Conecte-se agora

Com saída de Marcus, Socorro Neri deve diminuir espaço do PT na prefeitura de Rio Branco

Publicado

em

A vice-prefeita Socorro Neri já começou a colocar sua forma de gerir a máquina pública a todo vapor com a iminente saída de Marcus Viana para a disputa do governo do Acre. Ela e um grupo seleto de pessoas começaram a montar a equipe que estará no comando da prefeitura a partir do mês de abril. Mudanças já começaram a ser feitas para que pastas ocupadas por membros do PT passem a ser de domínio do PSB, seu partido.

A primeira mudança forte deve ser a saída de Manuel Lima da Secretaria Municipal de Articulação Comunitária e Social – SEMACS, para a entrada de uma pessoa até então identificada como Airton, que seria ligada ao deputado federal César Messias, candidato a reeleição. Com isso, Sibá Machado perde espaço com Manuel Lima fora do jogo.

Outro que também deve “rodar” é o secretário de Direitos Humanos do municipio, Marcus Antonius de Bastos. Esse espaço deve ser ocupado com algum nome do PSB da vice-prefeita.

De olho nas eleições, Claudio Ezequiel estuda deixar a Secretaria de Administração e Gestão de Pessoas. Caso isso se concretize, Socorro não deixará esta pasta estratégica na mão do PT. Ela já tem um nome e o convite já foi inclusive feito.

Com as saídas de Andréia Forneck, da Comunicação, e André Kamai, da Casa Civil, para se dedicarem a campanha de Marcus, esses postos devem ser ocupados por pessoas intimas da prefeita sem ligação com o PT. Na casa civil, quem deve ocupar a função é o ex-vereador Marcio Oliveira, que pertence ao ciclo intimo da vice e sempre foi visto com desconfiança pelo PT. Na comunicação, não se sabe ainda.

Já na EMURB, com a possível saída de Edson Rigaud, um nome é estudado para a empresa, mas é provável que um funcionário de carreira assuma as rédeas. Já Rigaud é cotado para a secretaria de Finanças, no lugar de Marcelo Macedo.

Outra que deve ser trocada também, mas só depois das eleições, deve ser Janete Santos, secretaria de planejamento de Marcus.

O fato é que com essas mudanças, a ala radical do PT já ameaça se rebelar e expor os descontentamentos. Uma reunião para apaziguar os ânimos deve ser feita nos próximos dias. É importante ressaltar que Marcus está ciente de todas essas mudanças e aparenta tranquilidade.

Blog do Venicios

Com Rocha e Mara fora, PSDB será “um puxadinho” de Gladson

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Venicios

Sem vaga no TCE, Ribamar Trindade é exonerado por Gladson após tensões internas

Publicado

em

Continuar lendo

Blog do Venicios

Mesmo com repercussão negativa, deputados não desistem dos 100 cargos

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

João Doria reforça convite para Gladson se filiar ao PSDB

Publicado

em

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.