Conecte-se agora

CBF erra o próprio nome em assinatura de carta enviada à Fifa na Copa do mundo

Publicado

em

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) errou na digitação nome, escreveu “Fitebol”, na assinatura da carta enviada para a Fifa reclamando da arbitragem do jogo do Brasil contra a Suíça, no último domingo (17), na estreia das duas seleções na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

A carta é assinada pelo presidente eleito da CBF, Rogério Caboclo, e enviada para o presidente da Fifa, Gianni Infantino, com cópia para a secretária-geral da entidade, Fatma Samoura, e para o membro do comitê de arbitragem da entidade máxima do futebol mundial Pierluigi Collina.

No documento enviado nesta segunda-feira (18), a CBF questiona quais são os procedimentos adotados para a utilização do VAR, sigla em inglês para árbitro assistente com apoio de vídeos, e o motivo de não terem sido acionados nos lances polêmicos na partida de estreia da seleção.

A entidade diz que quer explicações da Fifa com relação ao cumprimento de um item previsto na nova tecnologia adotada na Copa, que diz sobre a utilização do vídeo para revisão em lances de gols, decisões de pênaltis, cartões vemelho direto e identificação equivocada de jogadores.

Dois lances causaram polêmica no jogo entre Brasil e Suíça. O primeiro, uma possível falta no zagueiro Miranda, empurrado no gol de empate da seleção suíça. Depois, um possível pênalti em Gabriel Jesus — este é menos contestado.

A Confederação Brasileira de Futebol pediu resposta da Fifa dizendo o motivo da não utilização do recurso de vídeo. A carta está disponível na internet, com o nome errado da confederação.

A carta enviada pela CBF, com erro no próprio nome

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas