Conecte-se agora

Policia diz que casa onde ocorreu chacina era Boca de Fumo e mortos eram do B13

Publicado

em

A Policia Civil divulgou na manhã deste sábado, 3, as primeiras informações oficiais sobre chacina ocorrida numa residência na rua Ademar Barros, no Conjunto Novo Horizonte, em Rio Branco, que culminou com a morte de três jovens e uma outra mulher ferida na perna.

De acordo com investigadores da Delegacia de Homicídios e Proteção de Pessoa (DHPP), Renan Barbosa, Luana Aragão e Rafaela Santos eram membros da facção criminosa Bonde dos 13 e que a casa onde eles estavam era uma conhecida Boca de Fumo da região pertencente a um Conselheiro do B13 que cumpre pena no Presídio Estadual Dr. Francisco D’Oliveira Conde. Ainda segundo as investigações, o irmão do dono da casa é um foragido da justiça que se encontra provavelmente fora do Estado.

Ainda segundo a Policia Civil, o ataque teria sido executado por membros da facção rival Comando Vermelho. Eles teriam usado uma caminhonete na ação que havia sidou roubada horas antes das execuções. O suspeito principal de ter efetuado os disparos se chama Matheus e está sendo procurado desde a noite de ontem pela Polícia.

A policia confirmou ainda que Luana Aragão, morta durante a chacina, teria sofrido uma tentativa de homicídio ocorrida no Balneário Ouro Verde, na Rodovia AC-10. As autoridades descartam também que estaria ocorrendo uma festa antes das execuções, apesar de testemunhas afirmarem que ocorria uma comemoração de aniversário no local.

Levantamento do ac24horas revela que oito pessoas já foram mortas violentamente nos primeiros três dias de fevereiro. Em janeiro, 45 mortes violentas foram registradas em todo o Acre.

O ac24horas abre espaço para que algum familiar das vitimas possa se manifestar caso ache necessário.

Destaque 3

Rio Branco tem 2º dia sem ônibus e sindicalista revela estratégia de empresários contra prefeitura

Publicado

em

A cidade de Rio Branco inicia a semana sem transporte coletivo regular na cidade. Nesta segunda-feira, 17, se completa dois dias que os ônibus não circulam. A medida foi adotada no último domingo, 16, após empresários ligados ao Sindcol enviarem ofício ao RBTrans (Superintendência de Trânsito) pedindo mais dinheiro a prefeitura para compra de insumos como o diesel alegando que o sistema não tem condições de bancar os custos.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Transportes do Acre (Sinttpac), Francisco Marinho, esclareceu que essa paralisação é uma estratégia dos empresários do transporte coletivo para pressionar a gestão municipal atual a liberar recursos às empresas. No ano passado, a gestão de Tião Bocalom repassou R$ 2,4 milhões subsidiando a diminuição do preço da passagem de R$ 4 para R$ 3,50.

“Não são os motoristas que tomaram essa decisão, mas sim os próprios empresários que não cumprem suas obrigações, não pagam nossos direitos trabalhistas, não pagam nem os IPVAs dos seus ônibus, não recolhem nossos FGTS, não respeitam nossos irmãos de luta, que são os motoristas e não medem esforços de dar o seu melhor”, disse o representante sindical.

Marinho reforça que é necessário a renovação do sistema com novas empresas “Essas empresas já passaram da hora de deixarem o espaço para outras que tenham respeito com os trabalhadores e usuários. O prefeito Tião Bocalom e sua equipe têm agora uma grande oportunidade de extinguir o contrato com essas empresas que não estão preocupadas em colaborar e nem cumprir sua obrigação que é prestar um bom serviço. Lamento muito em dizer, mas com essa decisão deles, que de forma arbitrária paralisaram 100% da frota sem sequer comunicar os órgãos, instituições, imprensa e a própria RBTrans, não merecem continuar aqui. Empresários que nunca cumpriram um TAC (Termo de Ajuste de Conduta), junto ao Ministério Público, não estão preocupados com mais nada. Estão acostumados a fazer do jeito deles, mas agora com prefeito Tião Bocalom, com o acompanhamento da RBTrans, eu acredito que será uma grande oportunidade de nos livrarmos deles para que outras empresas, possam vir e prestar um serviço de qualidade, com pontualidade e respeito aos colaboradores e usuários do serviços de transporte. Nós estamos apostando agora na caneta do prefeito, no apoio dos vereadores, no apoio da população, para que esse mal por si só seja eliminado pela própria escolha e decisão deles. Estamos aqui para apoiar a decisão do prefeito em extinguir esse contrato entre empresas e poder concedente”.

