém, esse impacto concentrou-se nos primeiros meses. Entre o segundo e o terceiro trimestre do ano passado, foi verificado um crescimento de 52% nas atividades realizadas por arquitetos e urbanistas. Em novembro, os volume de serviços registrados por meio de RRT já estava em um patamar 15% que no ano anterior. Em dezembro, o crescimento foi de 14%.

“Foi uma surpresa para a gente”, disse nesta quarta-feira (27) Dandara Lima, presidente do CAU acreano. Autorizados pelas prefeituras a partir da metade do ano passado, os novos condomínios produzem dezenas de unidades habitacionais. “Esperamos um 2021 ainda melhor”, prevê Dandara.

O Acre possui 790 arquitetos e urbanistas atuantes em todos os 22 municípios.

 

Continuar lendo

Acre

Brito da Pop Show é colocado para usar ventilação não invasiva

Publicado

em

O empresário Amilton Brito, da Pop Show Eventos, que está internado em decorrência da Covid-19 no Pronto Socorro de Rio Branco, passou pelo procedimento de Ventilação Não Invasiva (VNI).

O informe foi compartilhado pela secretária de Empreendedorismo e Turismo (SEET), Eliane Sinhasique, em suas redes sociais na manhã desta quarta-feira (27).

Segundo Eliane, o procedimento tem o intuito de expandir os pulmões e evitar que Brito seja entubado.

“Muitos não toleram essa VNI e acabam indo para o tubo mas, graças a Deus, ele está super bem na VNI!” Continuamos em oração!”, afirmou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas