Conecte-se agora

Geoglifo do Acre é tombado pelo Instituto de Patrimônio Histórico

Publicado

em

Denominados tatuagens da terra por grupos indígenas atuais, as estruturas conhecidas como geoglifos, herança cultural dos povos amazônicos, são numerosos na região Norte do país. Uma dessas estruturas, localizada no Sítio Arqueológico Jacó Sá, em Rio Branco (AC), foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), na manhã desta sexta-feira, 09 de novembro. A decisão unânime foi tomada durante a 91ª Reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, que ocorreu no Museu Histórico do Estado do Pará, em Belém.

Além de sua importância científica, histórica e afetiva, o geoglifo tem fácil acesso e pode ser identificado claramente por visitantes, sendo um potencial atrativo turístico. O geoglifo foi primeiro tombado pelo Instituto.

Tatuagens da terra

As estruturas conhecidas como geoglifos são um tipo de sítio arqueológico, formado por estruturas escavadas no solo, valetas e muretas que representam figuras geométricas de diferentes formas e grandes dimensões. Essenciais para entender o processo de ocupação e povoamento da região amazônica, onde grupos indígenas modificaram o ambiente e imprimiram na terra as características de sua identidade, essas marcas são numerosas na região Norte do país, em especial, no Acre. Em Rio Branco, o Sítio Arqueológico Jacó Sá poderá ter o primeiro geoglifo tombado pelo Iphan, destacado pelo seu fácil acesso e clara identificação pelos visitantes, oferecendo, além de sua já reconhecida importância científica, histórica e afetiva, também um potencial de atrativo turístico. Junto aos demais geoglifos do Estado, ele está inserido na Lista Indicativa a Patrimônio Mundial, destacados por sua excepcionalidade e relevância enquanto exemplares únicos do patrimônio histórico de todo o mundo.

Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural

O Conselho que avalia os processos de tombamento e registro é formado por especialistas de diversas áreas, como cultura, turismo, antropologia, arquitetura e urbanismo, sociologia, história e arqueologia. Ao todo, são 22 conselheiros, que representam o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), a Associação Brasileira de Antropologia (ABA), o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (Icomos), a Sociedade de Arqueologia Brasileira (SAB), o Ministério da Educação, o Ministério do Turismo, o Instituto Brasileiro dos Museus (Ibram), o Ministério do Meio Ambiente, Ministérios das Cidades, e mais 13 representantes da sociedade civil, com especial conhecimento nos campos de atuação do Iphan.

Anúncios

Destaque 7

Motorista acreano que fará carregamento de vacinas perdeu familiar e amigos para Covid-19

Publicado

em

Foto: Whidy Melo/ac24horas.com

Vladmir de Oliveira tem 45 anos e trabalha atualmente como motorista no Setor de Divisão Estadual de Imunização de Rede de Frios da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre). É ele quem vai fazer o carregamento das vacinas vindas de São Paulo que irão imunizar a população contra os efeitos da Covid-19.

A viatura 13 [caminhão] da Sesacre já está a postos desde as 6h30 desta segunda-feira, 18, a espera dos lotes que vão chegar ainda hoje e ser distribuídos entre os 22 municípios acreanos.

Para Vladmir, o trabalho desta segunda tem uma função ainda mais especial e simbólica. A pandemia do novo coronavírus tem sido difícil para ele, que perdeu familiar e muitos colegas de trabalho para o vírus.

“A pandemia foi difícil. Trabalhei todos os dias e vi muitos colegas irem embora”, disse ao ac24horas. Entre as perdas, estão uma tia e um colega de trabalho que atuava com ele na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Rio Branco.

O motorista considera fundamental a chegada dos insumos. “Eu também estou aguardando a vacina. Tenho sobrepeso, isso é uma comorbidade. Não estou indo para canto nenhum, só em casa e para o trabalho”, salienta.

O profissional acredita que se a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) certificou o imunizante, é sinal de que a vacina de fato é boa. “O Butantan é reconhecido no Brasil todo, um instituto com respaldo e a Fiocruz também é fantástica. A vacina que a gente receber será bem vinda”, diz.

Ele conta que na hora que recebeu a ligação de seu chefe e soube da notícia de que iria fazer o carregamento, ficou contente. Um momento especial”, finalizou.

Continuar lendo

Destaque 7

Senadora Mailza Gomes comemora aprovação das vacinas pela Anvisa: “É um dia histórico para o Brasil”

Publicado

em

A senadora Mailza Gomes (Progressistas) destacou neste domingo, 17, nas redes sociais, a aprovação emergencial das vacinas Coronavac e Oxford contra a Covid-19 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa.

“Dia histórico para o nosso Brasil! A Anvisa acaba de aprovar, de forma unânime, o uso emergencial das vacinas da Coronavac e Oxford. E a primeira pessoa já foi vacinada em SP, a enfermeira Mônica Calazans. A vacina é a esperança e a garantia de salvar vidas!”, publicou a parlamentar nas redes sociais.

A senadora, que estava no Acre em agenda até quarta-feira passada, 12, está em Brasília para buscar nos ministérios a liberação dos recursos de emendas que foram indicados por ela.

Confira as ações da senadora Mailza Gomes

Mailza garante mais de R$ 98 milhões para o Acre

Em 2020, a senadora Mailza viabilizou mais de R$ 98 milhões (noventa e oito milhões de reais) em recursos para serem aplicados na área da saúde, social, infraestrutura, educação e segurança para o estado do Acre.