 

 

Continuar lendo

Destaque 3

Acre divulga calendário escolar do ano letivo; matrículas vão até o próximo dia 28 de janeiro

Publicado

em

O governo do estado publicou no Diário Oficial desta sexta-feira, 14, o Calendário Escolar 2022 que estabelece as datas para renovação de matrículas, transferências, matrículas de alunos novos e demais etapas para o início das atividades escolares.

Para começar a estudar, a Secretaria Estadual de Educação (SEE) estipula que a criança tem que ter completado 06 (seis) anos até o dia 31 de março de 2022 que é quando pode ser matriculado no 1º ano do Ensino Fundamental.

Já os alunos que já estão dentro da rede de ensino, a renovação de matrículas se encerra no próximo dia 28. Já a solicitação online de matrículas para alunos novos da educação básica, aqueles que ainda não estão na rede, inicia-se no dia 17, segunda, e se estende até o dia 28.

Esse também é o prazo para a solicitação de transferência interna para os alunos que já estão na rede, mas desejam pleitear uma vaga em escola diferente de onde se encontram matriculados atualmente.

Já o envio das listas dos alunos que serão encaminhados das escolas municipais para as estaduais e o envio das listas dos que serão encaminhados para outra escola dentro da própria rede estadual de ensino (aqueles que mudarão de modalidade, do ensino fundamental para o médio, por exemplo), deve ser feito entre os dias 21 e 25 de fevereiro.

A confirmação e a validação das matrículas dos alunos que foram encaminhados das escolas municipais para as estaduais e a confirmação e validação das matrículas dos alunos que foram encaminhados para as escolas da própria rede estadual devem ser feitas entre os dias 3 e 9 de março.

Já a confirmação e validação das matrículas dos alunos novos, que ainda não estão na rede e que foram solicitadas de forma online deve ser feita entre os dias 14 e 18 de março. Por outro lado, a confirmação e a validação das transferências internas solicitadas online devem ser feitas entre os dias 29 e 31 de março.

Veja o calendário completo de matrículas:

Continuar lendo

Destaque 3

Auxílio Emergencial: pais solteiros terão complemento que pode chegar a R$ 3 mil; entenda

Publicado

em

O governo vai pagar uma cota complementar do Auxílio Emergencial para pais solteiros ou chefes de família que criam os filhos sozinhos, sem cônjuge, companheira ou companheiro. O pagamento será o equivalente a até cinco parcelas de R$ 600, mesmo valor pago entre abril e agosto de 2020. Para ter direito a esse complemento, o chefe de família deve ter sido beneficiário do Auxílio Emergencial pago entre abril e agosto de 2020.

De acordo com o Ministério da Cidadania, os repasses estão previstos para ocorrer no início deste ano. O calendário será divulgado em breve.

A regulamentação do pagamento considera família monoparental com homem provedor o grupo familiar chefiado por homem, sem cônjuge ou companheira(o), composto por pelo menos uma pessoa menor de 18 anos de idade.

O complemento será de R$ 600, referente às parcelas do Auxílio Emergencial pagas entre abril e agosto de 2020. Se o beneficiário recebeu as cinco parcelas, por exemplo, terá direito a receber R$ 3 mil.

O objetivo da complementação é equiparar o valor ao recebido pelas mães monoparentais no período, que foi de R$ 1.200, totalizando R$ 6 mil com as cinco parcelas.

O pagamento vale para quem se cadastrou pelo aplicativo ou site do Auxílio Emergencial e também para quem recebeu o benefício por fazer parte do antigo Bolsa Família ou ser inscrito no Cadastro Único.

Os homens provedores de família monoparental beneficiários do Auxílio Emergencial serão selecionados automaticamente, considerando:

– os responsáveis familiares elegíveis à cota simples (R$ 600) em abril de 2020 incluídos em famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família;

– os responsáveis familiares elegíveis à cota simples (R$ 600) incluídos em famílias cadastradas no Cadastro Único, conforme a base de dados de 2 abril de 2020;

– os demais beneficiários elegíveis com cota simples inscritos via plataformas da Caixa, desde que não exista outra pessoa no mesmo grupo familiar que tenha se declarado como chefe de família.

Não será pago o complemento caso haja na família mulher que teve direito à cota dupla (R$ 1.200) do Auxílio Emergencial em 2020.

O pagamento não será realizado ainda caso o beneficiário tenha indicativo de óbito registrado no Sistema Nacional de Informações de Registro Civil (SIRC) ou no Sistema de Controle de Óbitos (Sisobi) ou tenha o CPF vinculado à concessão de pensão por morte.

O Ministério da Cidadania fará a análise das informações cadastrais da base de dados do Cadastro Único para fazer o pagamento.

No total, o Ministério da Cidadania estima beneficiar 1,283 milhão de famílias de homens monoparentais.

Crédito de R$ 4,1 bilhões

O governo federal editou, no dia 24 de dezembro, a Medida Provisória 1.084/2021, que abriu crédito extraordinário no valor de cerca de R$ 4,1 bilhões em favor do Ministério da Cidadania para custear esse pagamento.

Em 2020, apenas mulheres monoparentais receberam o pagamento de cota dupla (R$ 1.200) do Auxílio Emergencial. Elas tinham que estar inscritas no Cadastro Único ou preencher formulário em plataforma digital do Auxílio Emergencial até 2 de julho de 2020. Em 2021, o Congresso decidiu estender a cota complementar para os homens monoparentais, por meio da lei 14.171/21.

Como o cadastro pelo aplicativo ou site da Caixa não permitia que os homens marcassem a opção de chefe de família, será verificado se o beneficiário de cota simples não tem cônjuge ou companheira, se há pelo menos uma pessoa menor de 18 anos de idade na família, e se não houve concessão de benefício de cota dupla para outra beneficiária ou marcação de chefe de família por outra pessoa no mesmo grupo familiar.

Como consultar

Os beneficiários poderão consultar se vão ter direito ao complemento por meio do link https://consultaauxilio.cidadania.gov.br//consulta/#/.

Ali, é preciso colocar o CPF, nome completo, nome da mãe ou se tem mãe desconhecida e data de nascimento.

Auxílio acabou em outubro

Lançado em abril de 2020 para ajudar os trabalhadores prejudicados pela pandemia, o Auxílio Emergencial acabou em outubro de 2021, após 17 meses e 16 parcelas, deixando pelo menos 22 milhões de brasileiros sem o benefício.

No ano passado, o Auxílio Emergencial pagou 9 parcelas de abril a dezembro – 5 de R$ 600 e 4 de R$ 300, podendo chegar ao dobro para mães solteiras – para 66 milhões de pessoas. Já no ano passado, os pagamentos foram retomados entre abril e outubro, porém, com valores menores – de R$ 150 a R$ 375 – e para um número bem menor: 39,4 milhões de brasileiros.

A saída de quem se viu sem essa renda foi tentar o Auxílio Brasil, que substituiu o Bolsa Família em novembro deste ano. Mas, por enquanto, o programa só está atendendo quem já estava no Bolsa.

Com o fim da ajuda emergencial, milhares de brasileiros estão tendo que se virar sem emprego e sem dinheiro nem mesmo para colocar comida na mesa.

Continuar lendo

Destaque 3

Duas apostas da Mega-Sena dividem prêmio de R$ 11 milhões; veja os números

Publicado

em

A Mega-Sena sorteada nesta quarta-feira (12) teve dois acertadores: um de Urucânia (MG) e a outra feita pela internet, e dividiram o prêmio de R$ 11 milhões.

Cada uma vai receber 5.259.397,57.

As dezenas sorteadas foram: 01 – 05 – 12 – 13 – 17 – 31.

A quina teve 161 apostas ganhadoras, cada uma vai receber R$ 13.732,65. Já a quadra teve 131 acertadores e cada um vai ganhar R$ 388,45.

O próximo sorteio será no sábado (15) e o prêmio está estimado em R$ 3 milhões.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Content is protected !!