Conecte-se agora

Com participação de Jéssica Ingrede, #SemRegras mostra os looks mais interessantes da semana

Publicado

em

O #SemRegras desta segunda-feira, 29, contou com a participação especial da digital influencer Jéssica Ingrede, que ao lado de Pablo Charife e Juliana Vellegas mostraram os principais looks dos notáveis que marcaram presença no aniversário coletivo entre de Vellegas e Ingrede. Assista!

video

Destaque 2

Com PGE e Seplag, deputados realizam reunião com as portas fechadas para tratar emendas

Publicado

em

Os deputados da base do governo, independentes e oposição estiveram na Sala das Comissões da Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira, 22, para tratar sobre emenda parlamentares de 2020 que não foram executadas em 2021. O encontro ocorreu com as portas fechadas e a imprensa não teve acesso, sendo barrada por seguranças na entrada, o que despertou o interesse de curiosos nós corredores da Aleac.

Com a presença do secretário de Planejamento e Gestão, Coronel Ricardo Brandão, e do procurador-geral do Estado, João Paulo Setti, os deputados pediram informações de como alterar a destinação de emendas que não foram executadas em 2021. O ac24horas apurou que os parlamentares expuseram que muitas emendas alocadas não foram executadas devido várias entidades não terem condições de executar os projetos. Cada deputado tem direito a R$ 500 mil que podem ser destinados para saúde, educação e esporte.

A PGE e a Seplag informaram que os deputados devem enviar um Projeto de Lei Complementar para a Casa Civil, já que alteração de orçamento é demanda do Poder Executivo. Uma proposta deverá ser elaborada nós próximos dias e o PL deverá chegar na Aleac.

Continuar lendo

Acre

Ex-diretor que defendeu uso do Bope contra garis é nomeado

Publicado

em

O diretor de gestão da Secretaria Municipal de Zeladoria de Rio Branco, Marco Antônio Cavalcante Vitorino, que tinha anunciado a sua saída do cargo na última segunda-feira, 20, por meio de nota, foi nomeado pelo prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, nesta quarta-feira, 22, para o cargo de assessor administrativo da Secretaria de Meio Ambiente (Semeia).

Marco Vitorino foi nomeado com uma CEC 8, mas segundo o decreto publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), ele receberá 50% do valor atribuído ao cargo para qual foi nomeado, de acordo com §1º do art. 66 da Lei Municipal nº 1.959, de 20 de fevereiro de 2013.

A situação chama curiosidade já que na segunda, Marco Vitorino agradeceu ao prefeito Tião Bocalom pela oportunidade de conduzir umas das pastas mais importantes e sensíveis da estrutura organizacional durante os nove primeiros meses de gestão e afirmava que a sua então saída se deva devido a falta de tempo para se dedicar aos estudos.

Marco Vitorino ficou conhecido por defender o Bope no episódio da Tropa de Choque que acabou usando sprays de pimenta e cassetetes contra os garis e margaridas, que se manifestaram por salários atrasados, no início da atual gestão.

Continuar lendo

Cotidiano

PM conhecido por ações sociais denuncia perfil fake em seu nome que vende armas de fogo

Publicado

em

Derineudo Souza é um Policial Militar acreano bastante conhecido em todo o estado pelas ações de solidariedade que realiza. Coordenando um grupo de pessoas que apostam na ajuda a quem mais precisa para melhorar a vida de todos, já conseguiu construir casa, comprar equipamentos, sempre contando com uma grande rede de solidariedade.

Ainda assim, Derineudo não conseguiu escapar de ser vítima de fake news. O PM denuncia a criação de uma perfil falso em uma rede social, onde foi colocada uma foto sua e o golpista anuncia que o militar estaria vendendo uma arma.

O policial foi alertado por amigos das redes sociais, cuja arma foi oferecida. “O perfil é falso, não tem nenhum amigo e foi criado do dia 20 para o dia 21 de setembro. Quero deixar claro que essa pessoa não sou eu e já estou tomando as devidas providências para que essa pessoa seja responsabilidade”.

Derineudo gravou um vídeo em uma delegacia, onde registrou um Boletim de Ocorrências, e pede que as pessoas não respondam ao perfil falso e apenas denunciem.

Continuar lendo

Acre 01

Atraso em obras da BR-364 fará Dnit contratar nova empresa e investigar construtora

Publicado

em

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes – DNIT anunciou que por meio de  procedimento administrativo, deverá apurar a responsabilidade da empresa responsável pelo trecho da BR-364 entre Feijó e Sena Madureira. O motivo é o dano já causado pelo atraso no cronograma do trabalho.

Sem citar o nome da empresa, o DNIT afirma que a construtora, mesmo após ter sido acionada várias vezes, tem se negado a garantir o devido desempenho estabelecido no plano de trabalho.

“A empresa foi várias vezes acionada para retomada dos serviços e adequação do ritmo de obra, sendo alertada das consequências dos mesmos não ocorrerem de acordo com o cronograma previamente acordado, aproveitando a janela climática da região”.

O órgão destaca ainda que a alegada solicitação de correção dos valores de insumos não  foi negada pelo Departamento, mas ressalta que as análises de pedidos de ajustes só podem ser processadas após a devida entrega dos serviços contratados, seguindo a legislação em vigor e os normativos técnicos da autarquia – praticados nacionalmente.

O Departamento cita também que já atua na elaboração de novos contratos para garantir a trafegabilidade da rodovia  no  período chuvoso,  bem como para melhoria da condição geral de serviço , incluindo soluções para as erosões e reconstrução de trechos críticos  impactados por características do solo da região.

“Com o objetivo de adequar a estrada às reais necessidades, o DNIT trabalha nos projetos de reconstrução e restauração dos trechos críticos da BR-364/AC, a serem elaborados até 2022. Em razão dos futuros trabalhos de restauração da rodovia apresentarem previsão de soluções mais complexas e valores elevados, o DNIT intensificará as providências para garantir as condições de trafegabilidade da BR-364/AC, mesmo antes da viabilização desses serviços mais estruturais”, traz a nota.

Em audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa na terça-feira, 21, para tratar sobre a  BR-364, o empresário Jarbas Soster, que representa a empresa MSM Industrial Ltda, disse que há um desequilíbrio nos contratos puxado pelo alto preço dos insumos.

“Esses contratos não contemplam os serviços integralmente. Nós estamos debatendo com o Dnit a questão dos preços, e aumento de até 500% dos insumos, como por exemplo o cimento que teve aumento de 100% e o diesel que dobrou”, pontuou.

Atuam na BR-364 a empresa MSM, a Lima e Pinheiro, ambas do Acre e a Andrade e Vicente, de Rondônia, além do 7° Batalhão de Engenharia e Construção- 7º BEC. A distribuição dos lotes é a seguinte: Lote 02 MSM (AC); Lote 03 BEC (Exército); Lote 04 MSM (AC); Lote 05 MSM (AC); Lote 06 Lima e Pinheiro (AC); Lote 07 Lima e Pinheiro (AC) e Lote 08 Andrade e Vicente (RO).

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2021 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados