Menu

Gladson diz que recuperação da economia é a salvação de estados

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O governador do Acre, Gladson Cameli, se reuniu no fim da tarde desta terça-feira (22) com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. No encontro, Gladson falou sobre a necessidade do governo federal auxiliar os estados neste momento de crise financeira nas contas regionais. Até o momento, sete governadores já decretaram estado de calamidade financeira.


O progressista disse estar confiante nas propostas do presidente Jair Bolsonaro de realizar reformas na estrutura do governo que possam proporcionar uma rápida recuperação da economia brasileira. O governador afirma apoiar todas as medidas necessárias apresentadas pelo Palácio do Planalto que contribuam para a retomada do crescimento.


A principal delas, que provoca bastante resistência e crítica, é a reforma da previdência como forma de conter o crescente rombo nas contas federais. Essa será a primeira batalha de Bolsonaro no Congresso Nacional a partir de fevereiro, quando acaba o recesso parlamentar.

Publicidade

“Eu estou muito confiante com a recuperação da economia em 2019. Temos visto a cada dia a Bolsa de Valores bater recordes sucessivos. A recuperação da economia é a nossa salvação, dos estados e dos municípios”, diz Gladson Cameli.


O governador ainda afirma estar confiante nas propostas defendidas por Bolsonaro de garantir mais autonomia aos governos regionais, assegurando maior participação na divisão das receitas feitas pela União. Este é o chamado pacto federativo, já discutido há alguns anos em Brasília, mas que nunca foi tirado do papel.


Gladson Cameli afirma que a linha de sua gestão no Palácio Rio Branco é a mesma do presidente Bolsonaro, “de colocar as pessoas certas nos lugares certos”.


O progressista cumpre sua primeira agenda na capital federal como governador desde segunda (21). Na visita ao ministro Onyx Lorenzoni, ele esteve acompanhado da senadora Mailza Gomes (PP) e da primeira-dama, Ana Paula Cameli.


Os outros ministérios visitados por ele foram o da Infraestrutura, o da Cidadania e o do Desenvolvimento Regional, que, com a reforma ministerial realizada pelo presidente da República, reúne os extintos Cidades e Integração Nacional.



INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido