O saldo de emprego com carteira assinada é positivo em fevereiro de 2019 após série negativa de quatro anos no Acre no período. Divulgado nesta segunda-feira (25), o Cadastro Geral de Emprego e Desemprego (Caged) mostra que no segundo mês de gestão de Gladson Cameli, o trabalho formal tomou algum fôlego: foram 2.084 contratações contra 2.043 demissões -ou 41 postos abertos a mais que os fechados. Em termos percentuais parece insignificante: 0,8%. Quando se leva em conta o acumulado dos doze meses o desemprego ganha com -1,26%.

Alguns serviços, como a educação, por exemplo, contribuíram para assegurar saldo positivo de emprego em fevereiro no mercado do Acre. Apenas Tarauacá e Sena Madureira mais abriram que fecharam postos de trabalho.

Previous
Next
error: Conteúdo protegido!