Desse valor, R$ 38,4 milhões (trinta e oito milhões e quatrocentos mil reais) de emendas extraparlamentares de sua autoria foram liberados para os munícipios investirem em hospitais, combate ao coronavírus e compra de medicamentos. A senadora também liberou R$ 350 mil para a Universidade Federal do Acre (Ufac) fabricar máscaras e EPIs e R$ 800 mil para o Hospital de Amor do Acre usar no custeio de serviços de assistência ambulatorial da unidade.

A parlamentar garantiu ainda R$ 5,3 milhões (cinco milhões e trezentos mil) para humanização dos hospitais e maternidades em todo o estado, reforma de unidades de saúde em Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves e Xapuri, além de compra de ambulâncias.

Mailza consegue doações para combate ao Covid-19

A parlamentar se articulou junto a Fundação Itaú Unibanco por meio do projeto Todos Pela Saúde, uma parceria público-privada do Banco Itaú e Hospital Sírio-Libanês e conseguiu nove respiradores e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para o estado.

Por intermédio da senadora, a Vivo doou R$ 1 milhão de reais para ajudar o Governo do Acre no combate ao Covid-19. Em outra articulação novamente com a Vivo e o Banco Santander, Mailza conseguiu mais cinco respiradores e com a Coca-Cola do Brasil, 5 mil frascos de álcool em gel. O Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS), após pedido da senadora, doou R$ 650 mil para o Hospital Santa Juliana.

Mailza e Davi se mobilizam para o envio de oxigênio doado por artistas a Manaus

O transporte de 50 cilindros de oxigênio doados por artistas ao estado do Amazonas, cuja saúde pública está em colapso em razão da pandemia de covid-19, foi viabilizado pela senadora Mailza Gomes (PP-AC), o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, e o governador do Acre, Gladson Cameli que se mobilizaram junto ao governo. Os equipamentos serão usados para a oxigenação de pacientes internados para tratamento da covid-19. O material foi doado por Bruno Gagliasso, Otaviano Costa, Thelma Assis, Fabiula Nascimento, Felipe Neto e Maria Gadu.

Continuar lendo

Destaque 7

Gladson mostra estoque de seringas e diz que só falta a vacina

Publicado

em

No depósito da Sesacre, o governador Gladson Cameli (Progressistas) garantiu na tarde desta sexta-feira, 15, que todos os procedimentos de logística para a distribuição da vacina estão prontos, restando apenas a chegada do imunizante e o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de qual será usado na população.

No Instagram, Cameli mostrou o estoque de seringas do Estado e as câmaras frias que serão utilizadas para o armazenamento do imunizante. Ele voltou a ressaltar que o Acre está preparado para a vacinação contra à covid-19 e colocou como meta vacinar em torno de 20% da população acreana até a primeira quinzena do próximo mês de fevereiro de 2021.

“Nós estamos preparados, tá aqui as seringas. Por qual, e eu não sei o motivo de alguém dizer a nível nacional, que a gente não teria a quantidade de seringas para poder receber a vacina para imunizar a população, estão aqui elas. Quero agradecer a equipe da saúde do Acre por todo o empenho. Esperamos o anúncio oficial para receber o imunizante. Não vou poder dizer que dia a vacina chega aqui, mas digo que o Acre está pronto e preparado. E a prova está aqui com as seringas que já podemos imunizar a população, falta só a vacina”, afirmou.

Ao contrário de Manaus, Cameli afirmou que o Acre não possui risco de desabastecimento de oxigênio. Ele ressaltou que foi feito todo um planejamento e que as principais unidades de Saúde do Estado, que fazem atendimento de pacientes acometidos pela Covid-19, contam com sistemas de geradores de gases autônomos, ou seja, o oxigênio é gerado na própria unidade.

Continuar lendo

Destaque 7

Edital do concurso da PF é publicado com vagas para o Acre

Publicado

em

A edição do Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 15, trouxe o edital do concurso com 1,5 mil vagas para a Polícia Federal. Estão previstas vagas para o Acre, além de outros sete estados e localidades de fronteira internacional.

Ao todo, são 1,5 mil vagas, sendo 123 para delegados, 893 para agentes, 400 para escrivães e 84 para papiloscopistas. Destas, há reserva cotistas negros e pessoas com deficiência.

As inscrições estão previstas para começar no dia 22 de janeiro e devem ir até 9 de fevereiro. As provas no dia 21 de março.

O salário previsto no edital é de R$ 23.692,74 para delegados e R$ 12.522,50 para agentes, escrivães e papiloscopistas. O valor das inscrições varia de R$ 180 a R$ 250, o maior valor, para cargos de delegado.

O edital não especifica quantas vagas serão destinadas para os estados, citando apenas que “serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em unidades de fronteira”.

Para se inscrever, por meio do site da Cebraspe, organizadora do concurso, é preciso ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, idade ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, idade mínima de 18 anos, aptidão física e mental e ter 3 anos de atividade jurídica ou policial para ingresso no cargo de delegado. Neste caso, considera-se ter exercido atividade exclusiva de bacharel em Direito, conciliador em tribunais judiciais, do cargo no magistério. Não é válida para contagem de estágio anterior à conclusão do curso.

Acesse o edital: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/edital-n-1-dgp/pf-de-15-de-janeiro-de-2021concurso-publico-para-o-provimento-de-vagas-nos-cargos-de-delegado-de-policia-federal-agente-de-policia-federal-escrivao-de-policia-federal-e-papiloscopista-policial-federal-2992365

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas