Conecte-se agora

Desenvolvedores de game: Conheça profissão que cresceu 600% em oito anos

Em 2016 o faturamento do setor foi de US$ 1,6 bilhões no Brasil

Publicado

em

Desenvolvedores de game Conheça profissão que cresceu 600% em oito anos

Toda criança já foi viciada em algum jogo do videogame e já se imaginou vivendo naquele mundo virtual. E se você pudesse modificar ou melhorar aquele jogo que você sempre foi fã? E se pudesse criar o seu próprio jogo? Desenvolvedor de game é a profissão de muitas pessoas que estarão presentes no Campus Party Bahia, que será realizado entre os próximos dias 17 e 20, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

A Campus Party é a maior experiência tecnológica do mundo que une jovens Geeks – pessoas que tem grande afinidade com tecnologia, eletrônica e jogos no geral – em torno de um festival de inovação, criatividade, ciências, empreendedorismo e universo digital. O evento acontece no Brasil desde 2008 e atrai além do público geek, empreendedores, cientistas e gamers.

Entre o público-alvo do evento, estão os desenvolvedores de games, um nicho que prospera em tendência oposta à crise que assola o país. Em oito anos, o número de empresas desenvolvedoras de games aumentou quase 600% e o faturamento do setor no país cresceu 25% entre 2014 e 2016. Segundo dados da Associação Brasileira dos Desenvolvedores de Jogos Digitais (Abragames), hoje, existem aproximadamente 300 empresas de games no Brasil.

Sócia da empresa ERA Game Studio, a desenvolvedora de game Rafaella Moraes se apresentou na última edição do Campus Party que ocorreu em Salvador. A empresa está negociando para se apresentar novamente esse ano, mas dessa vez, trazendo uma novidade. “Nós desenvolvemos um novo tipo de jogo, o Live Game, que é um híbrido entre jogo digital e teatro. No ano passado, a gente apresentou uma demo do nosso jogo, o ES:CA:PE Subversão e, este ano, estamos negociando para apresentar o jogo completo. Se der certo, vai ser possível jogar as três fases do jogo no evento desse ano”, explica game design.

Formada em Design Gráfico pela Uneb, Rafaella fez uma pós-graduação em Game Design. A sua carreira começou em 2011 e tudo foi meio por acaso. “Eu sempre gostei de jogos e tecnologia, mas não sabia que era possível trabalhar com isso no Brasil. Foi uma professora da faculdade que me apresentou o grupo de pesquisa Comunidades Virtuais lá da Uneb, onde eu estagiei e me inseri no mundo dos jogos”, conta.

Segundo Rafaella, a área de jogos tem bastante oportunidade. “A área tem espaço para vários tipos de conhecimentos e experiências. Normalmente, quando as pessoas pensam em jogos pensam em programação ou desenho, mas existem várias áreas dentro do desenvolvimento em que as pessoas podem se dedicar. O importante é encontrar o que você se identifica e começar a produzir”, aconselha.

O número apresentado pela Agragames confirma os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontam o crescimento real dos serviços de informática. Segundo o IBGE, o volume dos serviços de tecnologia da informação cresceu 4,2%. Outra pesquisa realizada pela NewZoo, uma das principais condutoras de pesquisa sobre a indústria dos games no mundo, mostra que, em 2016, o setor faturou US$ 1,6 bilhões no Brasil, um aumento de 25% em relação a 2014.

A história de Filipe Pereira é bem parecida com a de Rafaella, mas diferente dela, ele nunca teve aptidão artística. Formado em História, Filipe tinha mesmo era aptidão para pesquisa e foi isso que contribuiu para que ele ingressasse na carreira do desenvolvimento de jogos. “Foi a partir da minha expertise com pesquisa que me convidaram para ser pesquisador em um projeto que estava sendo desenvolvido pela UNEB. Era um jogo com temática histórica, então me convidaram para testar e fazer pesquisas. Essa foi a minha inserção na carreira”, conta.

Hoje, o desenvolvedor de game já tem dez anos trabalhando na área. Foi a partir de 2011 que começou a se dedicar realmente a essa área de atuação. A sua empresa de game Aoca Game Lab está desenvolvendo um projeto chamado Árida, uma franquia de jogos de exploração e sobrevivência no sertão inspirado na história de Canudos. “Mesmo estando no mundo do game, eu não larguei a História totalmente”, explica Filipe.

Pensando no cenário atual para a carreira de desenvolvedores de game Filipe é bem otimista. “Se formos olhar o panorama atual para 2008, que foi quando eu comecei, com certeza temos bem mais oportunidades. São mais empresas, mais opções de trabalho e muito mais jogos brasileiros e baianos sendo desenvolvidos. Claro que o cenário ainda é tímido se comparado com outras áreas e países que já tem o mercado de game há 20 e 30 anos, mas estamos trilhando um percurso bom. Só é importante lembrar que todo processo é feito de altos e baixos”, conclui o desenvolvedor de game.

Serious Games e jogos de Negócios

A produção de jogos digitais não se restringe apenas ao entretenimento. Um dos nichos com grande potencial de crescimento é o de serious games ou jogos empresariais – conhecido como jogos de negócios.

Em agosto de 2016, o Ministério das Comunicações lançou um edital que destinava 4,5 milhões de reais para financiar jogos sérios e aplicativos de celular. A ideia era estimular a indústria de games e tecnologia no Brasil, mas também estimular o serious games. O que define esse novo segmento é o fato dele ser criado para um propósito que não é apenas divertir.

O serious game pode servir como uma forma de treinamento – seja de pilotos de avião ou de médicos; pode ser uma campanha política ou uma forma de campanha publicitária. Pode ser também, uma notícia jornalística transformada em games ou uma ferramenta de ensino para professores. No edital do Ministério das Comunicações, esse jogos deveriam ter o objetivo de fazer o mundo melhor através da educação e da conscientização.

Também com o objetivo didático, existem os jogos de negócios. A partir de simulações, ele retrata atividades cotidianas dentro de um universo virtual. O jogo de negócios gira em torno de setores básicos de uma empresa: administrativo, financeiro, comercial, pessoal e produção. Além disso, ele pode desenvolver executivos para tomadas de decisões e ajuda colaboradores em funções específicas dentro de uma empresa.

Você se interessa pelo mundo dos games?

Se você também é um geek e louco por tecnologia e jogos, a área de desenvolvimento de game pode ser ideal para você. O Educa Mais Brasil, maior programa educacional do país, pode te ajudar a seguir o seu sonho de criança. Você pode conseguir até 70% de desconto e entrar na graduação de Desenvolvimento de Jogos Digitais ou fazer uma pós-graduação em Jogos Digitais. É muito simples, entre no site do Educa Mais, procure o curso e faça sua inscrição. É gratuita!

Anúncios

Cotidiano

Irmãos sequestrados em roubo de caminhonete são encontrados pela polícia

Publicado

em

Uma ação rápida dos Policiais Militares do 3° Batalhão resultou na prisão de três assaltantes, na apreensão de uma caminhonete roubada e no resgate de dois irmãos que haviam sido sequestrados na noite desta terça-feira, 26. A prisão dos criminosos aconteceu no bairro Alto Alegre, na parte alta de Rio Branco.

A polícia informou que o proprietário da caminhonete e o seu irmão estavam chegando em sua residência no bairro São Francisco quando foram abordados pelos criminosos na frente de casa. Os bandidos renderam as vítimas e os colocaram no banco traseiro, fazendo-os de reféns.

Um morador da região acionou a Polícia Militar e informou as características da caminhonete roubada. Ele relatou que os bandidos estavam com as duas vítimas no veículo. Várias guarnições foram acionadas e durante patrulhamento na região os policiais encontraram cinco homens em atitude suspeita dentro de caminhonete Hilux de cor prata no bairro Alto Alegre.

O veículo foi parado e os policiais encontraram os três bandidos que estavam mantendo reféns as vítimas. Durante a vistoria individual foi encontrado em posse de um dos criminosos um revólver calibre 38 com 5 munições intactas e uma quantia de R$ 241.

Segundo as vítimas, os criminosos não os ameaçaram de morte e disseram que queria apenas a caminhonete para levar até a Bolívia.

Foi dada voz de prisão aos três criminosos membros da facção Comando Vermelho, que foram encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos. As vítimas registraram o boletim de ocorrência e a caminhonete foi restituída ao proprietário.

Continuar lendo

Destaque 2

Gladson termina encontro com Doria sem garantia de que trará 1 milhão de doses da vacina

Publicado

em

Durante encontro no Palácio dos Bandeirantes com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), o representante do Acre, Gladson Cameli (Progressistas), recebeu na noite desta terça-feira, 26, a promessa de que receberá um novo lote da vacina CoronaVac no início de fevereiro.

Fora do Acre desde a última segunda-feira, 26, Cameli busca garantir a compra de 1 milhão de doses da CoronaVac, no entanto, ainda não recebeu nenhum comprometimento real de que vá conseguir a quantidade pretendida do imunizante. Porém, escutou de Dória que o Acre deverá receber um novo lote da vacina assim que ela chegar ao Brasil.

Em vídeo publicado nas redes sociais, Doria elogia Cameli pelo seu comprometimento com a ciência durante a pandemia da covid-19. “Discutimos principalmente o tema principal, que é saúde, vida, ciência e proteção às pessoas. E o governador está absolutamente comprometido com isso. Não é a primeira vez que tratamos deste assunto, já falamos sobre a vacina do Butantan”, disse.

Dória destaca um novo lote de vacinas que deve chegar no próximo dia 3 de fevereiro. “Espero que através do Sistema Único de Saúde rapidamente possa chegar até ao Estado do Acre. O governador tem tido coragem de estar protegendo vidas, compreender que ao protegê-las, teremos capacidade de recuperação econômica, mas não o inverso, você não pode ter economia na frente da vida. O governador do Acre defende a vida”, afirmou.

Por fim, Cameli ressaltou que está com São Paulo e demais estados da federação para vencer essa luta. “É com a União que a população vai ser imunizada o quanto antes. Viva a Vacina. Viva a Ciência”, concluiu ao lado de João Doria.

Continuar lendo

Acre

Empresário de eventos é internado em decorrência da Covid-19

Publicado

em

Nesta terça-feira, 26, o empresário Amilton Brito, da Pop Show Eventos, foi internado em decorrência da Covid-19. A notícia foi compartilhada pela secretária de Empreendedorismo e Turismo, Eliane Sinhasique, que é chefe de Brito na pasta.

Segundo Eliane, o quadro de Brito é estável, mas preocupante em decorrência dele ter comorbidades e integrar o grupo de risco da Covid-19. Ela pediu orações para o colega.

“Hoje meu amigo, meu irmão de coração, meu braço direito, Amilton Batista Brito Brito, foi internado com Covid-19. Ele já passou pelos procedimentos necessários e iniciais e estamos aguardando que a medicação faça efeito. No caso dele, nossa preocupação é maior porque tem diabetes e pressão alta e os exames mostraram um quadro nada favorável. Acredito em Deus e confio nos médicos e na medicina para que ele se recupere o quanto antes! Força Brito! Você vai sair dessa!”, escreveu Eliane.

Continuar lendo

Cotidiano

Em Xapuri, Saúde diz que Ministério não fornece inseticida suficiente para “Fumacê”

Publicado

em

Uma nota divulgada nesta terça-feira, 26, pela Divisão de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde de Xapuri (Semusa), afirma que não está utilizando o carro-fumacê em razão do desabastecimento do inseticida usado para esse fim.

O município vem enfrentando um surto de dengue desde o começo do ano, a exemplo de outros municípios acreanos, e a população tem cobrado da saúde municipal ações mais efetivas de combate à proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

O diretor de Ações Básicas em Saúde de Xapuri, enfermeiro Francisco Andrade, disse que o inseticida não está sendo fornecido em quantidade suficiente pelo Ministério da Saúde. Segundo ele, o município não consegue comprar o produto com recursos próprios.

De acordo com o comunicado da Vigilância Epidemiológica, está sendo realizado um trabalho de conscientização da população em diversos veículos de comunicação e mídias sociais. Para os próximos dias, estão previstos mutirões de limpeza em bairros.

A Secretaria Municipal de Saúde ainda não divulgou dados sobre a dengue neste começo de ano em Xapuri, mas, de acordo com Francisco Andrade, um boletim epidemiológico semanal passará a ser emitido a partir da próxima sexta-feira, 29.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas